O mundo inteiro elogia o Museu Iberê Camargo

 

A primeira parada de Daniel Libeskind, 62 anos, palestrante de ontem do Fronteiras do Pensamento Copesul Braskem, e Nina Lewis Libeskind em Porto Alegre, pela manhã, ocorreu na Fundação Iberê Camargo de Álvaro Siza.

Depois de um rápido passeio de van pelo Centro, para observar a arquitetura eclética e as nuanças do processo de verticalização da cidade, o casal chegou ao prédio da Zona Sul que confere à Capital uma referência internacional em arquitetura.

– É fantástico. Talvez seja o melhor de Siza – disse o autor do projeto que substituirá as Torres Gêmeas.

O museu causou um impacto visível no seu semblante e no de Nina – que trabalha com o marido no escritório de Nova York, a ponto de ele acrescentar que a escala da obra deve ser avaliada pela sua qualidade: “é pequena, mas vale toda uma cidade”. Admitiu que o projeto da Fundação remete ao do Guggenheim Museum, de Nova York, “mas tem nova qualidade de espaço, é uma nova experiência”.

ZH



Categorias:Prédios

Tags:, , , , ,

5 respostas

  1. esse museu é show de bola
    adoreiiiiiiiii

    Curtir

  2. Obaaaa! Será que vamos ter uma nova sessão no Porto Imagem com fotos de dia e à noite do Museu?? =D

    Curtir

  3. Obaaa! Será que vamos ter uma nova sessão no Porto Imagem com fotos de dia e à noite do Museu?? =D

    Curtir

  4. Ele é iluminado, mas não muito. Porém eles andam fazendo testes com projeções de “cinema” no prédio, e o efeito é ESPETACULAR.
    Espero que seja utilizada mesmo essa iluminação feérica.

    Curtir

  5. Só uma pergunta: Nunca passo por esse museu de noite… ele é bem iluminado??? Ou é como outros prédios da cidade que só podem ser visto de dia (vide a catedral metropolitana)

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: