O que cobrar do prefeito

 

Estas são as promessas do prefeito José Fogaça reafirmadas na véspera da posse para o segundo mandato :

1) Ampliação das equipes do Programa Saúde da Família (de 96 para 200 em quatro anos)

 2) Construção do Hospital da Restinga (parceria com o Hospital Moinhos de Vento) 

3) Implantação das Centrais de Especialidades Médicas em cada um dos nove distritos sanitários)

 4) Construção de nove escolas para Educação Infantil (com criação de 3 mil novas vagas), cinco novas escolas de Ensino Fundamental (6 mil novas vagas) e uma escola especial para deficientes auditivos

 5) Ampliação do tempo integral (Cidade-Escola) para as 52 escolas municipais – hoje existem em 17

 6) Duplicação das avenidas Vicente Monteggia e Beira-Rio, recuperação do Viaduto da Conceição e construção de passagem de nível junto ao Viaduto Leonel Brizola

 7) Terceira Perimetral (construção do viaduto sobre a Avenida Bento Gonçalves e passagem de nível na confluência com a Avenida Plínio Brasil Milano)

 8) Portais da Cidade

 9) Substituição de 85 mil pontos de iluminação pública

 10) Reforma e modernização do Araújo Vianna, com previsão de término em 2009

 11) Execução completa do Programa Integrado Socioambiental

 12) Implantação do novo sistema de coleta seletiva, já licitado, abrangendo todos os bairros, duas vezes por semana

 13) Ampliação do Distrito Industrial da Restinga, com oferta de 67 novos lotes, e melhorias de infraestrutura do Porto Seco

 14) Implantação da Agência Municipal de Inovação e Desenvolvimento Científico e Tecnológico, com o objetivo de transformar a Capital num polo de inovação e desenvolvimento e de atração de investimentos

 15) Reassentamento de 1.680 famílias na área de abrangência do socioambiental, entrega de mais 2 mil habitações na área do Programa Integrado Entrada da Cidade e remoção das vila Dique, Nazaré e Chocolatão.

Blog Rosane Oliveira

__________________________________

Todos nós também temos nossa lista particular de coisas que gostariamos de ver resolvidas no mandato que se inicia.

Além de tudo o que Fogaça prometeu, eu acrescentaria:

– dar um FIM ao abandono e á privatização da orla, acabando com essa orla pior que a de um Haiti em guerra, dando um tratamento adequado às características de cada trecho dela, devolvendo ao cidadão uma orla a altura de uma metrópole que Porto Alegre diz que é

– deixar quem quer investir na cidade poder investir, sem afugentar esse capital como se fosse um pecado, um crime, uma heresia, algo que vai destruir a cidade

– melhorar lugares bacanas que já temos prontos, como a praia de Ipanema, o belvedere  “faixa de gaza”  do morro Santa Tereza…

– incentivar os empresários a terem ações dignas de uma metrópole, como abrir à visitação suas torres de telefonia, abrir ao público as marinas que privatizam a orla; e até mesmo oferecer mais ônibus no domingo

– acabar com o título de corredores de ônibus mais feios do Brasil, com seus abrigos mais depredados do país, que enfeiam nossas principais avenidas

– ser mais ousado no plano diretor, permitindo tratamentos diferenciados e especiais a alguns pontos da cidade, como uso da orla, altura de predios; ser mais ousado também no plano viário da cidade

– não ser negligente com situações como a devastação do Morro do Osso

– aproveitar a  chance  do século  de Porto Alegre melhorar: a Copa do Mundo

Tudo o que sugeri aqui não isenta o prefeito de cumprir suas promessas originais, e não são idéias  “elitistas”  como as pessoas contra-tudo gostam de dizer: tudo isso ajuda a cidade a gerar emprego e renda, o que reduz a desigualdade social, melhora os índices sociais, e torna a cidade mais bonita e agradável para todos.

Ricardo Haberland



Categorias:COPA 2014, Outros assuntos

Tags:, ,

1 resposta

  1. Perfeito o comentário Ricardo. Não tenho nada a acrescentar !

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: