Comentários sobre o Pontal

EU VOTO A FAVOR!
Os prédios são baixos (apenas 12 andares);
o arquiteto é sério e bom;
o dinheiro é da iniciativa privada e o melhor:
devolve a orla (que hoje é uma área privada) ao domínio público.

Fernando Diprimio


Fernando Diprimio escreve que votará a favor do projeto para o Pontal do Estaleiro. Sua justificativa é tola: “os prédios são baixos (apenas 12 andares)”. Apenas? Que peito! Acrescenta que o arquiteto é “sério  e bom”. Pode ser, mas seus edifícios não devolverão a orla do Guaíba ao domínio público. Bah, bota ilusão nisso.
Ela será conspurcada por edifícios de 12 andares, isto sim, pois vai esconder o Guaíba dos nossos olhos. Não bastasse isso, o projeto ainda provocará danos incalculáveis ao meio ambiente.
  

Milton Ferretti Jung

 

Mais um do Fernando di Primio:  Preliminarmente, cometestes um erro crasso no jornalismo ao colocar uma posição como sendo minha sem checar a fonte… Na realidade apenas repassei a alguns amigos, um e-mail onde meu irmão Eduardo defendia o projeto… Mas vá lá…
Depois, continuo acreditando que divergência de opiniões não é motivo para adjetivações e rótulos do tipo que recebi…tolo, iludido, “que peito!” etc…Só não fiquei brabo porque era tu e o teu estilo…
Mas se queres saber, sou a favor sim de qualquer projeto que signifique a modernização da cidade e principalmente o embelezamento de nossa orla…Há anos venho defendendo a sumária derrubada do muro da Mauá, como forma de não sonegar a gerações inteiras o contato com o rio…Penso que nos dias de hoje, com toda a tecnologia que amealhamos, poderíamos encontrar formas eficazes e alternativas para substituição do muro, como um muro retrátil, por exemplo. 
Quanto ao estaleiro – área privada diga-se de passagem – acredito que prédios comerciais, piers, restaurantes e marina, sem falar em passeios e ciclovias sejam infinitamente melhores para a cidade do que o mato que lá está…desde que, é óbvio, respeitados os cuidados que hoje são exigidos em projetos dessa ordem… Vamos deixar de ver fantasmas em tudo! Chega de mediocridade, chega de falta de ousadia… Chega de achar que nunca nada vai dar certo…
Finalmente gostaria de saber de onde tens a informação (até para que eu possa rever meus conceitos) de que um projeto naquela (pequena) área possa gerar “danos incalculáveis ao meio-ambiente”. Será que existe por ali alguma centopéia em extinção que eu não conheça e que vá ser irremediável e literalmente varrida?
Abraço!
Fernando

Retirado do site do José Luiz Prévidi



Categorias:Opinião

Tags:

%d blogueiros gostam disto: