ZH – Pelas Ruas: mato invade calçada e pedestres são obrigados a andar pela Avenida Padre Cacique

“Risco de atropelamento é iminente”, relata advogado que trafega pela região

Quem circula a pé pela região corre risco ao caminhar sobre o asfalto. Foto: Ronaldo Bernardi

Quem circula a pé pela região corre risco ao caminhar sobre o asfalto. Foto: Ronaldo Bernardi

Quem circula a pé pela Avenida Padre Cacique, no trecho entre o monumento do Rotary Club e a quadra da Imperadores do Samba, é obrigado a pisar no asfalto porque partes da calçada estão tomadas pelo mato. Pela manhã, o trânsito de veículos é pesado no local, o que deixa os pedestres sob perigo de atropelamento. O eletrotécnico Claudio Martins, 53 anos, morador do bairro Cristal, frequentemente caminha pela região e sente na pele o problema.

— Tem que fazer uma poda de porte. A calçada tem que servir para o papel dela, de calçada. No mato tem um arbusto cheio de espinhos. Já me arranhei para desviar de um carro — conta.

O advogado Valmir Santos, 47, passa pela área somente de carro, mas vê a dificuldade dos transeuntes. Ele mora há mais de 20 anos na avenida e relata que as podas são feitas “de dois em dois anos”. Dois ou três meses depois, afirma, a vegetação já voltou a crescer, ressalta.

— O mato tomou conta. As pessoas são obrigadas a ir para a avenida. O risco de atropelamento é iminente.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) foi avisada do problema.

ZH, 12/05/2009

__________________________

Há anos que esta avenida se encontra assim. O descaso é total. Aquele mato é um absurdo. É urgente sua poda para que a segurança das pessoas que transitam por ali volte.



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: