Morro do Sabiá foi privatizado

Sou um dos idealizadores do projeto Memorial de Ipanema (www.memoriasdeipanema.com.br). Outro dia, durante roteiro com o fotógrafo Ricardo Stricher, descobri que o Morro do Sabiá foi privatizado. Não é mais possível visitá-lo, porque o Colégio Anchieta trancou o portão de acesso. Apenas alunos, com visita marcada, frequentam o local em atividades desportivas e outras.
O cidadão comum não pode mais subir o morro, nem descer a famosa escadaria de trocentos degraus que dá acesso à praia, ou percorrer as trilhas que seguem do topo em direção à beira d’água.

Caco Belmonte

morro-sabiá
Morro do Sabiá – Wikimapia



Categorias:ORLA

Tags:,

19 respostas

  1. Frequentei o Morro do sabiá desde os meus 2 anos e meio de idade junto ao meu irmão mais velho, ele e os amigos dele alugavam e jogavam no campo de futebol desde os 16 anos isso nos anos 70, até que lá pelo inicio dos anos 2000 começaram a reformar a estrutura do ginásio de esportes, dos dormitórios e a reforma no campo que grama tinha muito pouca, disseram que seria algo provisório mas infelizmente foi algo que se tornou permanente pois após serem realizadas todas as reformas nunca mais foi liberada novamente a locação do espaço mesmo após várias tentativas através de reuniões com os responsáveis pelo comando do Anchieta, O mesmo foi fechado e seu acesso não mais permitido, uma pena pois além de nós que jogávamos tinha sempre um grande movimento de pessoas visitando e usufruindo do local e do restaurante, uma pena um colégio tão bem visto como o Anchieta fazer de lá um local elitizado e de desuso o lugar onde eu convivi praticamente todos os sábados de minha vida por mais de 20 anos, hoje tenho 39 anos e assim como todos os amigos da turma do meu irmão sinto muito a falta do local e de tudo que me proporcionou, Quem sabe um dia desses os padres que comandam o colégio se deem conta do mal que estão fazendo para a população em geral que Porto Alegre de não poder conviver com um local tão cheio de vida e opções de entretenimento para todos.

    Curtir

  2. Estou de acordo com o Guilherme 2. Querem valorizar a orla, então continuem o calçadão de Ipanema; Tem mais, os invasores de um terreno particular que fica ao lado do Ipanema Esporte foram despejados por ação jucidial. Para onde foram? para o pé do Morro do Sabiá, ali onde tem uma ponta com pedras bonitas. Tem mais de 100 pessoas fazendo barracos no meio da mata, roubando luz dos postes das ruas próximas, jogando toneladas de lixo, tipo sofás, pneus, móveis velhos cheios de pregos, plásticos etc, etc, etc. Já comunicamos a Prefeitura, mas não acharam nas margens. Claro, estão entocados no mato. Meu vizinho que mora defronte ao Guaiba, já presenciou os caras puxando fumo, fazendo sexo, vendendo drogas, e lá vai. Até estupro já houve ali. Andaram roubando bicicletas na nossa rua, chamamos a BM , foi dois brigadianos lá e contaram, há dois meses atrás, 15 barracos, e cada vez vem mais gente. Socorro!

    Curtir

  3. Já passou da hora de exigirmos a construção da AVENIDA GUAÍBA, completa, em seu projeto original, que circunda toda a orla de Porto Alegre, entre a Tristeza e o Guarujá.

    Curtir

  4. Caros, contado assim a notícia traz muita indignação, pois como uma área pública pode ser privatizada? A verdade é que a área, outrora área rural, já pertencia aos Jesuítas e todas as benfeitoras, estradas, caminhos, construções, a infra estrutura existente foi bancada pelos Jesuítas e em termos de conservação ambiental, foi muito bem preservada. Para o acesso da população hoje, o município pode solicitar seu tombamento e ressarcir os prejudicados. Uma questão do Povo se organizar, querer, pedir e ganhar!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: