Comissão levanta dados da Capital para a Copa 2014

As informações sobre as virtudes de Porto Alegre para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014 causaram boa impressão entre os integrantes da Associação Brasileira de Infra-estrutura e Indústria de Base (ABDIB), que abriram nesta quinta-feira, oficialmente, a coleta de dados da cidade rumo à candidatura. Impedida de emitir qualquer julgamento prévio, a comissão elogiou o nível de organização do que foi apresentado pelo Comitê Executivo RS 2014. O que deve facilitar o trabalho da comissão técnica.

O vice-presidente-executivo da ABDIB, Rauph Lima Terra, destacou a “motivação e entusiasmo” da equipe local, que une prefeitura, governo estadual e entidades de diversos segmentos, indicando que esse fator poderá ser decisivo na briga entre as 18 cidades que disputam a nomeação.

O resultado desse campeonato brasileiro de subsedes do Mundial deve ser conhecido até março de 2009. A expectativa é que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) defina entre oito a 12 locais de jogos. Porto Alegre foi a 14ª candidata a sofrer o primeiro reconhecimento da comissão. O roteiro nacional começou pelo Nordeste e se encerrará com Curitiba, nesta sexta-feira, e Manaus, Belém e Rio Branco na próxima semana. A ABDIB assinou termo de compromisso, em maio deste ano, com o governo federal e Fifa para realizar os levantamentos, apontar as medidas para cumprir as rígidas exigências da federação internacional e formatar inclusive a captação de investidores para viabilizar obras de infra-estrutura e serviços. Terra esclareceu que o trabalho não abrangerá arenas, cujas obras e adaptações necessárias para seguir exigências da competição ficarão sob responsabilidade dos clubes.

A entidade contratou as consultorias PricewaterhouseCoopers, Macrologística e Deloitte para assessoria e levantamento de informações. Nesta quinta-feira, alguns integrantes aproveitaram para conhecer pontos da Capital. A próxima visita, já para coleta de dados, deverá ser no final de outubro. Diversas viagens serão necessárias para concluir o relatório. Até 12 de dezembro, a equipe da ABDIB apresentará um pré-documento ao Comitê Executivo Nacional sobre as candidatas. O resultado final, com perfil de cada cidade, será finalizado e entregue ao organismo e para a Fifa até 15 de fevereiro. Terra adiantou que nenhum local saberá o conteúdo dos demais.

A visita da comissão teve dois atos. Pela manhã, o grupo se reuniu, a portas fechadas, com representantes da prefeitura e governo estadual na prefeitura. O evento contou com desfile de requisitos a serem mapeados e descrição de modelo de trabalho e colaboração local. Ao meio-dia, a governadora Yeda Crusius serviu um churrasco à comissão, no Galpão Crioulo do Palácio Piratini, com salão lotado. Yeda assinou o projeto de lei, a ser enviado à Assembléia Legislativa, que transfere área do Humaitá para a instalação do complexo da arena do Grêmio, que incluirá hotéis e shopping center. A construtora OAS será responsável pelo projeto. O governo pediu tramitação de urgência no PL.

O contrato entre a construtora e o tricolor deve chegar nos próximos dias ao Conselho Deliberativo do clube. Como contrapartida, a construtora cumprirá exigência de instalar escola técnica no bairro e outros equipamentos de educação na cidade, ainda a ser definidos.

A governadora Yeda Crusius voltou a destacar que há grande mobilização para assegurar os jogos no Estado e citou que o equilíbrio financeiro do caixa estadual e da prefeitura de Porto Alegre deve ajudar nas obras. O secretário do Planejamento Municipal, Ricardo Gothe, informou que a cidade se comprometeu a criar um escritório especial para cuidar das ações para o Mundial.

Jornal do Comércio, 17/10/2008



Categorias:Uncategorized

Tags:, , , ,

%d blogueiros gostam disto: