JOSÉ LUIZ PRÉVIDI E A COPA 2014 EM PORTO ALEGRE (HUMOR)

Comentário com toques de humor do Jornalista José Luiz Prévidi, realizado hoje, 1º de junho, em seu site (www.previdi.com.br):

A Copa, os “movimentos sociais”,
os “ambientalistas” e os 21 “vereadores”

Dona Yeda vai ter muito trabalho. Mas quem vai ter um trabalhão danado é o prefeito José Alberto Fogaça e o vice José Fortunati.
Ontem se festejou a confirmação de que Porto Alegre será uma das capitais a sediar a Copa do Mundo de 2014. Óbvio, tínhamos mesmo que festejar. Mas a partir dessa semana começa o trabalho para tentar preparar a capital gaúcha para o evento. Pode parecer muito tempo, mas não é.
——–
Primeiro, tenham certeza, os chamados “movimentos sociais” e os “ambientalistas” vão ser contra tudo que for proposto. Se não passarem por cima dessa gente, se derem bola a todas as bobagens que falam, não se faz nada. Nem mesmo aquele projeto do Beira-Rio e de seu entorno vai se criar. Vão alegar, bobagem suprema, que estarão “destruindo a orla do Guaíba, a natureza”.
——–
Se já não bastasse a “ideologia de movimentos sociais e ambientalistas”, os governos terão que enfrentar os 20, 21 vereadores que apoiam a baderna. Ah, não? Se apoiaram a esculhambação, com mesas e cadeiras dos bares nas calçadas até as duas da madrugada, o que não proporão de “novidades”? Liberar geral?
Vai ter um gaiato que apresentará um projeto para garantir camarotes para os edis e seus convidados no Beira-Rio; outro, tri-de-esquerda, vai querer uma lei que toque o hino da Internacional Socialista antes dos jogos da Copa realizados na cidade; um sagaz vereador, certamente, vai querer que seus pares apontem os gandulas para as partidas e que os voluntários sejam indicados por seus gabinetes.
Duvida?
———
Além dos 20, 21 vereadores da baderna, “movimentos sociais” e “ambientalistas” tem também figuraças no Ministério Público. Quer apenas um exemplo?
A lei das carroças, proposta pelo vereador Sebastião Melo, presidente da Câmara, já sancionada pelo prefeito José Fogaça, estabelece o prazo de oito anos para que seja proibida, em definitivo, a circulação em Porto Alegre de veículos de tração animal e de tração humana.
Em sua ação, o bravo Ministério Público considera não ser “atribuição da Câmara de Vereadores definir que espécies de veículos podem trafegar pelas vias públicas do município”.
Sacou o nível das broncas que os governos terão que enfrentar?
———-
Metrô? Duplicação de avenidas? Pra quê? Muita gente vai ser contra. O próprio ex-prefeito Raul Pont foi sempre contrário a ideia, imagine um projeto!
Tirar as carroças das ruas, pelo menos nos dias de Copa do Mundo? “De jeito nenhum!!”, pregam idealistas.
Afastar das ruas crianças e mendigos no período de um bom fluxo turístico? “Eles também têm os seus direitos!!”, dirão.
O projeto do Cais do Porto? Farão inúmeras passeatas exigindo mais debates. “A orla do Guaíba é do povo e não de turistas, de burgueses”, gritarão.
———
De porta-estandarte estará uma dirigente do Cpers, tri-de-esquerda.
———
E, mais uma vez, a brava vereadora Fernanda Melchionna, do Psol, estará de mãos dadas com seu líder, o vereador Brasinha, mora, em “defesa” de Porto Alegre.

 



Categorias:COPA 2014, Opinião

Tags:

2 respostas

  1. É ficcção, mas as realidade ás vezes é mais incrível ainda (ainda mais em Porto Alegre).

    Curtir

  2. BRAVO! BRAVO!
    Copiei o texto e estou repassando para Deus e o mundo.
    Este era o texto que queria enviar há tempos para meus amigos e amigas, gaúchos ou não, para refletirem um pouco sobre o desenvolvimento de nossa capital.
    Só achei que o texto não foi bem finalizado… mas já ajudou.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: