A dona do Camelódromo é “Empresa do Bem”, segundo IstoÉ

Políbio Braga já disponibilizou várias notas sobre o modo inteligente e moderno com que o grupo Verdi, de Erexim, administra o Camelódromo de Porto Alegre.

A constatação dele acaba de ser chancelada pela revista IstoÉ Dinheiro, que foi premiada pela segunda vez com o anúncio de que a empresa integra a lista das “50 Melhores de Empresas do Bem” do Brasil.

O Centro Popular de Compras de Porto Alegre tem 20 mil metros quadrados, 800 lojas e 16 outros pontos. A zona central de Porto Alegre foi desocupada em menos de 24 horas, depois de um tormento que durou 250 anos. O modelo do Camelódromo é de concessão. Todo o processo foi conduzido pelo prefeito José Fogaça. 

Políbio, 13/04/2009



Categorias:Revitalização do centro

Tags:

%d blogueiros gostam disto: