Novo comentário sobre os shoppings ! por Paola

Eu leio o Blog do Polibio Braga diariamente, porém, esse comentário dele foi muito infeliz… Alias, os comentários dele contra o Carrefour e o BarraShopping são no mínimo estranhos e eu discordo completamente…

Não acho que proibir shoppings seja positivo, se alguém quer aplicar dinheiro na cidade, que aplique… Se tem mercado ou não, é problema do investidor… Nao muda em nada para a população caso a Multiplan ou qualquer outra empresa que tenha construído um shopping em Porto Alegre se de mal… Não é dinheiro público que está envolvido…

Além do mais, um shopping gera emprego e renda para a cidade, sem falar que revitaliza áreas esquecidas pelo estado, como é o caso do BarraShopping…

Sem dúvida o bairro e a cidade ganharam muito com o shopping, mesmo que ele não esteja agradando a muitos…

Paola, Porto Alegre



Categorias:Opinião, Shopping Centers

Tags:

3 respostas

  1. Como eu queria que ainda existissem cinemas de bairro em Porto Alegre.

    Shoppings podem trazer benefícios, mas em excesso eles são mais prejudiciais. E provavalmente esse é o caso de Porto Alegre, com tantos novos shoppings.

    Curtir

  2. Chácara das pedras se valorizou não pelo shopping em si, mas pelo seu potencial, sua localização. Caso não se valorizasse, outra área de POA (Menino Deus?) receberia estes investimentos. Não é o shopping que traz riqueza, desenvolvimento. Ele apenas pode guiar. O Cristal ainda não melhorou. Pouco mudou no bairro, além da auto-estima. Mas muito vai mudar. Não por causa do shopping, mas sim porque Porto Alegre tem potencial, sobretudo aquela região.

    Há outras formas de se qualificar um espaço urbano e shoppings nunca foram, talvez nunca serão, a melhor destas formas. É uma alternativa para ‘se tapar o sol com a peneira’. O povo, carente de cultura, principalmente as novas gerações, vê nestas construções não uma alternativa de comércio, mas sim um meio de vida, um espaço para lazer, diversão, alimentação, compras. Shoppings foram criados para um fim e em POA tomaram rumos diferentes.

    Para tanto, adoramos citar cidades desenvolvidas, né? Me digam, como está o comércio de rua das cidades europeias. Sabe-se lá que shoppings são quase que raridade, e o comércio de rua, charmoso, atraente, ORIGINAL, sempre será o mais forte. Ok, nossa cultura atual é mais baseada na norte-americana do que na europeia. Mas como é o comércio de rua em cidades norte-americanas? Rico, vivo, pujante, o PRINCIPAL.

    Shoppings, como equipamentos urbanos, são alternativas, um meio de se fazer compras em menos tempo. Coerente com a vida contemporânea. Mas não deixam de ser ALTERNATIVAS. Não a principal opção.

    Em Porto Alegre, cuja cultura contemporânea é vaga, os shoppings são comércio para ricos, enquanto o comércio de rua, salvo algumas exceções como Padre Chagas, significa comércio popular.

    Curtir

  3. A Chacara das pedras era uma floresta. A diário de Noticias era um lugar abandonado e assustador.
    A Chácara e o Cristal melhoraram MUITO com os shoppings. Que são feitos com dinheiro PRIVADO, de quem QUER INVESTIR em Porto Alegre.
    E os arredores desses bairros citados viram seu “comércio de RUA” crescer astronomicamente!

    Todos os pequenos empresários agradecem ao Iguatemi e ao Barra Shopping.

    E as pessoas tambem agradecem por poder escolher o que fazer na metrópole.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: