Ação do MOVE-POA e do PORTO IMAGEM

Há quem diga: eles perderam.

estaleiro-atualNós não perdemos nada. Quem perdeu foi a cidade de Porto Alegre, que viu seu destino e de sua orla serem decididos por 18 mil pessoas.

Lembrem que Porto Alegre (só a cidade) possui 1,5 milhão de habitantes e sua região metropolitana, 4,2 milhões.

O nosso trabalho está apenas começando e não somente em relação ao Pontal do Estaleiro. Engana-se quem acha que nossa ONG surgiu para defender o empreendimento que deverá ser construído (e será). Nossas ações vão muito além do Pontal. Elas passam por rever e construir uma nova mentalidade da população desta cidade, ao mesmo tempo que reconstruir a nossa auto-estima, que está incrivelmente rebaixada. Rebaixada por que a cidade acha que como está, está ótimo. E nós sabemos que não está.

Um grupo de meia dúzia de pessoas, organizadas (muito bem organizadas, políticos travestidos de ambientalistas) alardeiam a meio mundo que a cidade é contra isso, contra aquilo. Isto é uma enorme inverdade. A cidade quer crescer, quer ver os seus espaços valorizados, quer qualidade de suas atrações e quer permanecer no mapa do mundo, e não sair dele.

O MOVE-POA, juntamente com a equipe do Porto Imagem e dezenas (talvez centenas) de seguidores, simpatizantes que se fizeram aparecer neste Blog, irá construir uma briga sem precedentes na história da cidade. Verá quem viver.

Muito obrigado.

Gilberto Simon

 



Categorias:Outros assuntos

10 respostas

  1. E o tal MOVE POA, que publicou um poster nos jornais de Porto Alegre que custaram mais de 300.000 reais na época, sumiu, seu blog, retirado do ar. Fugiu como os ladrões fogem da polícia com o rabo no meio das pernas. Talvez não fosse possível esclarecer o dinheiro gasto com propaganda a favor do Estaleiro.
    Vejam: http://www.movepoa.blogspot.com/

    Curtir

  2. QUEM PERDEU FOI PORTO ALEGRE POR CAUSA DE MEIA DUZIA DOS QUE SEMPRE SAO CONTRA! NAO SEI COMO ELES CONSGUEM FAER TANTO AGITO, BOM EU VOTEI NO SIM FIZ MEU PAPEL DE CIDADAO

    Curtir

  3. Pode contar comigo também para qualquer coisa. Até providencie meu domicílio eleitoral para cá.

    Curtir

  4. Cai por terra o ideário falacioso de povo culto e politicamente evoluído arraigados no inconsciente da plebe intelectual deste Estado.
    O resultado, embora previsto, decepcionou até os mais pessimistas, dentre eles, eu mesmo. No fundo talvez tivesse uma centelha de esperança que a derrota do SIM não fosse tão acachapante. A estrondosa diferença entre o SIM e o NÃO evidencia o tamanho do atraso (sob todos os prismas) dos porto-alegrenses e a distância que precisamos percorrer para alterar este quadro espantoso.

    Curtir

  5. Ótimo texto, Gilberto.
    Realmente, o MovePoa não é a Ong que defendia o Pontal.
    O MovePoa é uma Ong DE PORTO ALEGRE.
    Queremos coisas boas para toda a cidade. Queremos que Porto Alegre seja melhor preservada ecologicamente, quermos fim de devastações como a do Morro do Osso, queremos um Guaiba mais limpo e preservado, quermos uma orla sem as privatizações que ocorrem impunemente, quermos uma cidade que seja mais preservada, mais bonita, mais dinâmica e mais interessante para todos.

    Curtir

  6. Como faço para participar ativamente dessa ONG? Concordo 10000% com tudo que vocês defendem..

    Curtir

  7. Concordo plenamento, Gilberto.
    Há de chegar um dia em que não precisaremos ir a Barcelona, Montevideo, Buenos Aires, Rio de Janeiro, entre várias outras cidades, para curtir uma orla urbanizada, com movimento de pessoas de dia e à noite. Um orla com calçadão, com boa iluminação, com crianças brincando, adultos passeando, bares, restaurantes, belos prédios comerciais e residenciais integrados com uma natureza em um belo projeto paisagistico. Enquanto isso, ficamos somente sonhando com uma Porto Alegre assim… pois por enquanto, a orla de nossa cidade continua abandonada, marginalizadae suja.

    Curtir

  8. poisé,
    o q todo mundo está fingindo não se dar conta é q não vai sair nada ali,
    na câmara não foi alterada altura das edificações e não vai passar EVU com edfs altos.
    resultado é q o ‘negócio se tornará inviavel’ com 4 pavimentos…
    o destino da área é voltar ao domínio público.
    um belo projeto p toda a orla é o q vai aparecer na sequencia e todos ficarão felizes!
    abraços!

    Curtir

  9. Decepção. Esse é o único sentimento que me vem à cabeça depois da vitória do NÃO ao Pontal do Estaleiro Só. Porto Alegre adquiriu uma vocação para a mediocridade que permanecerá por anos e anos. O que me conforta é que a parte comercial do projeto do Pontal sairá do mesmo jeito e talvez depois de tudo pronto, a população entenda todos os benefícios que esse tipo de empreendimento pode trazer para nossa cidade.

    OBS: Minha vontade é houvesse uma cláusula contratual no projeto, que proibisse a entrada no Estaleiro, de todos os que foram contra o empreendimento. Que esses “medíocres ecochatos” usufruam apenas da “ bela área cheia de mato e lixo e ratos” localizada entre o Gasômetro e as proximidades do Museu Iberê Camargo. Aproveitem seus belos fins de tarde por lá, com seu mate na mão e seus pés no barro.

    Que o Pontal seja somente de quem quer o bem da nossa Capital!

    Curtir

  10. Olá meus amigos,

    Tenho acompanhado diariamente o site, pois é revoltante ver os ecoxiitas, psolistas, petistas, estudantes, maconheirinhos, desocupados e afins manterem a cidade como está, sem rumo, suja, subdesenvolvida, e ainda achar que estamos no paraíso. Acho que nossa cidade tem um potencial extremamente mau aproveitado, um lago sujo, uma orla suja e decandente, um sistema de transporte ultrapassado e sem sentido.

    Continuemos na luta e honestamente, nas próximas eleições, vamos continuar com a política anti-PT e anti-radicais, pois mesmo tendo sido varridos da prefeitura e do governo do Estado, agora ficam minando o desenvolvimento de Porto Alegre!

    Um abraço!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: