Turismo se mobiliza pela revitalização do Cais Mauá

As entidades do turismo da Capital irão ampliar a mobilização de suas bases na defesa do projeto de revitalização do Cais Mauá durante a audiência pública sobre o tema que a Câmara de Vereadores realizará no próximo dia 24, no Plenário Otávio Rocha. A decisão de assegurar ampla representação do setor foi tomada hoje, 17, na reunião do Fórum de Governaça Local do Turismo de Porto Alegre.

Para as lideranças do trade, o projeto encaminhado pela prefeitura estabelecendo o regime urbanístico para a revitalização do Cais é o primeiro estudo com viabilidade econômica apresentado até agora para a recuperação da principal atração turística de Porto Alegre, oportunidade esperada há mais de 50 anos pelo setor. “Se isso não ocorrer agora, dificilmente veremos a revitalização do Cais realizada”, observou, no encontro, o presidente do Sindicato de Hotelaria e gastronomia (SindPoa), Cacildo Vivian. Para o presidente do Porto Alegre Convention & Visitor Bureau, Ricardo Ritter, a participação do setor na audiência será fundamental para o sucesso do empreendimento. “A decisão que será tomada na Câmara é se teremos ou não o Cais Mauá revitalizado para o turismo”, afirmou. O presidente da Confederação Brasileira de Conventions & e Visitors Bureaux, João Luiz Moreira, presente à reunião, destacou a importância da mobilização e assegurou a adesão da entidade nacional.

Carta aberta

No dia 23, véspera da audiência pública, os dirigentes que integram o Fórum de Governança do Turismo levarão à Câmara de Vereadores uma carta aberta do colegiado em defesa do projeto de revitalização do Cais Mauá. De acordo com o secretário municipal de Turismo, Luiz Fernando Moraes, o documento será entregue às 11h, durante a reunião de Mesa Diretora da Casa, ao presidente do Legislativo, Sebastião Melo, e à Frente Parlamentar o Turismo, presidida pelo vereador João Carlos Nedel. 

Projeto

O projeto de lei complementar que estabelece o regime urbanístico para a revitalização do Cais Mauá foi entregue pelo governo estadual ao Executivo municipal em maio e chegou à Câmara de Vereadores em agosto passado.  A proposta foi aprovada pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comam), pela Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge), da Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico Cultural (Compahc) e pelo Conselho do Plano Diretor. O investimento previsto na revitalização é de R$ 500 milhões com recursos da iniciativa privada. Em área total de 181 mil metros quadrados e três quilômetros de extensão, o projeto original prevê a utilização do Cais desde as Docas, próximo à Estação Rodoviária, até a Usina do Gasômetro, respeitando a legislação de exploração dos armazéns e da Usina, tombados pelo patrimônio histórico. A expectativa da Comissão de Revitalização do Cais Mauá, que integra áreas técnicas da prefeitura e do governo estadual, é de que, até o final do ano, seja lançado o edital e o projeto seja iniciado em 2010 para conclusão até a Copa de 2014.

Belém do Pará, com sua Estação das Docas, está anos-luz na frente de Porto Alegre

Belém do Pará, com sua Estação das Docas, está anos-luz na frente de Porto Alegre

Secretaria Municipal de Turismo

____________________________

Lembrando:

Estação das Docas. Inaugurado em Maio de 2000, o projeto adaptou 3 armazéns do Porto de Belém para ser um dos complexos turísticos mais visitados no Pará. Teatro, cinema, memorial, restaurantes, lojas de artesanato, sorveteria, cervejaria e um porto flutuante, de onde saem passeios fluviais, são algumas das atrações.

Estação das Docas - Belém

Estação das Docas - Belém

 

Mais uma lembrança:

O Puerto Madero, que revitalizou uma área morta da cidade de Buenos Aires, tornando-a uma das mais prósperas, com comércio, resataurantes, vida cultural, área sempre viva, com prédios comerciais e RESIDENCIAIS.

Puerto Madero - Buenos Aires

Puerto Madero - Buenos Aires



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá, TURISMO

Tags:, ,

11 respostas

  1. Estação das Docas um dos lugares mais lindos que já vi no mundooo , Belém do Pará e muito bonitaaaa,, da de 10 em muitas capitais ai..

    Curtir

  2. Belém do Para e uma das cidades mais bonita do mundo,vc chega no Para, e lá vc quer ficar.

    Curtir

  3. Muller, concordo contigo…
    A esquerda está boiocotando tudo e o Fogaça também está sendo um BANANA! Ele não faz nada!!!

    Incompetentes!

    Se ele “pensa” em se candidatar para governador, vai levar um não nas urnas igual ao Tarso Genro, que abandonou a prefeitura.

    Curtir

  4. Acho que não vou mais acessar esse site para não ficar sabendo da calamidade que se passa em Porto Alegre ante seus projetos tão necessários e bonitos para a cidade. Pessoas como B. Moesch simplesmente deveriam ser expulsos da cidade sem direito a retorno, são esse tipo de parasitas que infestam as pessoas que nada entendem e acabam se deixando influenciar. A cidade está sendo governada pelos ecoxiitas, eles tomaram conta e nada mais sairá. Fogaça! Tome vergonha nessa cara e comece a governar essa cidade, não deixe que essa menoria que votou CONTRA o PONTAL comece a votar contra tudo que for apresentado, voce sabe disso, portanto NÃO a consulta popular ou nada mais será construido de importante nessa cidade até que essa raça se extermine…

    Curtir

  5. Estive hoje à tarde na Câmara Municipal assistindo ao encontro “A Copa e o Guaíba, Repercussões Mútuas”, com ótimas palestras dos arquitetos Newton Paulo Baggio e João Farias Rovatti. Não havia muita gente, mas certamente tínhamos alguns espécimens dos contra-tudo presentes (inclua-se aí o sempre propositivo ver. B. Moesch), que não perderam tempo em monopolizar o debate com uma “argumentação” de dar dó. E mais uma vez ficou claro para mim que, a continuar esta ditadura de uma minoria vociferante, as tais mudanças para a Copa (ou quaisquer outras) decididamente jamais sairão do papel. E vamos continuar debatendo até o final dos tempos o que fazer das ruinas infestadas do Pontal, como revitalizar um cais abandonado, a implantação de míseros metros de ciclovia e por aí vai. Dia 24 próximo teremos mais outro capítulo – já anunciado hoje à tarde – desta cansativa e nauseante novela, com um desfecho mais do que previsto: o bombardeio do Projeto do Cais e novo referendo – troço bacana, gente! – decidido por nosso resoluto prefeito Fogaça. Que triste praga esta cidade carrega, meu Deus…

    Curtir

  6. Caramba, mas que belas imagens das docas de Belém do Pará. Não sabia que era assim. E depois os gaúchos vem contar vantagem e encherem o peito cheio de orgulho. Orgulho de quê?
    Mas a nossa luta e crítica não pode parar. Quem sabe a gente consiga ganhar esta batalha. Ganhar a guerra, porém, é dificil, pois povo mais dividido do que o riograndense, não existe!

    Curtir

  7. Este projeto só não sairá se os ecoxiítas forem consultados novamente. Mas creio que ta na hora dos governantes e legisladores, ESCOLHIDOS POR NÓS PARA DECIDIREM AS COISAS, tomarem suas posições e decidirem algo de positivo pra cidade. ELES NÃO SE DERAM CONTA AINDA QUE PODEM ENTRAR PRA HISTÓRIA DE 2 MANEIRAS:

    1. Como nada mais que um bando de vereadores e deputados qualquer

    2. Como importantes legisladores que resolveram investir na cidade e dar o que ela merece, reinventando o urbanismo e o turismo na capital dos gaúchos, tão atirada às traças ultimamente.

    ESTÁ COM ELES A ESCOLHA.

    GOVERNANTES E LEGISLADORES

    Curtir

  8. Acho que desta vez nem Tsunami vai tirar este projeto (espero eu!), pois o Pontal não foi aprovado, pois a maioria pensava que o Pontal seria casa para os “ricos”.

    Mas como em nossa cidade tudo é possível, é esperar para ver.

    Curtir

  9. Lembram da “marolinha” contra o Pontal??
    No caso do Cais, vai ser um verdadeiro “tsunami” vindo dos ecoxiitas do atraso!!

    Escrevam o que eu digo.

    Curtir

  10. Eu acho que vou começar uma novena por essa revitalização…hehehe… mas, falando sério, esse projeto é importantíssimo e imprescindível para o turismo da cidade e para a revitalização do centro. A prefeitura pode fazer camelódromo, revitalizar praças e asfaltar ruas (tudo muito válido) mas o nosso centro só terá vida quando revitalizarmos o cais. Com certeza esse projeto impulsionará outros empreendimentos. Imaginem podermos sair do Theatro São Pedro e termos segurança e conforto para, após uma peça, ir até o Cais para jantar ou apenas para passear! Seria demais!!! Ou ir num cinema do Cais e esticar o passeio até o Chalé da XV para um cafezinho… poderemos nos locomover pelo bonde histórico (a quantas anda esse projeto?)! Tomara que, agora, o Cais Mauá seja revitalizado.

    Curtir

  11. Será que vão achar que o projeto irá poluir nosso limpíssimo lago?

    Será um sonho o local, e espero que este seja aprovado sem gritaria…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: