A discussão inútil sobre o Pontal do Estaleiro

A BM Par, dona da área do antigo Estaleiro Só, ainda acha que o prefeito José Fogaça vetará o projeto que manda fazer um referendo e “desapropria” faixas nas terras onde sairá o Pontal do Estaleiro.

Há divisão dentro do governo municipal sobre o assunto.

O sentimento dominante na municipalidade é de que a renúncia do empreendedor à atividade residencial no local, restabelece o império da lei anterior que permite a construção de edificações para uso comercial. A disputa é irracional e inútil, porque comercial ou mista (com residência), os edifícios sairão do mesmo modo. O uso misto apenas vivificaria a área, tornando-a mais urbana e segura.

Políbio Braga, 17/04/2009



Categorias:Pontal do Estaleiro

Tags:, , ,

2 respostas

  1. Mas QUANDO será que vai acontecer alguma coisa lá?
    Quando será que vão remover aquela vergonha portoalegrense que são aqueles escombros, escandalosamente à mostra de todos?

    Porque com ceteza virão outras ações na justiça das pessoas contra, ou até novas novelas na Câmara, e ações na justiça novamente.

    Espero ainda estar vivo para ver nossa orla decente e, se possivel, o Pontal.

    Curtir

  2. Antes eu estava convicto que o projeto sairia do papel. Só havia dúvida se seria misto ou comercial. Agora estou em dúvida se saira o Pontal ou continuaremos com aquelas ruinas na orla.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: