CONSULTA DO PONTAL ENGANA POPULAÇÃO

Há uma incoerência no ar

Tanto a mídia como os “CONTRA-TUDO” estão divulgando que a consulta popular do Pontal do Estaleiro que acontecerá no dia 23 de agosto será para APROVAR ou DESAPROVAR  o PROJETO DO PONTAL PARA A ÁREA DO EX-ESTALEIRO SÓ.

Veja bem: a consulta que se fará terá por objetivo APROVAR a construção de prédios residenciais ou NÃO na área referida, e não aprovar o Projeto na sua totalidade.

Leitores, e habitantes de Porto Alegre: estão tentando lhe enganar !

O Projeto do Pontal do Estaleiro será construído, de uma maneira ou de outra, até porque a área em questão é privada e não está sob desapropriação e nem será desapropriada.

Será permitida a construção de edifícios residenciais ou não na área onde existia uma indústria de navios, de grande porte, e esta mesma área está abandonada há 21 anos …  isto que decidiremos ?

Pois decidindo este detalhe, não estaremos decidindo nada.

O Projeto Pontal do Estaleiro será construído com prédios comerciais, marina, restaurantes, hotel, bares, Museu do Estaleiro e ganharemos um lindo e seguro local para apreciarmos o Guaíba.

Quem disse que este empreendimento nos tirará o Pôr-do-Sol ?

Quem disse ?

Pois leitor, este empreendimento nos devolverá um significativo trecho da orla !!!

Quem vai hoje na área do estaleiro assistir ao espetáculo do Pôr-do-Sol ?

O senhor vai ? A senhora vai ?

Com guarda-costas ?

Pois se não for com guarda-costas, correrá grande perigo, se sair com vida do local, claro.

Chega de tratarmos a orla da cidade como hoje é tratada.

Deixem eles devolverem este trecho de 700 metros da orla para a população !

É daqui que você assiste ao Pôr-do-Sol ?

É daqui que você assiste ao Pôr-do-Sol ?

OBS.: Não temos nenhuma informação oficial de alguma modificação substancial do projeto. O que sabemos é que o empreendedor desistiu da parte residencial. Nada mais. E como será votado no dia 23 de agosto a aprovação ou não da área residencial, porque o emprteendedor não pode voltar atrás e construir os prédios de apartamentos? Nada impede. E outra coisa: não existe nada afirmando que não será mais construída a marina e a área pública. Aguardaremos comunicados oficiais. Não costumamos seguir boatos aqui no Blog.  Gilberto Simon



Categorias:ORLA, Pontal do Estaleiro

Tags:, ,

9 respostas

  1. Quem determina se o Guaíba é um rio ou um lago são geógrafos, e não a legislação. Uma lei não tem poder de transformar papel em pedra, nem rio em lago, ou vice-versa, pois esses conceitos são baseados em argumentos técnicos (e não, ideológicos ou políticos).

    Curtir

  2. Henrique, se uma marina é um porto para pequenas e médias embarcações, qual é o problema de ficar a 100 metros do Canal de navegação?

    Acredito ser o ideal, não um risco.

    Curtir

  3. Quem é esse Henrique? Deus? Sabe tudo, até que o Guaiba é um rio,,,rsrsrs, ou será q é um pastor a espera que se construa lá uma gigantesca Igreja U.R.D. Nunca vi alguem tao radical contra tudo que possa vir a ser feito ai…

    Curtir

  4. É mentirosa a afirmação de que será construída a MARINA junto ao Estaleiro, por uma só razão: o canal de navegação passa a 100 metros da mesma e isto poria em risco a navegação no local.
    Este talvez seja o único local onde não pode ser construída a marina.
    A mentira é deslavada e tem fins de mudar a opinião pública.
    Por outro lado existe a discussão dos 30 m da orla, que por lei são 500m (Lei 4771/65) alterada pela SMAM quando Tarso Genro (cujo escritório de Advicacia representava o Estaleiroi) em 1994/1998 atraves da farsa patrocinada pela Faurgs em convênio com a Prefeitura, SMAM e DMAE chamando o Rio Guaíba de Lago.
    Por outro lado ainda se questiona a falta de Lei para mudar o nome para Lago Guaíba o que será feito na justiça Federal, e sem que esta decida qualquer comprador de imóveis na área do Estaleiro corre o risco de perder seu envestimento.

    Curtir

  5. Bruno, não temos nenhuma informação oficial de alguma modificação substancial do projeto. O que sabemos é que o empreendedor desistiu da parte residencial. Nada mais. E como será votado no dia 23 de agosto a aprovação ou não da área residencial, porque o empreendedor não pode voltar atrás e construir os prédios de apartamentos? Nada impede. E outra coisa: não existe nada afirmando que não será mais construída a marina e a área pública. Aguardaremos comunicados oficiais. Não costumamos seguir boatos aqui no Blog.

    Vou transcrever este meu comentário na área principal do post.

    Curtir

  6. Mas qual a garantia de que isso ocorra:

    “O Projeto Pontal do Estaleiro será construído com prédios comerciais, marina, restaurantes, hotel, bares, Museu do Estaleiro e ganharemos um lindo e seguro local para apreciarmos o Guaíba.” ?

    Ao que eu saiba, já que não haverá residências na área, o projeto vai ser remodelado. E nessa remodelação, é capaz da marina, hotel, etc, serem abolidos. Até porque, ele não precisa mais agradar ninguém…

    Curtir

  7. Feliz com que notícia Jake? Que podem nao aprovar a construçao de residenciais? Vc acha isso bom n ter acesso a esse local caso construam só empresariais? De que verdade vc fala?

    Curtir

  8. Será que é o prefeito mesmo que está forçando a barra ? De qualquer maneira, feliz com a noticia, feliz com a garantia. A verdade é tudo.

    Curtir

  9. Está cada vez mais óbvio que o prefeito não quer esse tal do Pontal, nem com residenciais, nem com nada, deve ser um ecoxiita enrustido. Me pergunto, como alguém com tanto conhecimento politico, de cidades pelas quais ja viajou iria deixas escapar um projeto desses que só embelezaria a cidade? Lhe falta coragem para assumir a questão, aprovar o projeto e deixar que as pessoas o critiquem depois de pronto, mas isso com certeza não irá acontecer, pq é impossivel alguém não gostar desse projeto depois de pronto em sua plenitude, e deixar as pessoas por si só descobrirem no que eram contra… Penso muito, mas não entendo esse cara…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: