Nem crise impede investimento de US$ 1 bi da GM no RS

Há mais de um mês a governadora Yeda Crusius vem guardando o maior segredo sobre investimentos novos que estão desembarcando no RS, mas neste domingo o jornal Zero Hora deu o “furo” e revelou que o segredo tão bem guardado é do projeto de US$ 1 bilhão previsto pela GM para Gravataí.

O complexo automotivo da empresa aumentará a produção em 50%. Com isto, a produção para 250 mil automóveis por ano, segundo apurou a repórter Marta Szefredo, de ZH. Yeda deu o sinal verde em dezembro. O editor foi atrás de confirmações, mas ninguém da GM e dos governos federal e estadual quiseram falar alguma coisa além de abobrinhas.

A mídia brasileira e internacional deram pouca importância à notícia, embora este seja o primeiro anúncio de pesado investimento na indústria automobilística de qualquer parte do globo.

Apesar da crise mundial, a GM decidiu que fará seu novo carro no Rio Grande do Sul.

O surpreendente investimento previsto pela GM no RS veio em boa hora, porque o Estado não pode contar com tres enormes empreendimentos na área florestal – Aracruz, VCP e StoraEnso – adiados em função da crise mundial. Os tres investimentos, gigantescos, são tres vezes maiores do que aquele previsto agora pela GM, mas o poder multiplicador, exponencial e dinâmico sobre o conjunto da atividade industrial do Estado é infinitamente maior.

O acordo com o governo estadual dependerá da aprovação da Assembléia Legislativa (incentivos fiscais) e de negociações que estão sendo ultimadas com o BNDES (R$ 500 milhões) e Banrisul (R$ 150 milhões). O Banrisul já avisou que dará o empréstimo.



Categorias:Economia Estadual

Tags:

%d blogueiros gostam disto: