Por que votar Sim no domingo?

Lauro Rossler – Um projeto misto gera um desenvolvimento socioeconômico e ambiental mais saudável, além de empregos. A situação de abandono do local nos deixa indignados. Temos de pensar em moradias para as classes média e média alta e trazer mais poder aquisitivo para o bairro. Fala-se em privatização, mas é o contrário, pois a orla será devolvida ao público. Um condomínio privado terá cercamento, mas o restante será de livre acesso. Sobre o acréscimo de mil automóveis ao tráfego, os blocos de caráter comercial, como hotéis ou lojas, também trariam esse aumento. As residências poderiam forçar a criação de uma avenida que ligue o Cristal ao Medianeira. Se saírem só prédios comercias, como a lei prevê, haverá saturação de prédios comerciais. Há pouco giro econômico para sustentar esse aumento. Para reativar o Centro, o repovoaram. Os moradores do Centro pedem segurança, desenvolvimento econômico e mobilidade. Para o Cristal não serve? E o impacto de vizinhança é mínimo. Os moradores mais próximos estão a 600 metros ou 700m dali. É exagero dizer que vai tirar sol ou vento da cidade.

JC – Que tipo de projeto a área deve receber?
Rossler – Apartamentos, além dos blocos comerciais e serviços. Podem ser dadas compensações, como uma ciclovia e uma marina, porque o Guaíba tem essa vocação de esporte náutico, velejamento e contemplação. Para atender ao aspecto ambiental, uma estação de tratamento de esgoto. Pode haver um restaurante, bares envidraçados, com atracadores de barcos, para incrementar o turismo no local. O ideal são cinco ou seis blocos: um ou dois destinados ao comércio, um hotel e o restante destinado a moradias.

Lauro Rossler é consultor do Clube de Mães do Bairro Cristal e delegado do Conselho do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental de Porto Alegre

Jornal do Comércio, 20/08/2009



Categorias:Campanha Sim ao Pontal

Tags:

2 respostas

  1. Votem sim ao Pontal. Recebam o mundo em 2014 e sejam reconhecidos como capital modelo. Precisamos de desenvolvimento, progresso e evoulução agora. Votem não e sejam riscados do mapa. Não aos retrógrados, aos autoritaristas, aos hipócritas, aos oportunistas, aos ignorantes do século passado. Não ao feudo. Sim ao primeiro mundo.

    Curtir

  2. Um ponto interessante tocado nessa entrevista: existe um projeto da prefeitura de “abrir” a Avenida Cruzeiro do Sul, que hoje tem uma péssima estrutura. Isso ligaria o Barra Shopping e arredores até a Av. Carlos Barbosa, e daria novas opções ao tráfego da zona sul.

    Se se acredita que o empreendimento do Pontal gerará um incremento significativo no tráfego, devemos então requerer que o empreendedor coopere com parte da obra da Avenida Cruzeiro do Sul. O mesmo pode ser exigido do Barra Shopping (com sua nova torre), e dos novos empreendimentos da região.

    Esse modelo já vem sendo usado em Porto Alegre com sucesso, como no caso do Parque Germânia, da ciclovia do Barra Shopping, do entorno do Centerlar, e da futura ciclovia da Ipiranga (que terá parte bancada pelo Praia de Belas)

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: