O governo da vida real – e o que aparece na mídia

Dois governos

Vou escrever hoje uma coluna espinhosa. Difícil de escrever, mais ainda pela repercussão que minha coluna tem no Rio Grande.

É que nosso Estado, pela primeira vez em sua história, tem dois governos.

O primeiro governo que vem tendo nosso amado Rio Grande é uma teia de escândalos que pareciam em determinado momento não cessar mais, depois que se revelaram escabrosos os fatos de corrupção em torno do Detran.

É indiscutível que houve corrupção grossa no Detran.

Há até réus confessos no processo do Detran.

***

Apesar de tanto o escândalo do Detran quanto as outras denúncias ou acusações políticas que foram feitas à governadora nunca, em nenhum momento, terem sido corporificados, comprovados juridicamente, no que se refere ao envolvimento pessoal da governadora em tais ilícitos concretos ou presumíveis, o governo viveu e viverá horas tormentosas para rebater as acusações.

***

O segundo governo que vivemos atualmente no Rio Grande é o governo real que estamos tendo, o governo que conseguiu a façanha de chegar ao déficit zero, o governo que consolidou a herança do governo anterior, tirando da falência o Instituto de Previdência do Estado, sob cuja sombrinha se abrigam 1 milhão de associados e dependentes. Já se pode imaginar o que seria do sistema gaúcho de saúde em geral se ficassem órfãos de assistência 10% da população rio-grandense.

***

O segundo governo, apesar das atribulações que sofre com o mar de denúncias e acusações, cometeu a façanha de iniciar o pagamento dos precatórios. Início tênue e tímido, mas o pagamento dos precatórios tinha sido transferido para as calendas, o que significaria em outras palavras a falência do Judiciário gaúcho, eis que, se a Justiça manda pagar os precatórios e o governo não paga, isso é a desmoralização da Justiça e consequente desmoronamento da sociedade.

Além dessas façanhas, acossado pelas denúncias, o governo tem cumprido investimentos em diversos setores e, diante do caos que se transformara a educação estadual, o setor vem sendo gerido mais que a contento.

E, se é verdade que esta coluna sempre reclamou contra a miséria dos não reajustes dos servidores estaduais, no entanto a governadora pagou inteiramente a Lei Britto aos funcionários públicos e deu aumento às categorias que não foram contempladas por tal diploma.

***

Nesse ritmo, em face dos escândalos das denúncias que pipocavam todos os meses e todos os anos, de todos os lados, o quadro de horrores que o governo tentava administrar o próprio Pedro Américo não pinta.

E ainda assim a governadora teve ânimo ontem à tarde para anunciar mais uma reforma do seu secretariado (este governo Yeda já mudou mais de secretários do que o Fluminense muda de treinador).

E, entre os novos secretários que entram, está um nome animador, impavidamente entusiasmante, o de Otomar Vivian para a chefia da Casa Civil.

Em outras palavras, coordenará a política do governo e talvez a política do secretariado, nada mais, nada menos, do que Otomar Vivian, o homem responsável por tirar o IPE dos escombros e elevá-lo ao céu do atendimento total ou quase total na saúde e talvez tornando viáveis aquelas aposentadorias que já tinham se tornado impagáveis.

***

Em razão disso tudo, quero declarar aqui nesta coluna o que muitos discordam, mas muitos também concordam, porém não têm coragem de declará-lo em face da fuzilaria inclemente que vem sofrendo a governadora, quero declarar, repito, que este governo estadual que temos hoje no Rio Grande é um bom governo.

E, se não me escalpelassem e atirassem meu cadáver da sacada do Piratini, eu declararia que temos um ótimo governo.

http://zerohora.clicrbs.com.br/zeroh…7&section=1013



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

9 respostas

  1. *esqueci de comentar q a ampliação da Gm teve financiamento do Banrisul e q o banco deve muito ao seu IPO q aumentou em 45% seu patrimonio líquido, permitindo uma expansão no crédito

    Curtir

  2. A ampliação da GM n é obra apenas da montadora, depende e muito de vontade política, assim como td grande investimento privado

    obras da Yeda n creio q existam muitas (grandes obras é raro de se encontrar em um estado falido, mas pequenas obras existem)

    a melhor “obra” da Yeda é fazer o RS ter moral para financiar grandes projetos no futuro (um estado q deve pra td mundo n pode financiar grandes obras)

    o setor de papel e celulose por exemplo n depende apenas das empresas em si, mas principalmente dos governos, afinal vc acha q um governo petista iria permitir isso ou iria ficar do lado do MST …

    o setor eólico por tmb é outro cujo desenvolvimento depende do estado, buscar soluções políticas junto a ANEEL para inclusão do setor eólico nos leilões de energia, foi um grande passo para o setor (q n dependeu apenas do governo Yeda é verdade, mas o mapeamento eólico da região e a insistencia do secretariado ajudaram disso n restam duvidas)

    Se n existem grandes obras financiadas pelo estado em si, é natural, pois o estado do RS deve 37 bilhões e tem de reservar td ano 7 bilhões para pagar juros (só consegue pagar 3 bilhões por ano), isso para um estado q arrecada 17 bilhões é um impedimento colossal para qualquer grande investimento …

    Curtir

  3. MAS… política e religião não se discutem… cada um sabe de si, eu sei de mim… e sei que NUNCA votarei nessa mulher…

    Curtir

  4. Continuo dizendo que a grande obra dessa mulher é a onda de denúncias de corrupção que TODOS os veículos de imprensa publicam todas as semanas contra o governo e seus integrantes. Obviamente eu aprovo o déficit zero, mas do que adianta cortar gastos e não melhorar a vida dos gaúchos. Alguém tem segurança nesse Estado? Eu não! E o maior investimento da história da GM é “obra” da própria montadora, e do cenário econômico nacional…

    Curtir

  5. E mesmo que Yeda não tenha tido “obra” nenhuma, natural, afinal se meter a fazer obras aumentado ainda mais 40 anos de déficits é irreponsabilidade e crime – e um dia isso iria estourar, lá adiante, se um irresponsável o fizesse.
    Mas zerar 40 anos de prejuizo e de quebra atrair o maior investimento de 80 anos da GM já é algo que nehum governo teve culhões de fazer.
    O pecado de Yeda é que ela não sabe ser simpática como o Galo Missioneiro e outros políticos brasileiros ótimos de discurso e carisma.

    Curtir

  6. Olivio e Rigotto não tiveram mais obras que Yeda…
    Mas me lembrei de um feito de Yeda: conseguiu ampliação da GM, e não é uma ampliação qualquer: é o maior investimento da General Mortors no Brasil em todos os tempos.
    O maior investimento da GM em seus 80 anos no Brasil.
    🙂 🙂 🙂 🙂

    E o Olivio e o Rigotto ?

    Curtir

  7. E as obras da Yeda? Não vejo nenhuma… só vejo denúncias de corrupção, trocas no secretariado, aumento da insegurança, etc. O pessoal adora falar mal do governo federal. Mas o que esse governo da Yeda fez pelo Estado??? Parece aqueles anos do Rigotto em a ÚNICA obra foi “pacificar o Estado”. Ótimo governo só se for pro Sant’ana. Ainda não vi os frutos do déficit zero… só vejo denúncias, denúncias e mais denúncias, uma por semana…

    Curtir

  8. Ricardo Francisco, esse post é somente para reflexão. É interessante pra entendermos a dinâmica do modo de as coisas acontecerem ou não no RS e em POA.
    E se você quiser falar bem do governo federal, claro que pode: o Blog Porto Imagem, ao contrário de outros blogs, não apaga os comentários contrários às nossas idéias. Só apagamos ofensas pessoas e palavras de muito baixo calão, mas qualquer comentário, contra ou a favor, principalmente se contiver argumentos, sempre nos enriquecerá.
    Obrigado pela visita ao blog e contiue participando!
    Abraços

    Curtir

  9. Desculpem a minha ignorância, mas não entendi o motivo desse post? O que ele tem a ver com o propósito do Blog, posso fazer um elogiando o governo federal?

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: