Mais sinaleiras sonoras na capital

Já está em operação a 13ª sinaleira sonora da cidade. O equipamento, instalado na esquina da Avenida Júlio de Castilhos com a Rua Doutor Flores, garante maior autonomia e segurança à travessia de pessoas com deficiência visual (veja abaixo os outros locais de funcionamento). Os outros 12 equipamentos estão localizados no Centro e na Zona Sul da Capital.

A iniciativa da prefeitura é uma parceria da Secretaria Especial de Acessibilidade e Inclusão Social (Seacis) com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). O titular da Seacis, Tarcízio Cardoso, resume a importância do projeto: “Quando se fala em cidadania, devemos lembrar de todos. Se é para todos, inclui os cegos também. Por isso a importância de atitudes como essa. Nossa parceria com a EPTC é prioridade, pois os deficientes visuais são mais de 7% da população da Capital”.

 

Boa notícia. Mesmo assim a cidade está atrasada em engenharia de tráfego em relação a outras cidades brasileiras que, falando apenas do assunto sinaleiras, inúmeras já usam há tempo a sinaleira com contagem de tempo. Ela auxilia MUITO o pedestre que está atravessando uma avenida, podendo ele até mesmo julgar que possa ser melhor não atravessar naquele momento.

 

Ricardo



Categorias:Uncategorized

Tags:, , , ,

%d blogueiros gostam disto: