A saga da destruição

Continuam a ser destruídas, sistemática, implacável e desoladoradamente, as paradas de ônibus em toda a Capital. Os anúncios iluminados foram depredados na maioria dos pontos, uma tristeza. Ou apenas retirados para uma nova rodada de anunciantes? Destruição? Mas como, se o gaúcho e o porto-alegrense são diferenciados do resto do Brasil? Temos mais isso, mais aquilo e alto nível político. Bah!

Fernando Albrecht



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

3 respostas

  1. Em meados de 2008, eu já estava percebendo isso, tanto que tirei uma foto de uma dessas paradas e a enviei para a EPTC, questionando o porquê da retirada dos anúncios luminosos.
    No início, eu achava que era vandalismo, porque até se via restos de lâmpadas fluorescentes nos equipamentos. Mas depois de um tempo, constatei que aos poucos as propagandas estavam sendo retiradas.
    Achei, também, que pudesse ser um término de contrato entre a empresa de publicidade e a EPTC, que motivasse essa medida. Mas até agora não obtive uma resposta concreta.

    Curtir

  2. As paradas de ônibus estão um lixo. Não entendo por que retiraram os anúncios luminosos. Além de iluminarem as paradas à noite, ofereciam uma parede como proteção às intempéries. Agora, com a retirada dos anúncios, as paradas ficaram tortas, feias, desconfortáveis e abandonadas. Isso quando não passam de uma lâmina de zinco sobre um poste de metal. Será que teremos que esperar pela Copa de 2014 para termos paradas de ônibus decentes?

    Curtir

  3. Acho que faz parte da cultura portoalegrense não ligar para o visual da cidade.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: