Expointer no meio do barro

Um horror!
Para quem não sabe, a Expointer é o mais importante evento do agronegócio da América Latina e um dos mais importantes do mundo. Neste ano é a 31ª edição.
No ano passado, o destaque foi o restaurante principal. O “ponto alto”. Com diversas delegações internacionais, os coitados não podiam pagar as refeições com cartão de crédito. Acreditem, só com dinheiro!! Fora a predominância do barro por todo o Parque.

Como já é uma tradição a chuva nesta época, se espera, a cada ano, que os “responsáveis” pelo Parque Assis Brasil asfaltassem os estacionamentos e as alamedas. Fui, desta vez, cheio de esperança. Que nada! Ontem não choveu e era impossível caminhar do estacionamento até a Casa do Banrisul. Impossível, não, porque fomos. Mas poderia ser uma tarefa de gincana não melecar os sapatos. Comigo estava a Nelci Guadagnin, diretora da Press, e sugeri a ela que tirasse as suas botas e depois lavasse os pés. Imagina, uma bota lustradinha, de bico fino!!

Na saída iríamos na Casa da Band. Desistimos, porque havia outra tarefa de gincana: atravessar um gramado, com menos barro, para chegar no estacionamento, onde só havia barro e poças e mais poças de água.
Não apenas um horror, mas uma pouca vergonha!!

José Luiz Prévidi



Categorias:Outros assuntos, TURISMO

Tags:

3 respostas

  1. criticar, criticar e critica.
    tá certo.

    Curtir

  2. Barro, bosta, bagual e bolicho – beleeezzzaaa!!!

    Curtir

  3. Coisa de gaúcho!!!
    Só gosta de barro e mato!
    E ainda acham que o estado é desenvolvido!!!
    Eta ignorância!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: