Blog Porto Imagem apoia Gilberto Thums

thums_zh_120420091

13042009_coluna_do_leitor_zh



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

1 resposta

  1. Caro Dr. Gilberto Thums,

    Lembro-me do tempo em que cidadão de brio honrava a lei e fiava o pêlo do bigode em compromisso apalavrado. Faz-me espécie, hoje, a sem-cerimônia com que certos grupos descumprem a lei, invadem terra alheia, danificando propriedades, culturas e criações, e empunhando lábaro de variadas nuanças do vermelho, invocam a tutela judicial. No embalo de discursos progressistas, bandos malfazejos – lobos em pele de cordeiro – assomam-se do nada, pretextando movimentos sociais, apenas para legitimar todo tipo de selvageria, em especial a ocupação e a depredação de prédios do governo. Sem-teto, sem-trabalho, sem-terra, sem-terra-indígena-demarcada e demais espécimes sem-par do gênero sem-vergonha, arvoram-se na prerrogativa de exigir o cumprimento da lei, sem que eles próprios precisem a ela se submeter. Trilhando via de mão única e empalmando anelo político puro, logram mal ocultar a ambição de perpetrar toda a sorte de vandalismos, sob o patrocínio de princípios constitucionais que, com efeito, bem servem para amordaçar a voz do poder político e atar a mão da força pública. Despegados do hábito de respeitar a coisa privada, pouco caso fazem da coisa pública. Tais grupos, na toada das decaídas ladainhas de esquerda, não hesitam em assentar praça em terras alheias, pilhar-lhes a riqueza, à guisa de conferir “efetividade” às “conquistas sociais”. E, caso não sejam sofreados à mão-tenente do Judiciário, jamais darão baixa nesse viver conveniente, em que, da lei, só lhes avém o que convém. Urge restabelecer a ordem, fazer cartilha aos inobedientes da lei, para que saibam que os meios não justificam os fins. Dê-se-lhes o que demandam: o guante do Estado de Direito!

    Receba as minhas mais sinceras homenagens pela coragem e pela lucidez.

    Márcio Luís Chila Freyesleben
    Procurador de Justiça
    Ministério Público
    Minas Gerais

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: