Skip to content

Prefeitura e escola avaliam obras na área da Imperadores do Samba

17/07/2012

Prefeitura vai buscar medidas para a liberação da área e construção da nova quadra Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 16, na Prefeitura de Porto Alegre tratou das adequações pelas quais passará a área onde está localizada a escola Imperadores do Samba, que permitirão a duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva. Participaram da reunião o prefeito José Fortunati, o presidente da escola, Luiz Carlos Amorim Borges, e o vice-presidente da Associação das Entidades Carnavalescas, Érico Leoti, além dos secretários municipais de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Urbano Schmitt, de Coordenação Política e Governança Local, Cezar Busatto, e da Cultura, Sergius Gonzaga.

Na reunião, a prefeitura se comprometeu a buscar todas as medidas necessárias para que em dezembro seja possível liberar a área destinada às obras da avenida Edvaldo Pereira Paiva, mais conhecida como Beira Rio. Além disso, até o final de fevereiro de 2013 deve estar pronta a nova quadra da escola, numa parceria que envolve a entidade, prefeitura e Sport Club Internacional.

Na última sexta-feira, o secretário de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Urbano Schmitt, e a coordenadora do Gabinete de Articulação Institucional, Ana Pellini, haviam recebido a diretoria da Imperadores do Samba para conversar sobre as obras que estão sendo realizadas na avenida Beira Rio e a possibilidade de a prefeitura melhorar o espaço onde a instituição está instalada. Na ocasião, foi repassado ao secretário o calendário de shows culturais realizados durante todo ano na Imperadores com objetivo de facilitar o cronograma da obra e não atrapalhar os eventos na quadra da entidade.

Segundo o prefeito José Fortunati, a prefeitura está trabalhando em parceria com a Imperadores, com diálogo permanente para que as obras da Copa tragam benefícios para todos nos próximos anos. “A Imperadores tem sido parceira para a duplicação da Beira Rio e para a construção do viaduto Pinheiro Borda, que vão melhorar muito a região”, disse o prefeito. O presidente da Escola, Luiz Carlos Amorim Borges, destacou a preocupação com os prazos e se disse confiante de que o assunto será bem encaminhado conjuntamente.

Conforme o secretário Urbano Schmitt, as obras para a Copa de 2014 que estão sendo executadas na avenida Edvaldo Pereira Paiva, a construção do viaduto Pinheiro Borda e o novo estádio Beira-Rio vão mudar o cartão postal da região. “Estamos avaliando com a diretoria da Imperadores do Samba e os técnicos da prefeitura qual a melhor solução para resolver a questão sobre a obra que está sendo executada na área e vai atingir parte do local. Já estamos em negociações e ficará bom para todos”, registrou Urbano.

Duplicação avenida Beira Rio

  • Extensão: 5,8 quilômetros (Gasômetro até o Viaduto da Pinheiro Borda)
  • Ciclovia
  • Estacionamento junto ao trecho 4
  • Ponte sobre o Arroio Dilúvio
  • Implantação de viaduto

 

Etapas do Projeto

  • Trecho 1 – Ipiranga até a Beira Rio;
  • Trecho 2 – Ipiranga até a Rótula das Cuias;
  • Trecho 3 – Velódromo até o Viaduto da Pinheiro Borda;
  • Trecho 4 – Rótula das Cuias até o Gasômetro;
  • Ponte sobre o Arroio Dilúvio;
  • Viaduto com estrutura estaiada junto ao cruzamento a Pinheiro Borda com a avenida Padre Cacique.

Custo da Obra

  • R$ 78,2 milhões – Financiamento da Caixa Econômica Federal
  • R$ 7,5 milhões – Emendas Parlamentares
  • R$ 8,3 – Contrapartida da Prefeitura de Porto Alegre
  • Total: R$ 94 milhões

Prefeitura de Porto Alegre

______________________________

Pra visualizar a área:

Tomara que essa área seja liberada logo. Devem arrumar um lugar mais adequado para a escola de samba.

About these ads
54 Comentários leave one →
  1. Fábio Augusto permalink
    17/07/2012 3:14

    Não sou colorado nem sambista, mas esta entidade, com todo seu apelo cultural, deveria ser prioridade do governo dentre este conjunto de obras que vem sendo feitas nesta região, por óbvio pelo motivo turístico que está se configurando na área.

  2. Alexandre permalink
    17/07/2012 6:52

    Negociação????? Manda essa escola de samba pro porto seco, um local criado só pro carnaval, lá todas as escolas de samba deveriam ficar e NUNCA em frente a um asilo ou próximo a hospital.

    • isaura permalink
      18/07/2012 12:23

      Vc deveria tomar um pouco de aulas sobre cultura popular ,verificar o trabalho social que estas entidades fazem para depois criticar.

  3. Phil permalink
    17/07/2012 8:39

    Mande esta naba pra bem longe. Ninguem quer, ficam ensistindo com isso so’ pra agradar uma minoria.

  4. Guilherme permalink
    17/07/2012 9:18

    Não creio que vão manter essa desgraça ali…

    • Alexandre permalink
      17/07/2012 9:35

      Eu que moro ali perto, tbém não creio que vão deixar aquilo ali, só falta manterem tbém, as outras e ainda aquela “casa de passagem”, conhecido como ponto de tráfico e mini-favela, onde seguido tem carro da policia lá.

      • JULIÃO permalink
        18/07/2012 8:14

        A única esperaça para aquela área da cidade era do projeto da Yeda de vender o terreno da FASE (e com esse dinheiro criar casas descentralizadas para os “menores” dessa Instituição), mas os retrógrados da cidade conseguiram acabar com o projeto.

  5. RicardoUK permalink
    17/07/2012 9:32

    O lugar mais adequado seria aquele o mais longinquo possivel.

  6. Humberto permalink
    17/07/2012 10:08

    Senhores:
    Chamar de “aquilo” uma instituição cultural com 53 anos de vida é uma tremenda falta de respeito. A Imperadores do Samba pode não ter a beleza, a estrutura e a verba do Theatro São Pedro mas atua incansavelmente no campo da cultura popular, passando por muitas dificuldades e por muitos preconceitos. TODOS tem direito a um lugar ao sol. Preconceito não está com nada. Respeito acima de tudo. Sou leitor assíduo deste blog, assinante da newsletter e fiquei chocado com o nível dos comentários e com a moderação dos mesmos, permitindo tal falta de respeito com uma instituição que há tantos anos luta para se manter viva em nossa cidade.

    • Luiz Lied permalink
      17/07/2012 13:53

      Isso q os preconceituosos de plantão não perceberam que não é só a Escola de samba que vai bailar, mas sim, a Ocupação por moradia popular, e a banda da Saldanha…
      Agora me digam aí: vocês não gostam de curtir a Saldanha do carnaval de rua da Sofia Veloso, seus preconceituosos?

      • Felipe X permalink
        17/07/2012 14:31

        Não. E eu gostaria de ver uma urbanização ali naquele entorno.

      • Luiz Lied permalink
        17/07/2012 14:45

        E urbanização seria ruas, avenidas, concreto, asfalto?
        ou “conjunto dos trabalhos necessários para dotar uma área de infra-estrutura (por exemplo, água, esgoto, gás, eletricidade) e/ou de serviços urbanos (por exemplo, de transporte, de educação, de saúde)”, segundo wiki…
        Na real, não se fala nada de desalojar e tocar pra correr quem mora, ou exerce sua cidadania e cultura no local.

      • Felipe X permalink
        17/07/2012 15:20

        Não, eu adoraria ver ciclovias, estações de BRT, praças, marinas públicas, etc por ali.

      • 17/07/2012 16:15

        Não.

  7. Garcia permalink
    17/07/2012 10:34

    Mais uma vez expulsando os negros e as tradições culturais afro para longe da cidade. Primeiro criaram a Restinga e agora querem mandar todos para o Porto Seco. Os mesmos que são contra a escola de samba, devem ser a favor dos cavalos cagarem todo ano na mesma avenida por duas semanas em setembro. Devem até participar daquela brincadeira de casinha que alguns ditos gaudérios fazem na frente do Guaíba. Deixem a cultura popular ao invés de colocarem mais asfalto.

  8. JULIÃO permalink
    17/07/2012 10:50

    Pelo jeito, aqui o pessoal não gosta de carnaval?

    Não sou um fá também, mas entendo que esse tipo de manifestação faz parte da nossa cultura e por isso deve ter o seu espaço, tanto quanto o futebol e o MTG, por exemplo.

    Pra mim, absurdo maior é o Internacional se adonar de MAIS áreas públicas nobres como essas, ainda mais sabendo que elas não serão usadas para o fim do clube social, mas para estabelecer atividade econômicas paralelas.

    • Felipe X permalink
      17/07/2012 14:32

      O inter não vai pegar esta área, a avenida que está sendo duplicada.

      • JULIÃO permalink
        18/07/2012 8:15

        Pior que vai se adonar de uma parte.

  9. marcelo permalink
    17/07/2012 11:10

    festival preconceituoso, do post aos comentários. qual o lugar mais adequado, gilberto? um lugar escondido, de certo. vergonha total. havia um projeto para a área no estilo da cidade do samba no rio. que fim levou isso?

    • Felipe X permalink
      17/07/2012 14:33

      Eu acho que uma cidade do samba seria legal, perto do sambódromo. O problema é que as escolas são ligaddas a comunidade local, então fica complicado mudar. Sem falar que são tão apadrinhadas politicamente que tem propaganda eleitoral do Paim o ano inteiro nessa IMperadores.

      • Luiz Lied permalink
        17/07/2012 14:39

        E pro Bolívar todo ano que vem!

      • Anderson permalink
        18/07/2012 11:39

        Quem vai falar do Bolívar é a Imperadores de Santa Cruz do Sul, se informe antes de falar m…

      • marcelo permalink
        17/07/2012 15:42

        o projeto da cidade do samba era para alí. as escolas tem que ficar próximas das comunidades, no rio é assim, inclusive. é como no caso do harmonia. 4 dias de samba era demais, precisavam colocar bem escondido da classe média. Agora, 1 mês de bagaceria gaudéria não tem problema. vergonhoso. Marina pública, que é pra classe média alta, que pode ter barco mas não quer pagar clube, pode. samba, que é democrático e atrai gente de todas as classses, não. tá na hora de ter VERGONHA dessas opiniões que vocês escarram por aqui.

      • Luiz Lied permalink
        17/07/2012 15:50

        TA AÍ “O CARA”!!! falou e disse

      • Luiz Lied permalink
        17/07/2012 15:50

        TA AÍ “O CARA”!!! falou e disse tudo!
        Mas o pior é q adoram ver as bundas na globo!!

      • Phil permalink
        17/07/2012 15:59

        VerGONHA SAO esses que querem trazer esta “cultura” do Rio, para o RS. Noz NAO TEMOS NADA COM ESTAS FETAS!!! Aceitem isto!! Se havia algo deixo de ter a quase 100 anos atraz e eram em alguns BAIRROS da cidade. E se for para ter locais especificos, entao quero um lugar para a Oktoberfest tambem ali na orla, afinal de contas a cultura alema E’ MUUUUITO mais importante para o RS do que essa bobagen do RJ.

      • Luiz Lied permalink
        17/07/2012 16:07

        Então puxe a ideia e faça acontecer!
        Pq desmerecer a cultura historicamente estabelecida no Brasil é fácil, e mediocre!
        Legal é ver o banhado do harmonia, que é da nossa tradição e é daquele jeito tradicional a 177 anos, desde 1835, onde até hoje se anda no barro e se pisa em bosta de cavalo.
        Desmerecer o que temos de cultura em vez de propor melhorias é arrogância e muita pretenção! Já que o Brasil é o país mais multicultural do mundo! Todas tradições devem ser respeitadas! Cultuando-as ou não

      • Felipe X permalink
        18/07/2012 8:35

        Como intelectual adora apoiar essa cultura de morro, mesmo que seja fabricada pelo joãozinho 30 e a globo. Cultura mesmo é o carnaval de rua, aquele da cidade baixa. Essa história de desfile foi inventada como produto para exportação e sequer fazemos isso bem aqui no RS.

        E o pior, apoia essa cultura fabricada e avacalha com uma cultura realmente local, vai entender. Mas enfim, eu sou descendente de alemães e italianos e não tenho identificação com nenhuma delas, e nenhum interesse.

        Como nunca vi aula de tarantela fechar rua e fazer barulheira não me importo que tenha uma escola perto da minha casa, mas batucada ou as “trilhas” que os cavalos deixam me incomodam sim.

      • Fábio Augusto permalink
        19/07/2012 2:31

        Bah virou uma guerra de cultura contra cultura na a ver

  10. GersonLondon permalink
    17/07/2012 11:59

    Concordo 100% com o comentario do Alexandre.

  11. Carlos permalink
    17/07/2012 12:24

    Imperadores não vai sair de lá, ela vai pra um lugar próximo a quadra da Banda da Saldanha. Ta certo. Tem que ficar lá…. os preconceituosos irritados que se mudem… é simples.

  12. Guilherme permalink
    17/07/2012 13:08

    Preconceito nada, é bom gosto e bom senso.. haha

    Por que não aproveitam do valor do terreno, vendem o local para construirem algo de bom, ultil e belo, e construam sua sede ou esi la o que é aquilo em um outro lugar?

    Seria muito melhor para todos, pra quem frequenta o local, para os organizadores/donos/seila, e para a cidade e sua população…

    • Alice permalink
      18/07/2012 17:20

      Caro Guilherme, tu não consideras útil a inclusão que as escolas de samba promovem? Sabes quantos meninos tocam nas baterias? Isso é música! Sabes quantas crianças e adolescentes participam de oficinas de dança de variados tipos, como o nobre bailado dos casais de mestre-sala e porta-bandeira? Sabe que a Praiana forma aderecistas? Isso é arte plástica, meu amigo! O Carnaval forma mão de obra qualificada!

  13. Paulo Pires permalink
    17/07/2012 15:47

    Paulo Pires:
    Realmente porto alegre ta ficando pequena para essas pessoas preconceituosas. a Imperadores e os bambas da orgia, são as escolas mais antigas de poa, então merecem respeito e não vamos aceitar q essa cambada de preconceituosos façam o que fizeram, quando mandaram o nosso carnaval para o porto seco, enquanto os gaudérios continuam tranquilamente no parque harmonia quase um mês, onde acontece barbaries e nem por isso falam em tirá-lo dali, aliás já tentaram, mas não conseguiram, por que os caras são muito unidos, e nós do carnaval também temos que nos unir pra mandar embora daqui esses provincianos.

    • Phil permalink
      17/07/2012 17:31

      Sim todos voces 4 que ainda aturam estas bobagens do RJ deveriam se unir sim, comprar passagens e irem festejar seu carnaval la no RJ a cultura e’ deles e ja tem ate’ um local aproriado para estes fins. E se quiserem podem retirar os gauderios dali tambem, pouco me importo, ja chega com estes desfiles e showzinhos bregas tanto de carnaval quanto gauderio. Quero ver aquele lugar limpo e atraente para TODOS poderam usar.

      • marcelo permalink
        17/07/2012 21:28

        Phil, eles podem ser minoria aqui no blog, mas na cidade são a maioria. Nem gosto de samba, mas vai no carnaval ou numa quadra que tu vai ver o que é organização cultural. 10 a zero em qualquer oktorberfest, 1000 a zero nas gauderiadas. Os outros é que tem o que aprender com eles.

      • Alice permalink
        18/07/2012 17:23

        Phil, demonstra toda tua falta de conhecimento ao dizer que no Rio têm um lugar apropriado. Pois nós também! Para os desfiles e para os barracões, assim no Rio de Janeiro.
        As quadras das escolas de samba estão espalhadas pela cidade, pelos bairros, pelas comunidades. E não pensa que é só em favela, pq tem bairro nobre com quadra de escola de samba.
        Por favor, opinem com algum conhecimento. Não disparem infâmias sem terem sequer ideia do que estão falando!

  14. 17/07/2012 17:20

    O Samba pode não ser a cultura do RS mas é a cultura do Brasil(pais do qual o RS faz parte)aqui tem escolas de samba do mesmo jeito que no resto do Brasil tem CTGs.
    A sede da Imperadores do Samba é o que é porque o governo não dá apoio o suficiente.Isso sem falar dessa gente preconceituosas e estupidas porque se dependesse delas as escolas ja teriam deixado de existir aqui a muito tempo.
    Não temos o dever de gostar mas temos o dever de respeitar.
    Por outro lado tambem acho que ali não é o melhor lugar para uma escola de samba.

    • Adriano Silva permalink
      17/07/2012 20:48

      Nao existe cultura brasileira. Existe uma cultura do centro que é empurrada goela abaixo do resto. Essa homogeneização cultural serve para tornar o povo mais fácil de lidar, e vem a calhar pra mídia nacional que pode economizar produzindo num só local e “exportando” pro resto.

      O tradicionalismo foi inventado recentemente para que o RS retomasse sua cultura original que estava se perdendo.

      Bom, nao sei quanto a vocês, mas eu tenho muito pouco a me orgulhar por ser brasileiro, e um pouco mais a me orgulhar por ser gaúcho.

      • Felipe X permalink
        18/07/2012 8:38

        FATO. Até o sotaque da cariocada é empurrado como o oficial, cada vez mais. É fácil ver música os programas de rádio/tv de 40 anos atrás e ver como foi sendo construída uma cultura oficial pro país.

    • julianastaudt permalink
      18/07/2012 0:26

      O governo não tem que ajudar escola de samba, que quizer sambar que pague o onus. Governo tem que cuidar da Educação, da Saude e da Segurança….chega de mordomia….

      • Felipe X permalink
        18/07/2012 8:38

        Mas ajuda, e como! Vai ver a carona do Paim lá na Imperadores. Com nosso dinheiro.

      • Fábio Augusto permalink
        19/07/2012 2:37

        cultura é tão importante quanto estas coisas que citas

  15. jorge bertoli permalink
    17/07/2012 19:46

    antes de demonstrar todo o preconceito sobre a escola de samba, os incautos deveriam saber do que falam. uma entidade com 53 anos e emprestando à cidade cultura e diversão para seu povo, nao pode ser tratada desta maneira. muitos que são contra, tenho certeza que sua filha, nas quartas e sextas do período pré-carnaval vai se divertir por ali…e normalmente na companhia das suas respectivas mães. ainda queremos ser conhecidos como moradores de uma cidade democrática e plural. província é província. jorge bertoli jr

    • Felipe X permalink
      18/07/2012 8:39

      Sim, existe há 50 anos por que nessa época acabaram com o carnaval de verdade, de rua e na cidade baixa e criaram o carnaval oficial do brasil (marca registrada).

  16. Luciano Pereira permalink
    17/07/2012 19:53

    A falta de respeito e o preconceito contido nesses posts anteriores são primitivos!!!
    Samba é cultura NACIONAL, quem não goste que respeite, assim como eu faço com outros gêneros e manifestações culturais que eu não curto, senão, vá vc pra bem longe, de preferência para outro país! Outro detalhe, o Samba não é carioca, é BRASILEIRO, tanto q nasceu na Bahia há muito mais que 100 anos!

  17. marcelo permalink
    17/07/2012 21:33

    http://ong.portoweb.com.br/carnavalpoa/default.php?p_secao=14&PHPSESSID=7e682c4be6d8f233298b28f4f0cf37f5

    pra quem acha que carnaval não é coisa de gaúcho, ou portoalegrense, leia a parte sobe a muamba. abraços, crianças.

    • Felipe X permalink
      18/07/2012 8:40

      Sei bem o que é e não tem nada a cver com esse carnaval carioca.

  18. 17/07/2012 22:02

    Quero deixar claro que não sou carnavalesco:Só que resumindo o meu comentario,pessoas com pouco poder economico,não tem direito a morar proximo do centro da cidade,não tem direito a saúde(hospitais),não tem direito a educação(colegios de qualidade) e morar proximo do trabalho ou ter segurança,você tem que morar longe,escondido(em vila ou favela).no meu modo de ver,é exatamente o querem fazer com o carnaval,tirar a maioria(o povo)de um ponto de qualidade da cidade para agradar a menoria que tem o poder economico.Eles(menoria)vão jogar o carnaval,e quem gosta dele,para o fundo da cidade,daqui 20,30 anos,quando o desenvolvimendo chegar para essas regiões(fundão) eles vão começar a comprar na região(fazer os seus condominios)a duplicar as avenidas,e falar que aquelas pessoas e suas culturas estão atrapalhando!!!você pode não gostar…más tem que respeitar,opiniões contraria e culturas diferentes.

  19. Gilberto Simon permalink
    18/07/2012 1:32

    Ao meu ver esta discussão foi para um lado que não deveria ter ido. Independente de culturas a cidade precisa desapropriar esta área para uma obra de grande importância para toda a cidade, para todos da cidade. Ou os sambistas não tem carro? Não usam as vias da cidade? O prefeito atual é um viceprefeito que assumiu no lugar do prefeito eleito que se licenciou. Ele tem toda a legitimidade de um governo eleito para fazer uma obra destas sem consultar ninguém. Ele governa pra cidade e não para um determinado grupo. A única discussão possível no meu entender é pra onde vai a escola de samba. Mas que terá que sair dali, terá. Ponto final.

  20. Walter permalink
    18/07/2012 2:05

    Se a situação melhorar para a Escola, não vejo por que não mudar. Agora, privilegiar a construção de vias e mais vias em detrimento do patrimônio cultural e social da cidade é brabo. Enquanto isso ali do lado o SCInternacional ri com as suas áreas privatizadas à beira da orla. Aliás, por que não constroem a nova quadra na área do Inter?

    • Felipe X permalink
      18/07/2012 8:41

      Passe por ali em dia de festa na Imperadores e vais ver os carros dos frequentadores destruindo o gramado dos canteiros, que eles usam de estacionamento. Eles não podem se queixar da abertura de novas avenidas por que vão usar.

    • Felipe X permalink
      18/07/2012 8:42

      Não constroem na quadra do inter por que não tem quadra do inter naquela altura da beira rio. E a parte de “praia” ali já é muito estreita.

  21. Eduardo Minossi permalink
    18/07/2012 9:02

    Eu detesto essa cultura européia que a classe média empurra ao povo do RS que torna a gente o povo mais preconceituoso do Brasil. O carnaval sempre foi e ainda é a maior festa do RS, muito mais representativa que essas bagacerice gaudéria, só não vê isso quem fica isolado em seu mundinho da Anita Garibaldi protestando contra viaduto.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.544 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: