Câmara aprova projetos do Inter e Grêmio

 

PT não quer prédios altos e propôs emenda para diminuição de altura, que deverá ser rejeitada

 

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou, na tarde desta segunda-feira, o projeto do novo Beira-Rio, Gigante para Sempre. Nove das 12 emenadas propostas foram aprovadas.

Entre os pontos de consenso estão a obrigação de acesso público à região da orla onde hoje está o Parque Gigante, que não se construa residências na região, que a altura máxima dos prédios seja de 42 metros, e que as famílias que moram próximas sejam reassentadas em outras áreas pela prefeitura.

Pouco antes das 17h30min, foi aprovado um dos itens do pacote, permitindo a construção de prédios residenciais na área do Estádio dos Eucaliptos. A propriedade será vendida pelo clube para angariar recursos para a remodelação do Beira-Rio. O limite de altura da região foi aumentado de 18 metros para 33 metros.

 

Por 24 votos favoráveis a 9 (com uma abstenção), a Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou na noite desta segunda-feira o projeto da Arena do Grêmio, que será construída no bairro Humaitá, zona norte da Capital. Segue em discussão uma emenda da bancada do PT que reduz de 72 para 52 metros a altura máxima dos prédios. No entanto, com a rejeição do substitutivo, a tendência é que esta não seja aprovada.

Assim que o presidente da Casa, vereador Sebastião Melo (PMDB), anunciou a aprovação do projeto, houve comemoração nas galerias do plenário.

No final da tarde, a Câmara já havia aprovado o projeto do novo Beira-Rio, Gigante para Sempre. Nove das 12 emendas propostas foram aprovadas. Entre os pontos de consenso estão a obrigação de acesso público à região da orla onde hoje está o Parque Gigante, que não se construa residências na região, que a altura máxima dos prédios seja de 42 metros, e que as famílias que moram próximas sejam reassentadas em outras áreas pela prefeitura.

Porto Alegre é uma das candidatas a sede da Copa do Mundo de 2014. O prazo para que os clubes apresentem os projetos de construção ou reforma dos estádios para a FIFA se encerra no dia 15 de janeiro. Em março, deve sair o anúncio das 12 cidades escolhidas.

 

Zero Hora

 

__________________________________________

 

Câmara se rende ao lobby do futebol e aprova tudo

Antes mesmo das 19h, a Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou o projeto que engloba drásticas intervenções imobiliárias na orla do Lago Guaíba, o que inclui a remodelação do estádio do Internacional.aprovados a toque de caixa, na undécima hora do ano, sem discussão nenhuma com a sociedade, sequer audiências públicas, em flagrante contradição com posição que os vereadores tomaram a menos de um mês no caso do projeto Pontal do Estaleiro. A votação desta terça-feira demonstrou que em Porto Alegre alguns entes são mais iguais do que os iguais, sobretudo quando se trata de entidades como clubes do tipo Grêmio e Internacional

 

 

.– O editor desta página é favorável aos projetos, mas se opôs ao tratamento diferenciado para empreendedores privados, apenas porque o lobby de Inter e Grêmio é infinitamente mais poderoso. As mesmas entidades ambientalistas, Partidos (PT e PSOL) e líderes locais que se opuseram ao Pontal do Estaleiro, foram incapazes de esboçar a menor reação diante das drásticas intervenções urbanísticas propostas e aprovadas sem pestanejar pela Câmara de Porto Alegre.

. O projeto que prevê mudanças urbanas também para o Grêmio, seria votado e aprovado em seguida.

. A proposta do Internacional recebeu nove emendas, entre as quais se inclui:

– O público terá acesso franco à região onde se encontra atualmente o Parque Gigante, que não é franqueado aos cidadãos de Porto Alegre.

– Na orla mais próxima do Guaíba não serão permitidas residências.

– A altura máxima dos dois lados da área não poderá exceder 42 metros.

. Em compensação, o antigo Estádio dos Eucaliptos poderá ser vendido e o dinheiro irá para o Internacional. No local serão construídos edifícios residenciais. Os vereadores concordaram em elevar de 18 para 33 metros a altura dos novos prédios.

. Não se esperava outra posição da Câmara, que assim conclui os trabalhos da atual legislatura. Os projetos de Grêmio e Inter foram

 

 

Polibio Braga

 

___________________________________________________

 

Espero que os partidos que tenham objeções respeitem a soberania do parlamento e não tentem anular a votação.

 

Ricardo Haberland

 



Categorias:COPA 2014, Grêmio e Inter

7 respostas

  1. Realmente é um ABSURDO prédios de72 metros.

    Tinha que ser logo uns 120!

    Curtir

  2. Espero que quando a ARENA estiver pronta, os que votaram contra e o seus seguidores fanáticos (petista é td fanático e chato pra caramba) não pisem no estádio.

    Curtir

  3. O PT de novo tentando mediocrisar a cidade.
    Querem ousadia ? Então saiam de Porto Alegre.

    Curtir

  4. Porque o PT quer que baixem a altura dos predios do complexo do Inter para 42m se o limite é miseros 52m? O Inter nao foi ousado que chega, deveria ter metido predios com 70m como o do Gremio. O PT que se exploda, a cidade tem tudo a ganhar com esse visual renovado de toda essa área. Só lamento o Pontal injustamente ter ficado de fora…

    Curtir

  5. E proximo aos “arranha-céus” teremos a nova ponte do Guaiba.
    Espero que a turma do contra deixem essas obras acontecer.

    Curtir

  6. Vamos ter espigões na entrada da cidade. Ótima notícia!!!! Tava com medo que conseguissem reduzir as alturas.

    Curtir

  7. Finalmente Poa terá prédios residenciais de porte, 25 andares não é muito mas já é alguma coisa pra uma cidade de contruções nanicas como a nossa.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: