Smic inicia pesquisa para implantação de um pólo de confecções em Porto Alegre

O setor de Economia Solidária da Secretaria da Produção Indústria e Comércio (Smic) visitou na manhã de hoje, 5, uma das 59 empresas que fazem parte da pesquisa para avaliar as condições do mercado de confecções. O objetivo é coletar informações para elaboração do plano de ação que visa a instalação de um pólo de confecções em Porto Alegre. O projeto Porto Alegre Por um Fio faz parte do Cresce Porto Alegre, um dos programas do modelo de gestão da prefeitura. A pesquisa será feita com o objetivo de identificar os principais produtos comercializados, o público alvo e classe social atingidos, a forma com que o produto chega ao consumidor, se há terceirização do processo produtivo, as dificuldades de gestão, planejamento, modelagem, acabamento, fechamento, maquinário adequado, qualificação dos profissionais de costura, da equipe de vendas e outros. Segundo o proprietário da Anthologia, Anwar Haad, o projeto do pólo de confecções vai revitalizar e fortificar a região, centralizando o serviço. “Também vai puxar a mão de obra”, alerta o dono da primeira empresa visitada, localizada no 4° Distrito. Para o secretário da Smic, Léo Antônio Bulling, o projeto Porto Alegre por Um Fio “vai criar um pólo de confecções e moda no 4º Distrito, que transformará a Avenida Presidente Roosevelt na Avenida da Moda (atacado e varejo).

Um dos objetivos da ação é formar profissionais para toda a cadeia de confecções de roupas e tecnologia de moda”, esclarece. Com a medida, a prefeitura em parceria com Senai e Fiergs, estará colocando centenas de trabalhadores no mercado de trabalho. O projeto será desenvolvido em parceria com a Fiergs, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Rio Grande do Sul (Senai-RS), o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado do Rio Grande do Sul (Sivergs), em conjunto com as secretarias municipais do Planejamento, Cooredenação Política e Governança Local e Captare. A ampliação da Escola de Confecção e Moda do Senai
faz parte do projeto. O local da nova sede, na Rua Dr. João Inácio, 247, Bairro Navegantes, já foi desocupado pelo Circo Gira Sol. Hoje, a Escola de Confecção e Moda do Senai funciona em duas sedes, no centro da cidade e no Bairro Menino Deus. A idéia é unir as duas sedes, melhorar a infra-estrutura física e o parque de máquinas, que será compartilhado entre empresas do mesmo ramo.

www.felipevieira.com.br



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , ,

%d blogueiros gostam disto: