Metrô Linha 2 está ameaçado !

Secretário especial da Copa sai frustrado de reunião para melhorias viárias na Capital

As obras viárias previstas para Porto Alegre sediar a Copa do Mundo de 2014 correm o risco de não sair do papel. O metrô, considerado prioritário pelos organizadores, é o empreendimento mais ameaçado.

estação-meninodeusNa reunião entre representantes dos governos federal, do Estado e o governo federal, ocorrida ontem, em Brasília, o ministro das Cidades, Márcio Fortes, jogou água fria nas pretensões gaúchas.

– É complicado. É um volume de recursos elevado. O prazo de maturação, o cronograma é longo – disse o ministro

Frustado com a posição do ministro, Fortunati ressaltou que os gaúchos deverão se mobilizar para mudar a postura do governo.

– Teremos que nos unir e pressionar. Temos de mostrar que é possível, do contrário ficaremos só no sonho – declarou Fortunati.

Segundo o secretário, a fórmula já anunciada pela própria Trensurb, das Parcerias Público-Privadas, é alternativa mais viável para que o empreendimento fique pronto a tempo de encontrar a Copa do Mundo de 2014.

A proposta, porém, não surtiu efeitos no ministério das Cidades, responsável por liberar os recursos. As obras do metrô, que prevê 34 quilômetros de linhas, estão orçadas em R$ 2,5 bilhões.

Além do metrô, outras obras estão ameaçadas, como as duplicações das avenidas Beira-Rio e Tronco.

O governo federal sinalizou que não deverá investir diretamente nos municípios e que os empreendimentos terão de ser executados a partir de financiamentos.

Essa possibilidade revoltou o secretário especial da Copa do Mundo da Capital, José Fortunati.

– Saio com um gosto amargo. Em momento algum o governo propôs investir em Porto Alegre. Eles disseram que tem R$ 5 bilhões para financiar obras. Eles não estão entendendo o seu papel na Copa. Nós já temos uma série de financiamentos e nossa margem de endividamento está quase no limite. Como poderemos fazer as obras necessárias assim? – lamentou

ZH

__________________________________

Isto é Porto Alegre ! Isto é Rio Grande do Sul ! Isto é política !

Querem mais ?



Categorias:COPA 2014, Metro Linha 2

Tags:,

14 respostas

  1. Para fazer Metrô em SP ou em RIO de Janeiro , o governo federal sempre tem dinheiro liberado , em SÂO PAULO tem obras de metrô todos os dias nos quatro cantos da cidade, por que os gauchos não podem ter ??? Desde do tempo de Getulio Vargas existe a promessa desse metrô de Porto Alegre, ja virou piada esse assunto, entra governo e sai governo, entra projeto e sai projeto , mas sempre tem impecílios para os gaúchos, quando o governo se dispõe a fazer e ajudar a obra sai do papel da noite para o dia, mas é só quando “eles querem”, porém quando a população precisa de uma obra para melhorar sua mobilidade urbana com mais rapidez e eficiência, é negado, temos de andar dentro de ônibus lotados, trânsitos exaurídos, em fim sempre a população se ferrando … esses políticos e donos de empresas de ônibus são uns interesseros, tem que andar de onibus tbm como os trabalhadores todos os dias, vamos ver se eles iriam aguentar uma semana que fosse… Onibus é coisa do passado!!!
    vejam os paises desenvolvidos … qual será o meio de transporte urbano mais utilizado ??? lamento muito nosso atraso de vida em função de meia dúzia de Políticos e Empresários…

    Curtir

  2. Governo de MERDA! Frustante! Agora se é pras obras de SP e RJ eles liberam toda grana que quiserem…

    Curtir

  3. Mas apesar de lamentar a pouca informação divulgada para a população das vantagensXdesvantagens de MetroXBRT e achar que direcionar a cidade para a modernização do seu transporte coletivo é o mínimo que se espera de um governante atual, dou Graças a Deus por termos no poder alguém que pensa desta maneira. Caso contrário, seria ou será de dar pena da população daqui a alguns anos. E nós portoalegrenses não merecemos isso. É por isso que acho que Deus escreve certo por linhas tortas.
    Abraço a todos

    Curtir

  4. Estes comentários estão bons demais. Aprendi muito 🙂
    E quero também deixar registrada aqui minha indignação com a pouca importância que é dada (pelos governantes e pela população) para a modernização do transporte coletivo de Porto Alegre.
    Independente de termos ou não o metrô é urgente a necessidade de melhorarmos nosso transporte coletivo! Está na cara. Caso alguém conheça Curitiba ou Bogotá saberá do que estou falando. Temos o direito a ter um transporte público moderno, eficiente, rápido, confortável, confiável, etc, etc, etc E isto NAS MESMAS VIAS EM QUE OS ÔNIBUS PASSAM ATUALMENTE. E se conseguirmos o metrô, melhor. Metrô e BRT não são excludentes, são complementeres! O metro custa 2,5 bilhões e o BRT 100 milhões! 25 X + ?
    E o que me indigna é que nenhum político sabe disso para explicar para a população.Ou faz que não sabe? O único que falou algo foi o atual porque era o mínimo que se esperava dele. Mas as explicações também pararam por aí.
    E por isso todos só falam em metro, metro, metro. Enquanto nosso sistema de transporte coletivo sobre rodas está ultrapassado, ineficiente, desconfortável, etc, etc
    A população precisa ser esclarecida para poder opinar.

    Curtir

  5. Era evidente que o governo federal não disporia desses 2,5 bilhões necessários para construir o METRÔ de porto Alegre.

    É só acompanhar os investimentos federais feitos ou propostos para o RS nos últimos anos .

    A duplicação da BR-101, só na parte do RS, custou 1 bilhão de reais, mas esse investimento será concluído em 7 anos (150 milhões/anos). Agora teremos a Estrada do parque ao custo de 800 milhões em 3 ou 4 anos de obras (200 milhões/ano). Sem contar outro tanto de recursos para a estensão do Trensurb até Novo Hamburgo.

    Sabem quanto a União arrecada aqui no estado? Mais de 30 BILHÕES de reais em cada exercício fiscal.

    O problema é que, apesar de contar com muitos recursos proveniente de uma carga tributária sem precedentes na história do Brasil, a União tem uma BAIXA CAPACIDADE DE INVESTIMENTOS.

    Isso acontece porque os gastos com SALÁRIOS dos servidores públicos federais e o CUSTEIO da máquina pública cresceram descontroladamente no governo Lula, muito além do aumento das arrecadações.

    Para que fossem supridas as necessidades de infraestrutura do país (estradas, trens, metrôs, portos, hidrovias…), a União deveria investir 10% do que arrecada, no mínimo.

    Com esses 3 bilhões de reais para investir todos os anos no RS, aí sim poderiamos ter o METRÔ de Porto Alegre e outros sonhos concretizado.

    Curtir

  6. Pois bem, como é de se esperar, na próxima eleição ganhará o Serra, e Yeda perderá para o Tarso e vamos continuar assim, sempre na contra-mão do país!

    Na real, do jeito como estava este projeto ridículo do metrô, melhor que não saia mesmo. Deveriam fazer um aeromóvel bem legal contornando a orla, até o estádio ou até o Barrashopping.

    O metrô deveria sair da FIERGS, passar pela Assis Brasil, ter uma estação no Bom Fim para pegar os universitários (já que trocentas linhas passam por aqui) e cair no centro.

    Como já disse em um post anterior, no máximo o Beira-Rio vai ter teto e irão pintar o meio-fio de verde-amarelo!!!

    E VIVA O ATRASO!

    Curtir

  7. Em recente entrevista, neste blog, Afonso Senna, disse aquilo que já sabíamos. Em 1998 havia um projeto de metrô com estudo econômico e de demanda e tudo mais, mas a politicagem da época impediu. O PT administrava Porto Alegre e era interesse boicotá-lo, pois os “dividendos políticos”, iriam para o partido do Sr. Eliseu Padilha. Não deu outra em 1999 ganhou o Olívio. Boicotaram também a extensão da Trensurb e conseguiram atrasar 7 anos sua implantação, para agora se regozijarem dela.
    O metrô proposto atualmente, não possui demanda suficiente que o viabilize (interessante que nas mil e uma entrevistas ou matérias sobre o tema não se falou em demanda, e nunca ninguém perguntou, nem na Assembléia Legislativa). Se fosse construído, os trens andariam vazios e comprometeria a continuidade da obra. O projeto esta no local errado.
    A copa serve apenas para o oportunismo político, inicia a obra, rola dinheiro, empurra-se com a barriga, rola dinheiro, tem aditivos, e rola dinheiro de novo, inaugura uma estação com um monte de políticos, continua a obra, mais aditivo. Eles não estão preocupados com o fim da obra, não há metas para o povo. Metas só para a próxima eleição.
    Parece que estamos cada vez mais longes da dignidade, da cidadania e do bem estar. Creio que não há saída, nem nas próximas eleições, porque lá estarão os mesmos que ganharam ou os mesmos que perderam na última. Alias os que perderem, serão secretários, chefes de gabinetes, assessores, etc, e continuarão influenciando nas decisões. Na mudará.

    Curtir

  8. Ainda bem que ano que vem tem eleicao. Se bem que devem trocar os governos dos dois lados e fica tudo na mesma.

    Curtir

  9. Tática eleitoreira. Assim forma-se uma pressão, uma “necessidade” de eleger o PT no estado na próxima eleição, afim de salvar Porto Alegre na copa. Ninguém merece, mas isso é Brasil.

    Curtir

  10. Se quase impediram um empréstimo de R$100 milhões (que vem de fora), é inteligente acreditar que nos “dariam” R$ 2,5 BILHÕES? hahahahahahahahahahahahahahaha

    Curtir

  11. Se isto realmente estiver acontecendo, de o governo federal estar boicotando cidades com uma distribuição injusta dos investimentos, o que terá conseqüencias permanentes e a longo prazo para todas elas, é de grande valia o seu desconhecimento da importância dos “Portais” para a modernização do transporte coletivo da cidade.
    Significa que a COFIEX permitiu que Porto Alegre conseguisse o emprestimo de 100 milhões para os Portais, somente por achar que não ganharíamos muito com isso.
    Estes são os governantes que merecemos? Ainda temos muito a evoluir para nos tornarmos desenvolvidos e pertencer ao 1 mundo desta civilização.

    Curtir

  12. Mas e como conseguem evitar as obras que não dependem do governo federal, mas de investimentos da prefeitura ou privados?
    Através da pressão de ONGs pseudo-ecológicas.
    Já conseguiram interromper as obras do Pontal, que iriam ser uma grande atração turística, até por estarem próximas do Beira-Rio e terem uma grande vista do Centro e do Guaíba. E isso graças à covardia e inocência do prefeito.

    Só espero que não consigam fazer o mesmo com o Cais, é esperar para ver.

    Curtir

  13. Todas as obras para os 3 Estados da oposição – Rio Grande do Sul, São Paulo e Minhas Gerais – vão ser podadas.
    Até o financiamento do BNDES para os estádios da copa 2014 não vai sair para os estádios privados (com a desculpa de que não são públicos), – e não por acaso os estádios privados estão nesses 3 Estados.

    Interessante que não querem autorizar o financiamento para os portais porque iriam “competir” com o metrô, e depois não autorizam o metrô!

    É uma vergonha! E fazem isso de maneira totalmente impune, porque poucos ficam sabendo.

    Curtir

  14. É, isso é política. É a política do PT. É a política de “podar” estados que não tem o PT no governo. O ministro cortou né….. será que ele cortaria ou negaria apoio se o PT governasse o estado?? Ou se o PT estivesse na prefeitura??

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: