Uma imagem da privatização da orla

Orla privatizada por favela  –  em livre crescimento  –  na Assunção, há um quilômetro do Barra Shopping :

 

 A favela também já conta com moradores prósperos, que estão construindo livremente, inclusive já sendo observado crescimento VERTICAL, visto nas novas “casas” de três andares.

Fonte: Blog ZH zona Sul

Fonte: Blog ZH zona Sul

 

 

Lembramos que a orla não é privatizada somente por favelas, mas também por muitas mansões, além dos clubes.

 

ÓTIMO POST DO RICARDO

Para complementar, trouxe aqui para ajudar na avaliação de como está a nossa orla, imagens do Google Earth, recentemente atualizado com fotos de 2009.

Vejam abaixo, esta pequena coletânea que salvei para compartilhar com os leitores. Nelas, é possível visualizar-se as favelas (privando o uso da orla pela população como um todo) e também das mansões e clubes. E notem que na área de favelas, há uma marina com barcos….

Gilberto

orla-assuncao-1b

orla-assuncao-3

orla-mansoes

sargentos

clubes

O MOVE-POA  e o PORTO IMAGEM estão programando uma visita de barco a todos os recantos da nossa orla, com vistas a ser fotografado e desnudado o grande problema de ocupação da mesma.



Categorias:Outros assuntos

Tags:

8 respostas

  1. Tu está certo: a Assunção ainda não há mansões.
    Elas começam na Tristeza.

    Curtir

  2. Concordo plenamente com a reportagem… contudo não concordo na parte em que afirma que existem mansões na orla da assunção…Seria melhor se fosse assim do que como é agora (como em malibu, enfim, se falar isso os esquerdistas me matam)… o que existe na orla da assunção é só favela mesmo.

    Vou descrever a atual situação da orla de acordo com os bairros:

    Centro – Cais caindo aos pedaços, um muro enorme pintado, cais com navios abandonados e enferrujados. uma área fechada ao lado da usina denominada píer público (contraditório, pois não tem nem píer e nem é público).

    Menino deus – Orla grande abandonada, anfiteatro patrocinado pela iniciativa privada, Clube do inter que será reformulado e uma via de carros inacabada que varia de largura inúmeras vezes.

    Cristal – Estaleiro abandonado com uma vista linda, contudo não é possível entrar lá sem ser roubado ou mordido por ratos.
    uma escolinha do grêmio que não será reformulada aparentemente.
    uma área sem utilização. E Começam os clubes fechados de marinas.

    Assunção – Veleiros, ótimo clube, contudo é fechado para sócios que pagam caro.
    Começam as favelas que possuem saída pelas suas salas e cozinhas para a orla. Inclusive na favela tem mercadinhos e comércios. E por incrível que pareça os coitadinhos possuem carros e garagens hehe
    Um clube fechado como mostrado na foto com marina.
    Estação dos Bombeiros.
    Mais clubes fechados.
    um outro clube que parece uma casa de ricos… mas é uma associação ou algo do tipo. Um palco feio que está sendo construído por uma tal de PROA todo feito em madeira que responde processo por construção ilegal.
    Ex-área do Timbuka , uma estação de tratamento e finalmente 1 casa que ocupa parte da orla.

    Tristeza – A partir dessa casa, onde inicia a tristeza, a orla desaparece totalmente… é possível ver a partir de algumas ruas sem saída. Clubes, Casas antigas, Mansões e Condomínios Fechados. E assim termina a maior parte da tristeza. Esse fenômeno se repete através dos bairros Vila conceição, Pedra redonda e Ipanema (boa parte).

    Desse modo é possível ver que nossa orla já a muito tempo privatizada, seja a favelados ou a empreendimentos… não sei como a smam libera isso em determinados pontos e em outros vira uma novela.

    O fato é que muitos moradores estão tristes em perder suas vistas para o pontal. Contudo, eles não pensam que ao construírem suas casas de 3 andares ou prédios em morros também taparam a vista de outros moradores. caso não tenham dinheiro para comprar no pontal vão ter que viver com essa inveja.
    obrigado

    Curtir

  3. Pelo jeito, nos ideais dos pseudoecologistas existe essa exceção a não ocupação das orlas: mansões e clubes particulares.

    Já grandes investimentos privados que geram empregos e desenvolvimentos, urbanizam a orla e aumentam o acesso com ruas, calçadões, ciclovias, pier e marinas, não abrem exceção.

    Fica cada vez mais claro que esse pessoal confunde ECOLOGIA com ideologias de esquerda e a ojeriza a investimentos privados

    Curtir

  4. IPVA altíssimos neles.

    Curtir

  5. Uma coisa que fiquei sabendo através de um vereador: no meio da favela da assunção, da orla, tem muita casa boa, com piscina e otimas condições. Ou seja, tem gente grande que não tem interesse em abrir esta orla pra população.

    Imaginem que lindo que não seria, descer em direção a Ipanema, indo pela Av. Guaíba e Cel. Marcos e visualizando todo o tempo a orla, o Guaíba. Mas não dá. Tem mansões e favelas em todo o trajeto !!!

    E impedem 6 predios de 12 andares serem construídos num pequeno trecho da orla, que previa espaço público em mais da metade da área.

    INCOERÊNCIA TOTAL !!!!!!!!!

    OU ESTÃO NOS TIRANDO PRA OTÁRIO !

    Acho que tem muita gente do contra com casa por estes lados, aí é que tá o problema …..

    Curtir

  6. Por isso que tem gente que fica feliz da vida com a “linda” orla com acesso, como a mostrada no post anterior.

    Curtir

  7. Isso eu já sabia há anos.
    Por isso nunca entendi por que tanta gente IGNORANTE é contra o projeto Pontal do Estaleiro, já que toda a Zona Sul é privatizada e tem residências a beira do rio.
    Onde está o acesso público? Onde estão os defensores da orla para defender o resgate destas áreas? PALHAÇADA!

    Curtir

  8. Incrível.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: