Skip to content

Contêineres seguem cheios com lixo seco

12/01/2012

População ainda não aprendeu a utilizar corretamente os coletores. Equipamento recolhe só o lixo orgânico Crédito: PEDRO REVILLION

O uso indevido dos contêineres de armazenamento de lixo nos bairros centrais de Porto Alegre é um dos motivos para a superlotação dos recipientes. Mais de mil equipamentos foram instalados no ano passado para a colocação de materiais orgânicos. No entanto, comerciantes, lojistas, responsáveis por restaurantes e outros trabalhadores das principais ruas do Centro da Capital depositam papéis, caixas, garrafas, latas e outros entulhos que deveriam continuar sendo recolhidos normalmente pelo serviço de coleta seletiva do DMLU e não pelo trabalho automatizado.

Segundo o diretor em exercício do DMLU, Carlos Vicente Bernardoni Gonçalves, o lixo seco tem grande volume a acaba lotando mais rapidamente os contêineres. Além disso, o acúmulo de material reciclável nesses equipamentos estimula que catadores os abram e retirem tudo para procurar algo que possam vender. Com isso, as vias ficam sujas e um dos principais objetivos da coleta automatizada se perde, já que a criação desse sistema surgiu para deixar as ruas mais limpas, sem sacolas plásticas espalhadas pelo chão até serem recolhidas.

Outro problema causado pelo depósito indevido de papéis é o risco de incêndio. O DMLU alerta que os novos contêineres são apenas para produtos orgânicos, que não queimam. Portanto, colocar lixo seco nos recipientes é muito perigoso. No início da manhã de ontem, já havia caixas, garrafas e outros tipos de lixo seco nos contêineres da Rua dos Andradas, ruas Borges de Medeiros, Riachuelo, Voluntários da Pátria e de outras vias.

Falta conscientização de moradores

A coleta do lixo seletivo, no entanto, não mudou e segue sendo realizada duas vezes por semana, afirma o diretor em exercício do DMLU. “Para o contêiner ser efetivo, a cooperação da população é fundamental”, disse Gonçalves. Segundo ele, não tem como precisar o volume de material reciclável depositado junto com o orgânico. “Os caminhões misturam tudo e o lixo seco fica contaminado”, explicou.

Apesar do problema, Gonçalves avalia que já aumentou muito o número de pessoas que utilizam o equipamento de forma correta e ressaltou que o trabalho de fiscalização tem contribuído para isso. Segundo ele, o DMLU tem notificado especialmente bares e restaurantes. “O contêiner é feito para o lixo domiciliar. Esse tipo de estabelecimento precisa contratar um serviço de coleta especial, em razão do volume de lixo que é produzido”, disse.

Gonçalves explicou ainda que, periodicamente, o departamento faz um trabalho concentrado de fiscalização. Em um primeiro momento, o local que está desrespeitando as regras recebe uma notificação. “Ele pode recorrer e tem prazo para isso. Se não surgir nenhum fato novo, a notificação se transforma em multa administrativa”, informou.

A presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no RS (Abrasel), Fernanda Etchepare, salientou que a entidade apoia os contêineres e pede que os estabelecimentos respeitem o uso adequado. “Achamos extremamente boa essa solução, porque deixa a cidade mais limpa e organizada. Queremos que os restaurantes tenham responsabilidade social”, avaliou. No entanto, Fernanda disse que é preciso analisar para saber se são os estabelecimentos os responsáveis pelo descarte indevido de lixo nos recipientes. “Vamos estudar isso e pensar em um trabalho de conscientização, se for preciso”, afirmou ela.

Correio do Povo

About these ads
18 Comentários leave one →
  1. Felipe X permalink
    12/01/2012 14:14

    Esse é um problema de falta de educação crônico do portoalegrense. Muito disso vinha sendo maquiado por dois motivos, ao meu ver:
    1- Os catadores fazem a separação pelos mal educados
    2- Alguns condomínios usam o zelador como catador para resolver o problema.

    Tá na hora de multar essa gente, e fazer mais campanhas.

    • 12/01/2012 14:24

      Não sei porque não fazem separação obrigatória!
      É o mínimo do mínimo que podem fazer pela cidade.

      O problema é mudar a mentalidade dos 50+… digo isso pela minha casa: pra conseguir fazer meus pais separar o lixo lá em casa foi uma briga absurda, de eu ter que ouvir “quando tu tiver tua casa tu faz do teu jeito”.

      Mas bati pé… hoje separam. Mas tenho que ficar cuidando, senão não fazem questão.

      Aí uma crítica ao DMLU: o horário da coleta seletiva muda toda hora! Nunca sabemos quando passa na Cavalhada… aí se deixa os sacos com lixo seco vem um catador, pega os 2 sacos, tira o que quer e joga o resto no terreno vazio do lado!

      E aí, vou ter que ficar de bico no saco do lixo o dia todo? É dose…

  2. 12/01/2012 14:20

    Eu acho a idéia dos containers ótima!

    Só o que achei bem ruim é que eles literalemente “caíram de paraquedas” pela cidade. Pouco ou nada se ouviu falar sobre essa nova ideia de coleta. De repente, a notícia é que estavam chegando da Itália de navio e acho que, nem 2 semanas depois, estavam pelas ruas.

    Esse atropelamento de etapas que eu vejo como parte responsável do uso inadequado dos containers. Precisava uma subcampanha, dentro da campanha “Eu curto, eu cuido” alertando sobre os containers! Além disso, a dificuldade (a.ka.a preguiça/descaso/faltadeeducação) que as pessoas tem em apenas LER o adesivo que diz “orgânico’ é impressionante!!!

    Aliás, segue precisando a campanha. Não vi nada em mídia muito relevante… e olha que eu tô sempre fuçando no site da PMPA.

    Inclusive campanha pros garis, porque eu canso de ver ali na Andradas eles colocando papelão nos conmtainers!!!
    Eles deveriam ser os primeiros a saber que é só pra orgânico não?

    Agora vamos esperar o bombardeio dos srs reclamildos…

    • Felipe X permalink
      12/01/2012 14:23

      Só acho que considerando que POA tem separação há uns 20 anos devia ser meio natural isso.

      • 12/01/2012 14:27

        Pois é, senão me engano foi a 1a capital a implantar… e parece que é pouquíssima gente qe faz isso!

        Aí chego na faculdade, tem aquele monte de lixeirinha colorida e o pessoal não faz nem questão de olhar a indicação… e ainda tem o peito de falar “tá no lixo já, pelo menos não pus no chão”

        Que se fala pra esses “cidadãos”?

  3. Caue permalink
    12/01/2012 14:21

    Também acho que deveria haver multa para quem não separa o lixo corretamente, e com os recursos provenientes da multa comprar contêineres próprios para lixo seco, tal qual ja existe em outras cidades.

  4. Guilherme permalink
    12/01/2012 14:49

    Tão mais facil proibir as carroças….

    Colocar um conteiner para o lixo seco….

    É só isso, qual a dificuldade?

    Antes misturar tudo do que deixar a papelada na CALÇADA atrapalhando a vida de todo mundo como ocorre no centro em alguns prédios comerciais…..

    • Felipe X permalink
      12/01/2012 15:02

      Sim, a culpa sempre é do governo e dos pobres kkk.

      Se não separam o lixo não adianta botar conteineres separados…

  5. RicardoUK permalink
    12/01/2012 15:08

    Vamos ver quanto tempo esses genios da prefeitura vao demorar pra se dar conta que o cidadao precisa tambem um lugar pra por o lixo seco, senao vao acabar jogando dentro do conteiner errado mesmo, ja’ que a outra opcao seria jogar na rua.

    • 12/01/2012 17:31

      Mas nas áreas dos containers tem coleta seletiva não? É só colocar o lixo seco nos dias certinhos…

      … lembram que o Fortunati anunciou que vão ter berqadores de energia (biodigestores) a partir do lixo orgânico? Provavelmente é esse o motivo dos containers.

      Só que se já não avisam que os containers são apenas pra resíduos orgânicos, imagina explicar e convencer dos biodigestores!

  6. Geovane A. permalink
    12/01/2012 15:17

    Eu separo o meu lixo e fico muito puto ao ver que na minha rua existe um bando de gente sem educação que mistura tudo. Quando saio de casa pela manha a rua se encontra cheia de lixo esparramado devido aos catadores que reviram os containers durante a noite. EU estou pensando no que eu, como cidadão de POA, posso fazer para tentar mudar isso ao menos na minha rua. Pensei em imprimir um adesivo bem bonito, com uma frase mais linda ainda orientando os porcos sem educação e colar na tampa do contêiner. Talvez ajude.

  7. JULIÃO permalink
    12/01/2012 15:22

    Sem multar nada vai mudar.

  8. Adriel permalink
    12/01/2012 20:55

    Não falta conscientização, isto aqui não funciona,… falta punir mesmo!!!

    Nos EUA o morador que colocar o lixo no lugar errado nos condomínios pode até ser expulso do condomínio.

  9. Marcio permalink
    12/01/2012 22:35

    Tem que botar conteineres para o lixo seco também oras, tal como é em Caxias…

    • JULIÃO permalink
      13/01/2012 9:48

      Também acho, mas se os cidadãos continuarem não separando o lixo seco do orgânico, tudo continuaria igual; e se não houver um controle da atividade dos carroceiros, eles continuariam espalhando lixo por tudo que é canto da cidade.

  10. 15/01/2012 18:22

    Super simples! Basta adicionar um container pra lixo seco também! Resolvido o problema! Fácil, né? Sem multa, sem choradeira!

  11. Rudinei permalink
    18/01/2012 17:36

    Eu separo o lixo, mas as vezes não, e daí? Muita gente não o faz. Tem que punir “multar”, mas quando é relação a transito, estão punindo demais. Bom mas no caso agora é o lixo.
    A reclamação maior é a utilização dos contêineres para todo tipo de lixo, o problema em alguns lugares é adaptação, imaginem centro Porto Alegre prédios comerciais, na sua maioria o lixo produzido é o seco, antes colocava-se o lixo no final do expediente. Como guardar o lixo e esperar para quarta ou sábado, no caso Centro. Antes tinha um carrinho de Golf com caçamba que ajudava na coleta “é era lixo coletado”. hoje nem isso mais.
    E outra cada morador tem algo em particular, as vezes é um prédio sem porteiro, sai cedo ao trabalho e ai vai. O melhor seria outros contêineres para lixo seco, não seria nem necessário a coleta, os catadores o fariam.

    • fmobus permalink*
      18/01/2012 17:52

      A regra é bem clara, está escrita bem grande no contâiner: “lixo orgânico”. Quem não é capaz de seguir esta instrução absolutamente simples, tem mais é que ser multado, a exemplo do que fazem as cidades civilizadas mundo afora.

      A desculpa de “coloquei o lixo (seco) ali pra não guardá-lo até o dia da coleta” é um absurdo sem nenhum cabimento. Lixo seco não apodrece; você pode guardá-lo tranquilamente num canto até o dia da coleta. A desculpa de “coloquei ali porque meu prédio não tem porteiro e eu saio cedo” é um absurdo total também. Se você separar seu lixo corretamente e descartar o seco na calçada no dia da coleta, você não está fazendo nada errado, e ele será coletado (seja pelo caminhão, seja pelos catadores).

      Sim, com certeza seria melhor se tivéssemos contêineres para o lixo seco, mas frente ao custo se optou priorizar a coleta do orgânico, pois em nome da higiene obviamente vale mais a pena investir na coleta deste.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.770 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: