Nem tudo é crise

Câmbio na taça

Foi com números encorpados para tempos de crise que as vinícolas gaúchas abriram o ano.

Responsável por 90% do vinho produzido no Brasil, o Rio Grande do Sul registrou aumento de 3,28% na venda da bebida em janeiro.

Segundo levantamento do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), foram esparramados no mercado 14,19 milhões de litros de vinhos finos e de mesa no primeiro mês do ano, ante 13,74 milhões de litros de janeiro do ano passado.

O desempenho é diretamente atribuído à alta do dólar, que reduziu o paladar por vinhos importados – que nos últimos anos vinham tragando mercado dos produtos nacionais.

Prova é que as importações de vinho em janeiro caíram 2,5% , para 3,47 milhões de litros.

A virada do câmbio interrompeu a escalada da compra de bebidas com sotaque, que se mantinha firme desde 2003.

Zero Hora, 18/03/2009



Categorias:Economia Estadual

Tags:

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: