Câmara Municipal sedia ciclo de debates sobre o Lago Guaíba

Proximo à votação sobre o Pontal do Estaleiro, evento marca início de série de seminários com foco na gestão do manancial

O Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Lago Guaíba promove, nos dias 18 e 20 de agosto (terça-feira e quinta-feira), o Ciclo de Debates “Porto Alegre e o Guaíba – O futuro de uma relação”. Em ambas as datas, o evento ocorre das 14h às 17h30, no Plenário Ana Terra da Câmara Municipal de Porto Alegre (av. Loureiro da Silva, 255 – Centro). A iniciativa conta com o apoio do gabinete do vereador Beto Moesch (PP).

Marcada para as vésperas da consulta popular sobre o Pontal do Estaleiro, que acontece no dia 23 de agosto, a atividade assinala o lançamento de um novo projeto do Comitê do Lago Guaíba, que consiste na realização de seminários temáticos mensais abertos ao público, cuja programação será em breve divulgada. “Queremos que os porto-alegrenses participem do levantamento e da discussão dos problemas e possíveis soluções sobre a gestão integrada do Guaíba e de sua orla”, afirma o presidente da entidade, Luiz Fernando Cybis. Entre os assuntos que deverão ser futuramente abordados, estão a ocupação do solo, a emissão de efluentes no Guaíba e os usos da água.

Com o tema “A cidade e o Guaíba: encontro ou enfrentamento?”,  a abertura dos debates será no dia 18 de agosto, seguida por painel do Dr. Luiz Fernando Cybis e da geógrafa do Departamento de Recursos Hídricos da  Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Drª Elaine Regina dos Santos, entre outros convidados. No dia 20 de agosto, estarão presentes a arquiteta da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional, Drª Maria Dalila Bohrer; o arquiteto da Secretaria de Planejamento Municipal Marcelo Allet; e os membros do Centro de Estudos de Geologia Costeira e Oceânica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Dr. Nelson Grübber e Dr. Cícero Castelo Branco.

Fonte: Gabinete do Vereador Beto Moesch, 27/07/2009

_____________________

Pena o horário que se desenvolve o ciclo (a tarde), é somente pra irem desocupados que não trabalham …

Poderiam fazer este tipo de evento em horários que toda a população pudesse conferir, ou seja, a partir das 18h, que é o horário em que a maioria pode ir, que já saiu do trabalho.

 



Categorias:Meio Ambiente

Tags:, ,

1 resposta

  1. Gostaria de saber se realmente alguem trabalha no PGM/JAI, PREFEITURA DE PORTO ALEGRE pois já faz mais de 4 meses que estamos esperando uma resposta que deveria ser de 15dias,o prometido , é sempre a mesma resposta ligue sexta feira ,como que só sexta teria alguém no departamento?(pode ser que alguém me escute) para obter uma resposta dentro do prazo prometido?Para pagarmos os impostos temos que ser pontuais ,senão levamos multa,acho isto um desrespeito ao comtribuinte.Lamento por chegarmos a este desabafo ,mas não tem explicação o que estão fazendo conosco. não sei mais a quem recorrer.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: