A Aeroeletrônica e as indústrias de ponta em Porto Alegre

Esta indústria de ponta que o grupo gaúcho Aeromot instalou em Porto Alegre e que depois vendeu para a israelense Elkbit Systems, a Aeroeletrônica, triplicará de tamanho até 2012.

O número de empregados passará dos atuais 150 para 500.

A expansão deve-se basicamente a duas decisões da matriz:

1) O repasse para a Aeroeletrônica do contrato de US$ 50 milhões para modernizar 70 aviões militares.
2) A transferência para Porto Alegre dos serviços de manutenção dos helicópteros Pampa que a Elbit fabrica na Argentina.

As informações desta nota já haviam sido passadas a Porto Alegre, mas foram confirmadas nesta sexta por um dos membros da comitiva gaúcha que acaba de visitar Israel.

– Porto Alegre, 1,5 milhão de habitantes, taxa de expansão demográfica muito baixa (0,8% ao ano), centralizou sua economia no setor de serviços e comércio, além do setor industrial de alta tecnologia. A falta de uma política pública clara, redonda, inteligente, tem impedido que serviços e indústrias de ponta avancem. Os setores públicos federal, estadual e municipal operam de modo estanque e pouco inteligente em Porto Alegre. A maior parte dos empreendimentos é obra do acaso.

Políbio Braga



Categorias:Aviação

Tags:, , ,

%d blogueiros gostam disto: