Fogaça sanciona projetos de Grêmio e Inter !

O prefeito José Fogaça sancionou ontem, 13, os projetos de lei que viabilizam os empreendimentos projetados por Grêmio e Inter para se credenciaram a participar da Copa do Mundo de 2014. Os projetos dos clubes foram aprovados pela Câmara Municipal no dia 29 de dezembro de 2008.

De modo diferente do que ocorre na maior parte das 18 cidades candidatas a Copa, em Porto Alegre os estádios serão construídos ou reformados com recursos oriundos exclusivamente da iniciativa privada. Os projetos sancionados pelo prefeito alteram regimes urbanísticos de áreas relacionadas aos clubes, permitindo que os projetos da dupla Gre-Nal, de construção do novo estádio pelo Grêmio e de modernização do Beira-Rio pelo Inter, sejam concretizados.

A confirmação dos projetos é mais uma etapa importante na preparação da cidade para receber a Copa do Mundo. Na tarde de ontem, 12, o prefeito assinou termo que apresenta as garantias complementares, que isentam de impostos municipais a Fifa e suas entidades vinculadas. O mesmo foi feito pelos governos estadual e federal.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:COPA 2014, Grêmio e Inter

Tags:

3 respostas

  1. “De modo diferente do que ocorre na maior parte das 18 cidades candidatas a Copa, em Porto Alegre os estádios serão construídos ou reformados com recursos oriundos exclusivamente da iniciativa privada )”

    Espero que graças a isso o governo federal libere o dinheiro para a linha 2.

    Curtir

  2. Ótima notícia !

    Tenho a esperança de o bom senso consiga devolver o desenvolvimento que Porto Alegre merece.

    Curtir

  3. Grupos Contra-Tudo e políticos: lembrem que o projeto do Pontal também não usará dinheiro público, e sim de alguém querendo investir em nossa cidade. Portanto são bobagem e calúnia vossos dircursos de “As verbas devem ser usadas para a população mais carente, e não para obra-pra-burguês”.
    ( De modo diferente do que ocorre na maior parte das 18 cidades candidatas a Copa, em Porto Alegre os estádios serão construídos ou reformados com recursos oriundos exclusivamente da iniciativa privada )

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: