CARREFOUR: Hipermercado e prefeitura se reúnem hoje

Fechado desde domingo, depois de ser notificado pela prefeitura, o novo hipermercado do grupo Carrefour na zona norte de Porto Alegre, inaugurado na última quinta-feira, pode reabrir as portas ainda hoje.

O retorno às atividades depende da assinatura de um termo de ajuste da empresa com a prefeitura, o que deve ocorrer em uma reunião prevista para a manhã desta terça-feira entre representantes da companhia e da administração municipal, segundo o secretário substituto da Gestão e Acompanhamento Estratégico, Virgilio Costa.

O documento deve determinar um prazo para que a empresa execute obras de adequação viária e ambiental do empreendimento e é imprescindível para que a empresa receba o Habite-se, da Secretaria de Obras e Viação, e a licença de operação, da Secretaria do Meio Ambiente, diz Costa. Se o acerto for firmado ainda no encontro, o hipermercado pode ser reaberto logo em seguida.

A discussão em torno da assinatura do acordo, no entanto, somente ocorrerá se o prédio receber o aval do Corpo de Bombeiros, que deve entregar nesta manhã um laudo da vistoria de segurança realizada ontem. A ação teve objetivo de verificar o ajuste de 15 itens de segurança apontados como inadequados em fiscalização feita pelo órgão na sexta-feira.

Em nota divulgada ontem, o Carrefour informa que as adequações solicitadas seriam concluídas até hoje, “quando deverão receber dos órgãos competentes a validação das mesmas”.

Zero Hora, 10/02/2009



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

4 respostas

  1. Eu acho um absurdo a prefeitura transferir para os empresários a ampliação de ruas e avenidas da capital, além de exigir outras coisas. Isto é obrigação do setor público. Cada empresa que vem para cá gera emprego. Só em um estado atrasado como o RS é que podemos ver coisas como estas.
    Se uma capital quer crescer, o governo deve trabalhar para isto investindo em infra-estrutura para atrair novos investimentos e não o contrário.
    Não tem nada haver com partido, tem haver com realidade. A população aumenta a cada dia, e a cada dia novas pessoas procuram emprego… pelo amor de Deus, o governo tem mais é que implementar planos para expansão da cidade para atrair grandes empresas. Não estamos falando de cidades do interior, estamos falando de uma capital, que deveria ter como meta ser a melhor da região sul!!!

    Curtir

  2. Ta certa a prefeitura, em 2000 a prefeitura autorizou a Goldsztein a construir 4 prédios de 16 andares no Cristal em contrapartida a empresa bancaria a duplicação da Wenceslau Escobar entre a Diário de Notícias e a Castro de Menezes. A prefeitura na época nao cobrou a obra e até hj a Wenceslau tem pista simples. Tem que exigir as obras e se não executarem interditar o hipermercado.

    Curtir

  3. Eu acho que se o camelódromo não pôde inaugurar por falta do HAbite-se, o Carrefour tb não deveria.

    Curtir

  4. Tô na área e sou a favor do Portal, e já postei um artigo a respeito com algumas fotos de vocês.
    Caso não queira eu retiro do ar.
    Grande Abraço.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: