Uruguaiana vai perder a megausina a gás da AES

Depois de quatro horas de interminável espera para conversar com a ministra Dilma Roussef (o deputado teve que tolerar exposições intermináveis sobre o PAC, na Caixa Federal), o deputado Frederico Antunes, só conseguiu falar com ela na saidinha. Há vários meses o deputado do PP, ex-presidente da Assembléia, vem sendo empurrado de um lado para outro no caso da mega-usina a gás de Uruguaiana. Ela está fechada há quase um ano, porque os argentinos não fornecem o gás que a capacitaria a produzir 450 MW.

A Argentina está disposta a fornecer gás em troca de toda a energia produzida em Uruguaiana, mas tudo depende da concordância do governo Lula.

Na rápida conversa que teve com a ministra Dilma Roussef, o deputado Frederico Antunes saiu convencido de que o governo Lula não quer resolver o problema de Uruguaiana. Ficou claro que a opção de Dilma Roussef  é desmontar a usina e traze-la para Montenegro (Termosul), usando o gás regaseificado que virá por gasoduto de Tramandaí (AES- Petrobrás) ou Rio Grande (Gás Energy). 

Uruguaiana vai parar no dia 29

O prefeito e o deputado Frederico Antunes querem parar até a ponte internacional em Uruguaiana.

O ato foi marcado para o dia 29.

– Em Uruguaiana ninguém mais acredita que o governo Lula vá resolver o problema da megausina a gás da AES sem que o povo vá para o meio da rua. 

Políbio Braga, 25/04/2009



Categorias:Economia Estadual

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: