Metrô Linha 2: Fogaça quer R$ 300 milhões de Lula no orçamento de 2010

O prefeito José Fogaça saiu da sinuca de bico que o PT e o governo federal tentaram aplicar-lhe no caso do Metrô de Porto Alegre. O prefeito viajou nesta terça-feira a Brasília.

O que anunciou Fogaça:

– A obra é federal e queremos. A hora da verdade é agora, porque basta o governo federal alocar R$ 300 milhões numa das rubricas da proposta orçamentária para o ano que vem.

O valor é o total que oposição e situação acham necessário para começar a conversa.

– Oito capitais já operam ou tocam obras de metrô, sempre com recursos federais.

Trensurb corcoveia e diz que metrô só sai com PPP

Envolvido numa greve que já dura 12 dias e que não consegue resolver, o Trensurb acha que o governo federal não terá os R$ 300 milhões pedidos por Fogaça para o metrô.

O Trensurb, estatal federal, administrador do metrô, aposta numa PPP.

– O governo federal já editou lei para usar as PPPs (Parcerias Público Privadas), mas até hoje não regulamentou o Fundo Garantidor. Sem Fundo Garantidor, não tem conversa.

Políbio Braga, 10/09/2009



Categorias:Metro Linha 2

Tags:, , , , ,

2 respostas

  1. Saio pelado pelas ruas de POA (estilo “Juremir”) se este trecho do metro for alem do Beira-Rio ateh a Copa.

    Curtir

  2. Mais novela…

    Acho bom mesmo nosso prefeito correr atrás… por que se continuar assim, chegará 2014 e nossa cidade será apresentará um grande FIASCO pro mundo todo!!!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: