Skip to content

Imagens aéreas exclusivas do Presídio Central de Porto Alegre, o pior do país

11/04/2012

Todas as imagens foram feitas por Gerson Ibias, em 2010.

TODAS AS FOTOS: GERSON IBIAS. © Copyright 2012 Todos os direitos reservados. 

About these ads
15 Comentários leave one →
  1. Paulo Roberto permalink
    11/04/2012 14:36

    Haha. Um post meio “cidade alerta”, Datena e cia. Hehehe. Prefiro que denunciem o sofrimento de quem não merece estar assim vivendo, como no caso das pessoas que moram na sarjeta ou em vilas sem esgoto cloacal e são trabalhadores de sol a sol

    • Mateus Berg permalink
      11/04/2012 15:08

      Burros são os Noruegueses mesmo,por exemplo, que fazem cadeias que praticamente regeneram e reintegram à sociedade, os que lá passam! Certos somos nós que jogamos os vagabundos em sargetas medievais e ainda sustentamos a máfia que rola lá dentro, nos corredores e celas sem porta.

      • Paulo Roberto permalink
        11/04/2012 15:46

        Acontece que lá na Noruega primeiramente eles tem apenas meia dúzia de meliantes, além é claro de fartos recursos financeiros. Isso sem falar que lá não há malemolência da população, por isso quem delinqüiu por lá ainda é passível de regeneração. Aqui ninguém tem vontade de se regenerar e voltar a ser trabalhador honesto, pois vem junto com a palavra o “modesto”, e viver modestamente ninguém quer, nem mesmo os políticos, que dizem quem com 20 mil reais não dá para viver, como saiu na mídia essa semana.

        Não precisamos sustentar a máfia deles, basta cortar as mãos dos gatunos e incinerar os homicidas. Essas sargetas medievais deixemos para os caras dos Direitos Humanos. Sou a favor de Direitos Humanos só para quem é Humano, não para quem faz questão de ser “OsMano”.

      • Felipe X permalink
        11/04/2012 16:51

        Claro Paulo. Este tipo de atitude machona sempre resolveu os problemas da humanidade. Vide qualquer guerra que já aconteceu.

      • Mateus Berg permalink
        11/04/2012 18:02

        Olha, não sei qual é o tipo de mundo que tu vive Paulo Roberto, mas vou te dizer: Eu não gosto de bandido nem filha da p*** nenhum dessa laia. Mas sou totalmente contra tua idéia. Temos que ter um sistema prisional de qualidade, ao menos para deixar nossas famílias seguras. O Central só não explodiu ainda numa gigantesca rebelião com fugas em massa e o capeta pq os presos não querem ( o negócio lá dentro é muito lucrativo). Quem seguraria mais de 5 mil homens em furia?

      • Fábio permalink
        11/04/2012 21:50

        Do jeito que tu fala dos criminosos PR, espero que tu nunca tenha furado uma filazinha, cometido uma infraçãozinha no trâsito que não vai encomodar ninguém e por aí vai!!!

      • 12/04/2012 0:31

        Nem todos tiveram a mesma educação, mesma qualidade de ensino e as mesmas oportunidades que tu. A prisão tal como ela é hoje no Brasil, é a ESCOLA DO CRIME. O cara entra ladrão de pão e sai traficante de drogas e assaltante “profissional”. Aceitar isso é prejudicar, a longo prazo, a tua própria qualidade de vida.

    • Marco Leonardelli Lovatto permalink
      12/04/2012 0:28

      Ninguém merece estar assim vivendo. Nem todos tiveram a mesma educação, mesma qualidade de ensino e as mesmas oportunidades que tu. A prisão tal como ela é hoje no Brasil, é a ESCOLA DO CRIME. O cara entra ladrão de pão e sai traficante de drogas e assaltante “profissional”. Aceitar isso é prejudicar, a longo prazo, a tua própria qualidade de vida.

  2. Guilherme permalink
    11/04/2012 15:49

    O gramado parece estar bem…
    Duvido ter um gramado assim nas cadeias da Noruega…
    Até nisso somos melhores, o melhor gramado de cadeia do MUNDO…
    Orgulho de ser gaucho…
    aiai

  3. Andréé permalink
    11/04/2012 16:59

    matéria sobre o Cais Mauá na Espanha:

    http://www.diarionegocio.es/empresa/tres-empresas-espanolas-dotaran-porto-alegre-un-gran-centro-urbano-20110125

    • 11/04/2012 19:06

      Fantástica a notícia, construtoras espanholas vão reconstruir o centro de Porto Alegre.
      A Espanha está falida e especialmente a indústria de construção civil, as previsões deste ano são de uma contração da economia entre 1% a 2%.
      De onde virá o dinheiro?

  4. RicardoUK permalink
    11/04/2012 19:06

    Voce cidadao, quer virar mulher do negrao no Central? Nao? Anda na linha ai fora, entao.

    Esse ia ser o slogan se eu fosse Diretor do Presidio Central.

    • Jeclecler permalink
      11/04/2012 21:01

      kkkkkkkkkkkkk

  5. 12/04/2012 16:34

    Visto assim por fora parece só um conjunto habitacional daqueles de periferia. Enquanto isso, tem TRABALHADOR vivendo pior que os vagabundos que estão no Central mas esses a turma de “direitos humanos” só vê em época de eleição.

    Fala-se tanto em “superlotação” no Central, mas aquele gramado vazio tem espaço para encher de vagabundo para comer a grama pela raiz…

  6. Marco Leonardelli Lovatto permalink
    03/07/2012 21:46

    Caros,

    VIOLÊNCIA NÃO SE RESOLVE COMBATENDO O CRIMINOSO, MAS O QUE LEVA AO CRIME.

    Fiz comentários aqui que receberam negativações (o que não deixa de ser bom porque também desperta discussões). Mas quero fazer-lhes a pergunta:

    Você acredita que todos têm as mesmas oportunidades de ensino e educação? O mesmo potencial de escolha do trabalho? Se sim, quem construiu o barraco na encosta ou em área invadida, fez por que quis, afinal é mais “emocionante”?

    A verdade é que nem todos tiveram as mesmas oportunidades. Por causa disso, muitos não fazem o que querem. Fazem o que conseguem fazer. E, se ainda não conseguem fazer, então não têm mais nada para comer… além dos ricos. É daí que vem a violência.

    Deveriam estar na prisão? Vamos cair na real! Prisão, no Brasil e na maior parte do mundo, repito, é a Escola do Crime! No Brasil especialmente, o ladrão de pão que é encaminhado para “celas compartilhadas”, que são verdadeiras gaiolas humanas, encontra com seus “colegas” e sai de lá traficante de drogas!

    Normalmente, preferimos aderir à opinião pública e à maneira da maioria agir, pois isso nos dá conforto, já que não precisamos ser ousados. Todavia, a maioria não é modelo de sucesso e questionar as práticas atuais é a melhor maneira de começar a mudar.

    Recomendo: http://trilhos.maodupla.org/2012/07/03/a-maioria-nao-e-modelo-de-sucesso/

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.611 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: