PARA REFLETIR

O que separa o Guaíba da cidade, não é o muro da Mauá.

E sim, os armazéns do cais do Porto !

Gilberto Simon



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Eu concordo com tudo isso e acrescento que o nosso bairrismo, de achar que tudo que é daqui é melhor.

    Curtir

  2. O que nos separa do Guaíba é o muro na cabeça de muitos porto-alegrenses, que se acham a vanguarda do mundo, mas não passam de um bando de radicais RETRÓGRADOS.

    Curtir

  3. Além dos armazéns, que até podem ser aproveitados na revitalização, do muro, já comprovado que não precisa ter mais que um metro e meio, isso considerando ainda a questionável existência de um muro, o grande desafio é a própria Avenida Mauá. Em todos os projetos já expostos, dentre as mais diversas propostas, o grande problema se dá na travessia de pedestres do centro para o cais. Ou se vê passarelas, ou túneis ou apenas faixas de segurança. Esta é a grande barreira da Mauá. Nenhuma delas parece satisfazer realmente a questão. è algo que deve ser muito bem estudado para não ser feito em vão. Vejo nessa área um enorme potencial para ser a nova zona boêmia da cidade. Sucesso garantido. Basta investir!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: