Sobre morar no Cais Mauá

Vereadores de Porto Alegre estão preocupados com a construção de edifícios residenciais no Cais Mauá.

A proposta que tramita na Câmara Municipal prevê o uso residencial, o que entraria em colisão com o resultado do referendo para área do Pontal do Estaleiro.

Na consulta, a população disse que não quer essa possibilidade de aproveitamento da orla.

Os condutores do projeto de revitalização, no entanto, garantem que a autorização é apenas para a construção de flat e apart-hotel.

Também alertam que a venda de imóveis residenciais é impossível, pois a área é pública.

ZH

__________________________

Não entendo como podem citar o tal do referendo que obteve participação equivalente a 1,8% do eleitorado porto-alegrense. Ele não representou nada, não nos disse nada. Por que estes vereadores insistem em valorizar um instrumento que não tem nenhuma representatividade da população? Eles, sim, possuem legitimidade em aprovar ou não alguma coisa, pois foram eleitos como representantes da população por cerca de 1 milhão de eleitores. Eles mesmos se auto-menosprezam. Será que eles não se sentem capazes ? Ou será que não querem contrariar aquelas (apenas) 18 mil pessoas que votaram no Não no referendo do Pontal ?  Incrível !



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Digo mais. Deveriam anular aquela consulta pública ridícula. Pra valer de verdade, a votação deveria ser obrigatória, já que nas eleições o voto é obrigatório. Se tivesse sido obrigatório, o sim teria esmagado o não.

    Curtir

  2. O vereaodres tem medo de se posicionar!
    Isso tem nome… voces já sabem.

    Curtir

  3. O referendo foi muito mal feito e os vereadores sabem disso. Quem queria que a área fosse aproveitada, que deixasse de ser um lixão ficou em casa, pois algo de bom já sairia lá, independente do resultado do referendo. As 18 mil pessoas que votaram são as únicas insatisfeitas com tal projeto. Tem uma meia dúzia de gato pingado que luta para manter Porto Alegre no século passado e só posso crer que estão à espera de tentativas de suborno dos empresários. Essa “esquerda” que paga assessor para levar dinheiro na cueca, que se envolve em escândalos de Mensalões, que anda de carro zero e usa roupa surrada para parecer povão, não nos servem e não representam o povo de Porto Alegre. Já perderam a Prefeitura e o Estado. Logo, suas vagas de vereador serão ocupadas pelos progressistas e trabalhistas.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: