Predinhos em vez de prédio de 100 metros ?

VAI SER ISSO ???

predinho

OU UMA TORRE COMO ESSA PRA EMBELEZAR A CIDADE, COMO NO PROJETO ORIGINAL ?

POR QUE A MUDANÇA ?

100m

FICA A PERGUNTA NO AR …



Categorias:Prédios, Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:

9 respostas

  1. Porto Alegre como sempre, regredindo! O mundo cresce, e a única coisa que cresce em Porto ALegre é a população! 😉
    (OBS: Moro em Porto Alegre, e sou um morador insatisfeito com a altura chula dos prédios daqui)

    Curtir

  2. ^^ ver o que dentro do rio??
    peixe morto? sucata velha? bosta?

    …..nao entendi!?!?!

    Curtir

  3. Tá, podem fazer os prédios altos, mas deixem a área do Gasômetro até a Igr. Nossa Srª das Dores ali bonitinhos, ok? i-i Já detonaram a área do Mercado Público (QUEM FOI O INFELIZ QUE TEVE A MALDITA IDEIA DE COLOCAR AQUELES COISAS DE CONCRETO FEIOS PACAS BEM NA FRENTE DA ENTRADA?), então não vai fazer a mínima diferença.

    Seria legal um museu gigante embaixo do Gasômetro, dando pra ver dentro do rio. @_@ *sonhando alto*

    Curtir

  4. Certamente edifícios mais baixos e mais largos vão tirar mais a visão do Guaíba.
    Mas porque argumentar? O bom senso passa longe dessas discussões.
    Para muita gente, quanto pior, melhor.
    Daqui a uns anos, quando a distância de Porto Alegre para outras capitais for medida em anos-luz, e todos se maravilharem pela beleza que outras cidades – como Vitória – alcançaram, vão se perguntar: e por que Porto Alegre, que teoricamente é mais rica, permanece tão atrás?
    O grande vilão é a falta de informação do cidadão comum de Porto Alegre. A maioria discute o Pontal pensando que é uma área pública que vai ser doada para investidores privados. Pensam que o que está em votação é construção ou não de prédios no local, e se for proibida a construção, o Pontal vai se transformar em uma grande área de lazer aberta para todos.
    Esses “detalhes” devem ser lembrados em todas as discussões sobre esses projetos: “espere aí, antes de começar, quero lembrar que…”.
    Os contra-tudo sabem como usar a falácia. Sabem que se a discussão for aberta, com argumentos fundamentados de ambos os lados, eles vão perder feio. É preciso bater na tecla de lembrar o óbvio, repetidas vezes. Óbvio para nós, mas não para a maioria da população, que é desinformada. Mostrar um render do projeto atual do Pontal e outro de como ficará com prédios apenas comerciais e sem a área pública e perguntar: qual prefere? A escolha da maioria, para mim, é óbvia.
    Os filhos das trevas são mais espertos que os filhos da luz…

    Curtir

  5. E também haverá protestos, dizendo que os 2 hotéis e os predios vão PRIVATIZAR a orla do porto, vão impedir o acesso ao povo.

    Curtir

  6. Não teham ilusões: há grandes chances de que nem os predinhos vão deixar construir.

    Vão dizer que o Centrovai ficar abafado por ficar escondido atrás dos espigões, além de que eles vão descaraterizar o Centro e a sua vista do Guaiba.

    Curtir

  7. Estava vendo agora as fotos de Vitória, ES.
    Me bateu uma tristeza, pensando no que Porto Alegre já poderia ter construído e não o fez, por conta dos contra tudo.
    Aposto que esses predinhos sequer passem nas votações da câmara por serem “muito altos”.

    Curtir

  8. Esse projeto contempla enterrarem o trensurb na Av. Mauá? Sem isso, ele seria incompleto. Podiam prever também docas urbanas (passageiros) na área – faria todo sentido, se considerarmos a proximidade da estação mercado e da rodoviária.

    Mas enfim, nem em sonho isso sai.

    Curtir

  9. Que eles não pensem que esquecemos dos prédios do primeiro projeto. Edifícios de 10 andares? pelo amor de deus. Edificíos menos largos e mais altos, sim!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: