Numeração da Avenida Guaíba é ficção

Problema pode ser o antigo projeto de rambla, que faria da avenida uma só

A Avenida Guaíba começa no bairro Cristal, a partir da rótula da Avenida Diário de Notícias, em frente ao Iate Clube Guaíba. Contorna a Vila Assunção, margeando o Guaíba, e se interrompe ao encontrar a Avenida Copacabana, à altura do número 4.922. Reinicia-se no distante bairro Ipanema, a partir da esquina da Rua Dea Coufal e prossegue até o bairro Serraria.

Sua história é complicada e até quixotesca. Morei durante 34 anos na Rua Dr. Barcelos, na Tristeza, na esquina com a Rua Sargento Nicolau Dias de Farias, bem na rota de quem, vindo do Centro, destina-se ao centro da Tristeza e a outros bairros mais ao Sul. Perdi a conta das vezes em que ajudei, ou tentei ajudar, motoristas, motoboys e até transeuntes confusos e frustrados na tentativa de achar um endereço na Avenida Guaíba, perdendo tempo, gasolina e paciência no vai e vem infrutífero.

A numeração da avenida é um inexplicável quebra-cabeças, impossível de se entender. Não tem a ordenação de outras vias públicas, nem atende a qualquer lógica. Após a rótula da Avenida Diário de Notícias, o primeiro prédio que surge à esquerda é o da Associação dos Funcionários da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Afsmov) e tem o número 100. O Iate Clube Guaíba, em frente, é 777. Está na placa, como diria Ed Mort. Ao lado do número 100, o que vemos? Uma casa com o número 2.604. É ali, no nascedouro da avenida, que já se esboça a charada da numeração.

Em um antigo guia de endereços, via-se que o primeiro número era o 39, seguido pela Estação Tristeza da Brigada Militar (Bombeiros), sem número. Nenhum dos dois esteve ou está ali. Seguem-se os números de 1 a 154, que qualquer pessoa diria que ficam no início da via. Engano. Esses números estão após o 2.941, que é do clube Veleiros do Sul, situado a apenas 300 ou 400 metros do começo da avenida.

Aí as coisas se complicam mais. Surge nova sequência de números, de 158 a 2.916. Vamos encontrá-los logo depois do 154? Que nada! É preciso dar um enorme salto, para aterrissar em Ipanema. E lá estão eles. (…)

Ao final, existe um isolado 34.126, autêntico desafio à imaginação. Provavelmente ninguém, a não ser o morador, sabe se fica no Cristal, Assunção, Ipanema ou Serraria. É ou não é um quebra-cabeças encontrar um endereço na nossa linda Avenida Guaíba?”

> O que diz Andréa Ribeiro Ceccato, assistente da Seção de Vistoria Predial da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov)

A numeração territorial ou predial é definida a partir do início ao fim da rua, conforme a medida do logradouro – se uma rua tem 100 metros, a numeração será até 100, no caso de 300, até 300. Números pares devem ficar à esquerda de alguém que esteja de costas para o início da rua, e ímpares, à direita. A Av. Guaíba teve seu início alterado da Rua Dea Coufal para a Av. Diário de Notícias. Portanto, a numeração entre Dea Coufal e o fim da Guaíba (Rua Ir. Augusto Duflot) precisaria ser alterada para números maiores.

> Outras observações da Smov:

A Smov só pode atribuir oficialmente um número predial por meio da Carta de Habitação. Quando solicitada a vistoria para o habite-se, é confirmado ou alterado o número que consta no imobiliário da Secretaria Municipal da Fazenda (IPTU). A secretaria não tem um serviço de fiscalização para a numeração de casas.

ZH



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , ,

3 respostas

  1. Como não confio na competência da Prefeitura em resolver esse problema logo, identifiquei as principais sequências da numeração das casas e as coloquei no OpenStreetMap, permitindo localizar só fazendo uma busca (ex. “avenida guaíba 13000”) . Há alguns números duplicados (porque há sequências que se intercalam) e não considerei os números que fogem muito da numeração dos vizinhos. Diferente do que diz no artigo, as faixas que eu consegui identificar são: 1-107 na Vila Guaíba, 228-3124 intercalado com 9894-13494 em Ipanema, 1826-2256 intercalado com 2578-3090 em frente ao Veleiros, 3400-4922 e 3941-4921 a partir da Vila Guaíba, 3099-3143 e 13784-13834 ao final de Ipanema, e um pequeno trecho na Vila Conceição onde só consegui identificar o número 6790. Além disso, o Iate Clube mostra no seu website que o seu número é o 95, não o 777.

    Curtir

  2. Essa rambla tinha que ter saído.

    Curtir

  3. Qualquer pessoa que já tenha visto um mapa antigo (com pelo menos uns 20 anos) de Porto Alegre, deve lembrar dos tracejados que sempre apareciam nesta área da Av. Guaíba. Era o projeto de extensão desta avenida. Por que ela nunca ocorreu ? Por que a orla é ocupada, nesta parte interrompida, por inúmeras residências. Isso mesmo, residências (área privada). Portanto, há de se questionar hoje em dia esta febre que existe em não aprovar construções residenciais na orla. Que ironia!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: