Skip to content

Carris testa ônibus de 27 metros, bi-articulado

27/03/2012

A partir desta terça-feira, 27, a Companhia Carris Porto-alegrense faz testes com um ônibus biarticulado. A capacidade do veículo é para 53 passageiros sentados e 110 em pé, com 27 metros de comprimento e duas articulações sanfonadas.

“Estaremos realizando testes para atender a crescente demanda dos usuários. E, se efetivamente, houver possibilidade de rodar nas nossas linhas sem problemas para o trânsito ou para sua operação, a Carris trabalhará para adquirir ônibus biarticulados para nossa frota”, afirmou o diretor-presidente da Carris, Sérgio Zimmermann.

O veículo é um modelo Volvo com piso rebaixado, acessibilidade e motor lateral. Este tipo de ônibus opera em outras grandes capitais do Brasil, como Curitiba e São Paulo.

O ônibus biarticulado corresponde a todos os requisitos técnicos estabelecidos pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), que vistoriou os veículos. “Agora vamos monitorar o ônibus e verificar como ele se comporta no trânsito. Se a resposta for positiva, utilizaremos esse tipo de veículo nas linhas onde há mais demanda de usuários, com o objetivo de qualificar o atendimento”, afirma o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari.

Biarticulado: 53 passageiros sentados, 110 em pé, com 27m de comprimento  Fotos: Marilia Canceli

Prefeitura

About these ads
59 Comentários leave one →
  1. 27/03/2012 12:34

    Eu não entendo que conta é essa 53 sentados e 110 em pé, como é que pode caber mais gente em pé que sentado? Se pegar o corredor entre dois bancos que cabem 4 pessoas sentadas, cabe no máximo e já apertadas 4 em pé, isso é um absurdo! Tinha que ser proibido passageiros em pé durante o deslocamento, principalmente por causa da segurança e depois pelo conforto mínimo das pessoas, que não são saco de batatas!!!!

    • Mateus Berg permalink
      27/03/2012 17:10

      Olha, em Caxias do Sul, na Feira da Uva, eu visitei um onibus desse tipo, da Marcopolo. Realmente parece ter sido projetado para o pessoal ficar de pé: ao invés de fileiras de bancos duplos(como os nossos onibus habituais) ele possui fila de bancos unicos, dando mais espaço para o pessoal circular e ficar de pé. :/

      • 27/03/2012 18:05

        Eu super apoio ônibos com fileiras únicas de bancos, deixa mais circulação. Tendo ar condicionado tá tudo bem.

    • Tharek permalink
      29/03/2012 1:06

      Simples, tem partes do onibus qe nao tem banco(portas, primeira fileira com 1 so banco onde cabe umas 2 ou 3 pessoas, perto da roleta, nas articulaçoes, e deve ter mais lugar qe nao lembro agora)

    • juliana staudt permalink
      01/04/2012 16:36

      Bem se vê Olavo Ludwig que você não anda de ônibus. Nas articulações cabe muita gente, o povo adora ir nas articulações e no lugar reservado para cadeiras de rodas e também nas portas mesmo que vá descer no fim da linha, o corredor fica vazio eu sei porque ando de ônibus. Gostaria que todos viajassem de sentados, mas é impossivel. Eu odeio ir de pé e sempre espero o próximo ônibus porque sei que vem vazio mesmo no horário de pico, a linha que uso é horrivel Jardim Ipê, nunca estão no horário.

      • 01/04/2012 18:12

        Juliana, eu já andei muito de ônibus, muito de lotação, muito de carro e agora ando muito de bicicleta. Bem, o lugar reservado para cadeiras de rodas deveria ser reservado e não contar com capacidade de passageiros em pé. E me responda, porque é impossível que todos andem sentados? Basta aumentar o número de ônibus, oferecer outras formas de transporte coletivo, criar na cidade uma estrutura cicloviária e principalmente controlar a ganância das empresas de ônibus, além de a prefeitura realmente dar prioridade para este tipo de transporte,

        Tarifa zero é o meio mais prático e efetivo de assegurar o direito de ir e vir de toda população nas cidades.

        http://tarifazero.org/tarifazero/

        E Bélgica sempre dando bons exemplos:

        http://tarifazero.org/2009/08/13/transporte-publico-gratuito-em-hasselt-belgica/

        http://atitudesustentavel.uol.com.br/blog/2012/01/27/franca-e-belgica-pagam-para-trabalhadores-usarem-bicicleta/

      • marcio permalink
        01/04/2012 23:51

        Pra começar Olavo,se pôr mais ônibus o transito pára,e sobre tarifa zero,tu é alienado meu querido,pois se por esse preço o transporte já não é tão bom imagina com tarifa zero?

      • 02/04/2012 1:41

        Puxa vida…eu mereço, ainda preciso ler que sou alienado, parece piada, Marcio procura te instruir um pouco mais antes de entrar numa discussão e defende teu ponto de vista com argumentos sólidos e embasados.

      • juliana staudt permalink
        02/04/2012 1:33

        Olavo Ludwig, todo mundo sabe que o lugar das cadeiras de rodas não é para ser contado, mas o povo para alí, o que se vai fazer? Então acontece isto. Para que todos viajem sentados e ninguém de pé tem lotação, que é mais caro quem pode pega quem não pode vai em pé no ônibus. Tarifa zero é utopia.

      • 02/04/2012 1:43

        Das Utopias

        Se as coisas são inatingíveis… ora!
        não é motivo para não querê-las…
        Que tristes os caminhos, se não fora
        a magica presença das estrelas!
        Mario Quintana

      • yuri lucien de lima bulmini permalink
        18/10/2012 0:35

        olavo, meu pai é motorista e propietario de trasporte coletivo, me criei nessa demanda. se a tarifa fosse zero, nao teria como arcar com despesas como combustivel, manutanção e funcionarios que trabalham nesse ramo. realmante o lugar das cadeiras de rodas nao devem ser contadas mas realmente sao contadas. na verdade ali cabem de 5 a 8 pesssoas tendo alguns onibus cm acento portatil para 1 ou 2 passageiros. se colocarmos mais frotas na cidade vai ter uma super lotação de carros circulantes tendo que acabar com a circulação de carros, motos e principalmente bicicletas por que. com a super lotção teriam que tirar ciclovias para corredores unicos de BRT`S

      • LUIZ ANTONIO TOLEDO BORDINI permalink
        19/11/2013 12:42

        Agora a Prefeitura de Porto Alegre, optou pelo metrô que vai sair uma fortuna, vários milhões, mas tem outras opções mais rápidas de implantar e muito menos onerosas. Exemplo; Aéro-Trem, Monotrilho, VLT (veículo leve sobre trilhos) todos de superfície e até elevados, sem precisar fazer túneis. As cidades que implantaram metrô fizeram isso há quase 100 anos, época em que tais obras não prejudicavam o trânsito e bem menos onerosas.

    • yuri lucien de lima bulmini permalink
      18/10/2012 0:25

      ANDO DE ONIBUS TODO DIA APESAR DE SEREM LOTADOS REALMENTE CABEM MAIS PESSOAS DE PÉ DO QUE SENTADAS, SE CADA ONIBUS DE PORTO ALEGRE NAO PEGASSE MAIS PASSAGEIROS QUANDO LOTAR SUA CAPACIDADE DE PASSAGEIRO SENTADO AS PARADAS DE PORTO ALEGRE SERIAM UM CAOS DE TAO CHEIAS.

  2. Julian Gritti permalink
    27/03/2012 13:06

    53 pessoas sentadas é muito pouco pelo tamanho dessa bagaça.. Um ônibus de viajem com metade desse tamanho leva 48 e com muito mais conforto!!

    Não sou contra, mas por onde esse ônibus vai andar? Pouquíssimas ruas/av. de Porto Alegre tem espaço pra isso.

    • viniciustlc permalink
      27/03/2012 14:18

      Foi exatamente o que eu pensei, todo esse trambolhão gigante para levar só mais 5 pessoas?? O que dá a entender que ele foi projetado para aumentar a capacidade de pessoas viajando em pé.

      Agora imagina 110 pessoas de em pé esmagadas dentro de uma lata de sardinha gigante no verão de porto alegre!

      • juliana staudt permalink
        01/04/2012 16:40

        viniciustlc você observou as janelas, estes ônibus terão ar condicionado e se deslocarão nos corredores de ônibus.Acho que na Bento e Protásio.

      • Everton permalink
        01/04/2012 17:58

        ÔNIBUS BIARTICULADO NÃO FOI PROJETADO PARA TER AR CONDICIONADO.

      • fmobus permalink*
        01/04/2012 18:02

        desligue o caps lock

      • 15/08/2012 22:42

        Ele é projetado para linhas rápidas de no maximo 25 minutos. Não tem condições de rodar nas linhas longas de POA. Apenas em um sistema de integração ligando terminais.

  3. Guilherme permalink
    27/03/2012 13:42

    realmente, meio estranho esse calculo.

    Pode ser que seja pelas portas, mas ainda assim, acho que é muito pouca gente sentada para uma bagaça desse tamanho…

    Mas acho dificil de aprovarem isso, só se for em corredores de onibus, o motorista que for usar isso em linhas normais, o cara é nego véio, por que manobrar isso.. vish…

    • yuri lucien de lima bulmini permalink
      18/10/2012 0:44

      esse onibus tem motor lateral. e isso ocupa 30% do espaço

  4. Ricardo Álvares permalink
    27/03/2012 13:46

    Ônibus, ònibus e mais ônibus! Poluem o ar, congestionam o trânsito e são barulhentos!

    Não é incomum andarem em velocidades incompatíveis chegando a causar quedas de passageiros que estão de pé, e causarem acidentes!

    Estão na contra-mão do desenvolvimento racional!

    Agora inventaram dinossauros pra complicar mais ainda o trânsito caótico das cidades.

    Onde está o transporte seguro e econômico, metrôs, bondes, VRT, balsas via aquática?

    O mundo moderno tem, neste país gastamos combustível fóssil, o mais caro do mundo!

    País anda que nem caranguejo há décadas, sucateou trens e bondes, balsas etc., que diariamente transportam milhões de pessoas em todo mundo.

    Somos o país mais adiantado, inventamos o aeromóvel e não implementamos no sistema de transporte público. Por quê? O lobby dos donos de empresa de ônibus não permitiu!

    Os japoneses compraram a idéia e lá eles existem normalmente, bah!, que país vivemos!

    O sistema corrompido na raiz, o povo reclama e os políticos, não esão nem aí pro povo!

    O povo merece a espécie de governo que tem, e sou apolítico, não voto em nenhum deles,
    são todos farinha do mesmo saco, a BR 101, Floripa – Torres, abandonada, mas cobram o pedágio por uma obra inacabada, roubo oficializado pelos governantes!

    Palavras pra qualificar? Indignação, nôjo etc.!

  5. Tony permalink
    27/03/2012 15:47

    Alguém sabe qual será o veículo que vai ser usado no BRT? A única coisa que eu sei até agora é que vai ser de piso baixo. Até teve um que lançaram na mídia, será que vai ser aquele?

    • 27/03/2012 17:20

      Eu não sei o nome, mas tem um R10 (Rápida Restinga) que é um modelo de BRT: ele é verde, tem a frente arredondada:

      Oh: http://meutransporte.blogspot.com.br/2011/07/porto-alegre-recebe-mais-20-onibus.html

  6. Everton permalink
    27/03/2012 16:51

    Esse veículo é da empresa Itajaí Transportes de Campinas SP. Ficará na Carris por 15 dias. Ele tem poucos lugares devido as portas do lado esquerdo e devido ser piso baixo. Se ele fosse piso alto como os de Curitiba teria uns 70 lugares. Se for aprovado será utilizado no Sistema BRT de Porto Alegre em 2014.

    • 29/03/2012 23:09

      A altura do piso não é problema para o número de passageiros, já a posição do motor montado lateralmente acaba atrapalhando. Em outros modelos desse tipo fabricados pela Volvo no exterior o motor é traseiro mesmo, liberando espaço que acaba sendo ocupado pela “churrasqueira” onde o motor desse modelo (B290SALF) é montado.

      A propósito: com certeza vai andar com bem mais do que 110 passageiros em pé, considerando que um biarticulado é muitas vezes apresentado como tendo capacidade superior a 200 passageiros…

  7. 27/03/2012 17:18

    Eu acho que vai ser pra circular em grande parte pela III Perimetral, ou seja, o T11. E isso confirmou a minha tese:

    http://www2.portoalegre.rs.gov.br/portal_pmpa_novo/default.php?p_noticia=150672&CARRIS+TESTA+ONIBUS+BIARTICULADO

  8. 27/03/2012 18:09

    Fofoca: o diretor da carris disse que o teste provou que não é vantagem e ele vai ser desativado.

  9. Ricardo Álvares permalink
    27/03/2012 19:34

    Tem em Floripa, Linha Centro – Rio Tavares.

    O tipo, parece muito com os VRTS, abram que falaram num comentário, a diferença, não são sob trilhos e não são movidos à eletrecidade, poluem o ar, pois são movidos à óleo diesel, igual aos ônibus comuns.

    A frente é arredondada, tem ar-condicionado e até TV a bordo, aqui é verde, e pra esta linha resolveu, vai pela Via Expressa Sul, é direto sem parar, de terminal à terminal, bem rápido e confortável, mas tem mais lugares pra sentados do que os citados aí, talvez por causa do turismo.

    Depois dos passageiros desembarcarem no terminal perto do Campeche, pegam as linhas que levam à todas às praias do Sul da Ilha de Santa Catarina sem pagarem mais nada, pra quem tem cartão custa R$ 2,70 e quem não tem gasta-se R$ 2,90.

    Mas tem um detalhe, o trânsito daqui é uma coisa e daí é outra, fora de temporada é uma beleza, mas só imagino funcionando nas perimetrais daí, nas ruas estreitas, nem pensar!

    Se vai aprovar aí, só o tempo responderá!

    Abram no site: http://www.insulartc.com.br/index_pc.html

    • 29/03/2012 23:10

      Mas o modelo da Insular é só articulado, não é biarticulado.

      • Ricardo Álvares permalink
        19/04/2012 20:07

        Sim, enganei-me de site, estás certo.

        Mas é este da foto acima mesmo, e pelo que soube de uma pessoa que tem acesso aos bastidores, a prefeitura de Curitiba está louca para livrar-se deles, são difíeis e dão muita manutenção!

        Parece que a prefeitura daqui comprou um destes, mas tem um detalhe que
        só dá pra rir mesmo, como o brasileiro é amador, não conseguiram faze-lo entrar no terminal, rsrsrsr, não calcularam antes, não tem como manobrar de tão comprido que é! Coisas daqui mesmo! Desculpem-me mas não deu pra agüentar de tanto que nós rirmos aqui, não saiu em manchete ou notícia alguma de tão redícula, a situação ficou só nos bastidores, estes caras são uma figuras!!rsrsrsrs

  10. Joao permalink
    27/03/2012 19:43

    Esses ônibus com poucos assentos são ideais para linhas em que há grande renovação de passageiros, ou seja, naqueles em que o entra-e-sai é grande, como as linhas transversais (linhas T) da Carris.
    Ônibus com assentos são destinados para longos trajetos, por exemplo, Restinga-Centro, no qual os passageiros entram no início da linha e só descem no final.

  11. Chico permalink
    27/03/2012 19:54

    É do mesmo modelo dos bi-articulados curitibanos (que, porém, comportam ainda MENOS pessoas sentadas, e mais em pé, com a capacidade passando de 200 pessoas).

    E ônibus desse porte não tem ar condicionado.

  12. Celso permalink
    28/03/2012 6:54

    Já não faz sentido ônibus tão grande com tanta capacidade, principalmente com o forma de pagamento de passagem, onde a roleta é um funil. A não ser na forma de BRT, que se paga antes de entrar.

    Outro problema é ficar acelerando e fernando uma massa de 150 pessoas usando combustíveis fósseis gerando poluição, o que não aconteceria se fosse um bonde ou metrô com essa capacidade.

  13. Guilherme permalink
    28/03/2012 11:15

    Falando nisso, esses dias peguei um bus na 3 perimetral, eu achava o corredor tão inutil, e ainda é, é claro, mas poderia voltar a ser utiil

    O por que desse pensamento?

    Quase não passa onibus la… porem, as paradas lotam, os onibus lotam, da pra por tranquilamente varios outros onibus por la… Mas né, eles preferem amontuar gente na lata de sardinha e lucrar mais.. fiosdapuuu…

    Ta na hora de meter uma concorrencia no transporte publico de Poa.

  14. Chico permalink
    28/03/2012 16:08

    Vi um ônibus desse ser usado na linha D43 hoje (com pessoas dentro).

  15. Ricardo Álvares permalink
    28/03/2012 16:15

    Cuidado Celso! Não fala em metrô, e nem em bonde!

    Este último então parece palavrão pros governantes brasileiros, principalmente pros paus mandados de Porto Alegre que os mataram em 1970, alegaram que trancavam o trânsito!

    O desing é legal, lembram os papa-filas! Já imaginaram a mão de obra pro motorista?

    Acessem este link abaixo, uma imagem vale mais que mil palavras.

    Isto é que é transporte de primeiro mundo, não este dinossaruro poluidor!

    Transporte na Holanda

    • juliana staudt permalink
      02/04/2012 1:38

      Acessei o link, meu Deus, é de dar inveja. Acho que vou entrar em depressão.

  16. 29/03/2012 23:15

    Esse parece demais com os modelos usados no sistema TranSantiago, assim como aqueles Neobus Mega de 12 metros com chassi Agrale que a Carris já usa.

    Vale lembrar que Santiago teve uma boa qualificação do transporte urbano de 2003 para cá…

  17. Rogério Lacerda permalink
    30/03/2012 23:08

    Rogério Lacerda

    É um absurdo!!! O Povo não é gado para serem tratados dessa forma! Imagine uma viagem pegando esse trem no final da linha do T 11 até o Aeroporto, e ainda na hora de pico !!! Alem da passagem cara como é ! A prefeitura de Porto Alegre, deveria exigir das empresas mais conforto aos seus usuarios oferecendo coletivos com mais bancos !
    Não aprovo, desse jeito não tem como deixar o carro em casa para ir de ônibus!!!

    • Everton permalink
      31/03/2012 11:37

      O ônibus Biarticulado foi aprovado pela carris e vão abrir licitação em breve.

  18. luciano permalink
    01/04/2012 19:46

    O biarticulado esta chegando onde o sistema de mobilidade urbana necessita de uma alternativa e solução a curto prazo, apresentando uma logistica de metro, porem com estrutura de transporte rodoviario,
    O grande lance é, maior numeros de passageirros transportados com menor indice de kilometros rodados, assim causando menor impacto e agressão ao meio ambiente e circulando em corredores com faixas exclusivas independente nas principais avenidas da capital, com tempo medio de dois em dois minutos entre um carro e outro.

  19. ajuvan permalink
    01/04/2012 23:03

    Ajuvan Kressin Lima Lima É finalmente alguma coisa, o problema é que o pessoal só sabem critica uma coisa que nem sabem como vai ser afinal, porque não espera um pouco pra testar e depois critiquem!!!!
    há 2 minutos · Curtir

  20. Guilherme Madeira permalink
    01/04/2012 23:04

    Biarticulado em POA? Só na Terceira Perimetral e olhe lá!!
    Um exemplo: Em uma linha tipo a Pinheiro, até a Salgado Filho, sem condições! primeiro por causa do espaço físico dessa avenida que é limitado pelos terminais de muitas outras linhas, e depois no terminal do Pinheiro (parada 21) onde tem de se fazer um retorno comruas mais estreitas.

    • juliana staudt permalink
      02/04/2012 1:41

      Este ônibus é da Carris não vai fazer a linha a linha Pinheiro, nem tampouco circular na Salgado Filho.

  21. Renato Freitas permalink
    02/04/2012 22:46

    não vejo vantagem nenhuma, e 53 passageiros sentados é um absurdo né por favor.

  22. Ricardo Álvares permalink
    03/04/2012 10:25

    Poe quê logo a Carris, que foi no seu início uma empresa de bondes regrediu tanto a ponto de fechar os olhos pro que acontece no mundo, pois bem façam os testes, e testem também este VRT numa linha Centro – Moinhos de Vento.

    Abram o link abaixo.

    Transporte na Holanda

    • 07/04/2012 12:06

      A Carris não tem culpa da saída dos bondes, quem tem a culpa é o prefeitinho que os retirou com a aquiescência com certeza de vereadores retrógrados. Eu esqueci o nome dele, mas vou procurar e vou postar aqui. FDP

      • LUIZ ANTONIO TOLEDO BORDINI permalink
        19/11/2013 13:59

        O nome do prefeito, se não me falha a memória, era Guilherme Socias Vilella.

      • Ricardo permalink
        20/11/2013 9:18

        O prefeito na época era o Telmo Thompson Flores.

  23. Ricardo permalink
    14/04/2012 14:54

    O FDP que tirou os bondes chamava-se Célio Marques Fernandes, mas quem retirou-os foi o pessoal da ditadura a mando da máfia dos ônibus controlada por eles mesmos!

    Até hoje está nas mãos de seus sucessores, os atuais políticos que mandam na prefeitura,
    mas estão à nível federal também, achas por quê a RFFSA foi sucateada?

    O antecessor do atual proprietário da GOL era um dos empresários de ônibus que lucrou com isto, aí vieram a Itapemirim, Penha, Cometa etc., assim como as companhias aéreas: VASP, VARIG, CRUZEIRO e SADIA que depois passou-se a chamar TRANSBRASIL, mas aos poucos todas faliram, aí o dono de uma empresa de ônibus criou a GOL, esta fez o tal “damping” e quebrou a VARIG, aí já existia a TAM, o resto é história!

    • Ricardo Álvares permalink
      19/10/2012 23:46

      Retificação. O prefeito na épca era o Telmo Thompson Flores.

      Foi indicado em 1969 para a prefeitura da capital gaúcha, pelo então governador Walter Peracchi Barcelos, e aprovado pela Assembléia Legislativa.

      Seu governo foi caracterizado por grandes obras, em especial na área dos transportes, desativando os bondes e incentivando o transporte automotivo, com a construção de seis viadutos.

  24. carlos santos permalink
    26/05/2012 11:01

    bom dia.sou motorista de coletivo no rio de janeiro,aqui nos nao temos este modelo de veiculo,pois seria de grande utilidade em linhas intermunicipais,pois voces clintes precisam de mais conforto,televisao,radio,ar condionado.pois ficamos horas em emgarrafamentos, as vezes que parece nao ter fim.que deus continue abençoando os trabalhadores deste pais.um abraço ha todos.

  25. 15/08/2012 19:26

    Um grande avanço para Porto Alegre e ao povo gaúcho. Desde que vim para Curitiba, tenho andado nesses “buzões!” Aqui eles trafegam em pistas exclusivas,e, podem crer, são de grande utilidade! O problema são as horas de “pico”, mas muito tranquilo nos outros períodos do dia! Espero que estejam aproveitando bem o novo transporte, pois como gaúcho também, aprovo esse “trem!”

    • 15/08/2012 22:39

      Foi apenas um teste e o ônibus ja voltou pra Campinas SP. Não vão comprar pq ele é muito grande pras mentes pequenas que governam Porto Alegre.

  26. Ricardo Álvares permalink
    16/08/2012 13:18

    Quem mencionou ser um “avanço que a capital perdeu”, desculpe-me, mas está redondamente enganado, as mentes que governam Porto Alegre são as mesmas que retiraram os bondes há quarenta e dois anos!

    Tem um detalhe: como implantar uma linha destas nas avenidas estreitas da capital gaúcha? Somente nas perimetrais.

    A reportagem não menciona a largura, só o comprimento, creio que por exigir uma pista exclusiva para eles como o Sr. Manoel comentou.

    Porto Alegre não é Curitiba, os terminas do Centro da cidade não comportariam um ônibus destes, duvido que até o melhor motorista conseguiria manobra-lo nesta área e nas avenidas estreitas da capital, não sei as medidas, a reportagem só menciona o comprimento, 27 metros, ele tem a mesma largura do ônibus convencionais?

    Transporte público em muitos lugares, está sobre trilhos!

    Necessariamente não somente trens e metrôs.

    Bondes e VLTs circulam em quase todo mundo.

    Pior que estão enganando o povo com o projeto do “Bonde Turístico”, que a cada ano emitem uma notícia sobre ele e depois, silêncio total.

    Isto já faz uns dez anos! O problema? Os que administram o setor de transporte público sabem, se o povo tomar o gostinho, com certeza incomodaria, solicitando mais linhas, não como turístico, mas com os VLTs que estão sendo implantados em Fortaleza, Recife, Fortaleza, Macaé e futuramente em Brasília e Belém!

    São mais estreitos como nos links anexos, e os bondes mais modernos, estreitos comparados aos ônibus, ocupam bem menos espaço, como num Post anterior, onde o Sr. Gilberto que está bem ligado neste assunto publicou, e eu nem sabia, anexo também.

    Estes tipos de transporte podemos dizer que seriam realmente avanços na mobilidade urbana, sem poluição, custos com pneus, amortecedores, trocas de óleo, motores, mão de obra, custos adicionais, as passagens seriam mais baratas etc.

    Transporte limpo e silencioso, além de muito charmoso, uniria o útil ao agradável, em caso dum blackout, um motor a gás natural instalado nos mesmos como energia alternativa, assim na teoria não ficariam parados, isto que são coisas de primeiro mundo! Isto já é realidade no Nordeste e no Sudeste, a imprensa nacional, Globo, Record, etc. não noticia em âmbito nacional, não sei o porquê, bah estamos mais atrasados do que eles! É mais que vergonhoso!

    http://portoimagem.wordpress.com/2011/03/16/bondes-eletricos-estao-de-volta-nas-grandes-cidades-do-mundo/de-volta-nas-grandes-cidades-do-mundo/

    • LUIZ ANTONIO TOLEDO BORDINI permalink
      19/11/2013 12:53

      Sem dúvida que o VLT, assim como o aero-trem e o monotrilho, são transportes mais indicados para grandes e médias cidades, incluindo as regiões metropolitanas, suas implantações são mais rápidas e menos onerosas que o metrô.

    • LUIZ ANTONIO TOLEDO BORDINI permalink
      19/11/2013 13:36

      Aqui em Porto Alegre os administradores públicos não enxergam um palmo à frente de seu nariz e a inteligência não ajuda muito. Nos países de 1º Mundo, todas as grandes e médias cidades têm transporte de passageiros sobre trilhos, mas a burrice aqui abandonou esse tipo de transporte e prefere entupir a cidade com ônibus e gastar uma grana preta com as trocas de pneus. E esse tal de BRT vai ser um dinossauro nas vias da cidade já bastante conturbada. E a implantação do subterrâneo (metrô) é muito onerosa e de resultado muito duvidoso por não abranger toda a cidade como era na época dos bondes que atendiam a quase todos os bairros de norte a sul.

  27. 03/09/2013 17:31

    O VLT transporta mais não polui, menos risco para a população e não usa 14 pneus como ônibus bi articulado, é mais rápido e pode ser alimentado por onibus comuns. Esse bi articulado é muito risco para a população.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.641 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: