Projeto que isenta taxa em shopping avança

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou ontem projeto que prevê isenção de taxa de estacionamento nos shoppings e hipermercados do Estado para os clientes que tenham gasto nas lojas o equivalente a 10 vezes o valor cobrado para estacionar.

O projeto, do deputado Alceu Moreira (PMDB), segue agora para a análise da Comissão de Serviços Públicos da Casa. A expectativa é que o parecer seja apresentado em 30 dias. Depois, o texto fica apto a ser votado em plenário, o que deve ocorrer em até 60 dias, segundo o parlamentar.

Moreira explica que o objetivo é priorizar o shopping como local de consumo, já que, devido à violência e à redução dos espaços para deixar os carros nas ruas, os centros comerciais se firmaram como opção de estacionamento inclusive para não clientes.

– Isso acabou gerando a cobrança integral e generalizada dos veículos estacionados, penalizando o cliente do estabelecimento – diz Moreira.

Procurada, até as 20h de ontem a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) não havia fornecido um posicionamento sobre o tema.

O projeto
A proposta ainda precisa ser aprovada pela Assembleia:
– Ficam isentos de taxa de estacionamento em shoppings e hipermercados os clientes que gastarem em compras o valor equivalente a pelo menos 10 vezes o valor cobrado pelo serviço.
– O cliente poderia somar valores de mais de um estabelecimento de um mesmo centro comercial.
– Para comprovar os gastos, o cliente deverá apresentar notas fiscais emitidas no mesmo dia.
– A isenção seria válida para um limite de quatro horas de permanência.

 

ZH



Categorias:Outros assuntos, Shopping Centers

Tags:, , ,

1 resposta

  1. Como um deputado pode ser tão tolo?!

    O shopping é que decide se quer ou não priorizar-se como zona de consumo ou como estacionamento.
    Se o estacionamento é abusivo, então não vá ao shopping caro Alceu Moreira.

    A verdade é que tanto as pessoas que vão para comprar quanto as que vão para estacionar escolhem o shopping por causa da segurança.

    E essa medida de isentar clientes faz as pessoas que usam o carro no comércio de rua migrem para o shopping, prejudicando os outros estabelecimentos, tornando as ruas mais perigosas e fazendo com que mais gente prefira estacionar no shopping que na rua. Aliás, essa media é um incentivo ao uso do carro nas compras, uma burrice sem fim.
    Para o shopping não é interessante, pois ele perde a autonomia do seu estacionamento.

    Os únicos beneficiados são as pessoas de classe média alta que hoje usam preferem a segurança do shopping mesmo pagando para deixar o carro.

    Curtir

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: