Obras no Estádio Beira-Rio começam

É o que informam, em entrevista, os arquitetos do Hype Studio 

Implantação do projeto do novo Beira-Rio (imagem: Hype Studio)

Implantação do projeto do novo Beira-Rio (imagem: Hype Studio)

Os responsáveis pela modernização do Estádio Beira-Rio são os arquitetos Fernando Balvedi, Gabriel Garcia e Maurício Santos, da Hype Studio. Nesta entrevista exclusiva, eles explicam como deverá ficar o estádio após 2013, ano previsto para a finalização das obras.

 

 

 

Como estão indo as obras de modernização do estádio Beira-Rio?

Maurício – A reforma do Beira-Rio de fato já começou. O Inter está bastante adiantado, se pensarmos no cronograma de obras para a Copa. O clube já tem um Plano Diretor para nortear as futuras intervenções em todo o estádio, e grande parte delas estão em desenvolvimento no projeto executivo. É o caso da arquibancada e da cobertura, cujas obras deverão ser iniciadas até o segundo semestre de 2009. A cobertura já passou por ensaios em túnel de vento e o cálculo estrutural está em estágio avançado. Algumas reformas já foram concluídas, como é o caso do novo setor administrativo e da nova loja do clube. O museu está em obras, com inauguração prevista para breve. Todas as reformas devem ser finalizadas entre o final de 2012 e o primeiro semestre de 2013.

Como a equipe de arquitetos da Hype Studio definiu sobre como deveria, ou deverá ficar, o Complexo Beira-Rio?

Fernando – Foi um longo processo, desenvolvido sempre junto à diretoria e outros profissionais da área e contando com o respaldo da torcida. Muitas aspirações dos torcedores chegaram até nós por meio dos diversos canais que a internet hoje permite. É preciso salientar que o projeto mais abrangente para toda a região do entorno do estádio ainda está na etapa inicial, recebendo revisões e melhorias em função de outros estudos (como o de tráfego e impacto ambiental) e da negociação próxima com o poder público.
 
Quais são os estádios no mundo, principalmente na Europa, que serviram como modelo para esta modernização do Beira-Rio?

Gabriel – Entre outubro e novembro de 2007 visitamos 15 estádios europeus, incluindo a maioria dos estádios da Alemanha que sediaram partidas da Copa de 2006. Dentre os que ofereceram maiores referências para a nossa intervenção, podemos destacar o Estádio Olímpico de Berlim e o Allianz Arena de Munique.
 
O projeto foi apresentado à Fifa, durante visita da comitiva a Porto Alegre. Qual a reação dos representantes da entidade?

Gabriel – Os inspetores da Fifa são muito profissionais e em geral procuram não transparecer  suas impressões. No entanto, Porto Alegre está bem preparada para receber os jogos e os projetos já estavam bastante adiantados. Então, foi consenso entre os que estavam presentes a sensação de que eles gostaram do que viram.
 
Com a modernização, a capacidade de público do Beira-Rio será diminuída?

Fernando – Pelo contrário, hoje o Beira Rio conta com 56 mil lugares e nossa meta é chegarmos aos 60 mil assentos, contando com a ampliação da arquibancada inferior e novos camarotes.
 
Quais as principais intervenções do projeto?

Maurício – No Beira-Rio, nosso projeto consiste em uma cobertura para o estádio, reforma e ampliação da arquibancada inferior, reformulação interna (administração, tribuna principal, restaurantes, novas suítes etc). No entorno do estádio, nosso projeto prevê duas torres de hotel, centro médico, centro de convenções, marina pública e centro cultural do samba. Mas estas intervenções ainda estão em fase de aprovação junto à Prefeitura .
 
Pela proposta de vocês, o projeto original do estádio Beira-Rio em alguma medida será mantido?

Fernando – O novo projeto busca uma considerável melhoria nas condições de uso do estádio; para tanto, muitas modificações estão previstas. A situação atual, no entanto, permite que estas modificações sejam realizadas sem grandes alterações estruturais. O projeto procura aproveitar ao máximo a estrutura existente, evitando assim altos custos e minimizando os transtornos que obras como essa, de adequação do estádio, possam trazer.
 
Dois representantes da Hype Studio estiveram na África do Sul (sede da Copa de 2010) no final do mês de abril. Esta visita tem a ver com a modernização do Beira-Rio?

Gabriel – Sim, a visita foi realizada por representantes do clube, juntamente com membros do corpo técnico responsável pelos projetos. Foi uma oportunidade excelente para conhecermos melhor as situações com as quais iremos nos deparar dentro de pouco tempo. Muitos projetos realizados por lá têm características bastante semelhantes às que estamos desenvolvendo. Tivemos contato com os profissionais responsáveis pelos projetos e pelas obras dos estádios, e fomos recebidos diretamente por eles. Em dez dias, nosso programa incluiu palestras técnicas e visitas completas aos canteiros de obras. Formamos uma base de conhecimento que será de valor inestimável para o bom andamento futuro dos projetos e das obras do Beira-Rio.

Fonte: http://www.copa2014.org.br/

Esta notícia não é atual, mas resolvi colocar aqui para não acharmos que nada anda em Porto Alegre.

Primeiros pilares de sustenção já foram instalados no estádio

Um dia depois de surgirem rumores de que a Fifa estaria descontente com o ritmo de construções e reformas dos estádios que sediarão a Copa do Mundo de 2014, o Inter anunciou que já começaram as obras para a cobertura do Beira-Rio.

Segundo o site oficial do clube, já foram instalados cinco pilares de sustentação da estrutura que cobrirá todo o estádio. Os pilares foram construídos em frente à loja do clube e ao futuro museu.

O Beira-Rio é o estádio escolhido para sediar os jogos do Mundial em Porto Alegre. O projeto de remodelação do estádio, denominado Gigante para Sempre, está previsto para terminar até o final de 2012.

Cinco pilares de sustentação da cobertura já foram instalados no Beira-Rio

Cinco pilares de sustentação da cobertura já foram instalados no Beira-Rio



Categorias:COPA 2014, Gigante para Sempre (Beira Rio), Grêmio e Inter

Tags:, ,

2 respostas

  1. vai ficar incrivel,é lindo,sensacional,nunca vi coisa alguma que seja como isso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  2. Boas noticias ! Mas quero ver se vão tirar os LIXOS que tem naquela parte da avenida: depósitos, depósito de lixo, príncipío de favela, casebres, oficinas de quinta categora, borracharias horrendas, matagal, coisas abandonadas…

    Já foram postadas fotos aqui do trecho MEDONHO a que me referi.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: