Orla do Guaíba preservada

A Câmara de Porto Alegre aprovou emenda ao Plano Diretor da cidade de preservação permanente das margens do Guaíba, não permititindo atividades que contribuam para descaracterizar ou prejudicar atributos e funções essenciais da orla da cidade.

Decisão garante o que já é previsto na Lei Orgânica do Município.

Os vereadores começaram a votar primeiro as emendas rejeitadas ou aprovadas na Comissão Especial e que tiveram pedido de destaque para a votação em Plenário.

Desde que chegou à Câmara, em setembro de 2007, a proposta do governo municipal de revisão do Plano Diretor teve 432 sugestões de ajustes, entre emendas de vereadores, relatores e do Fórum de Entidades, que acompanhou a discussão do projeto.

Nesta primeira etapa de votação, o Plenário analisa 154 emendas destacadas, sendo! que destas 85 foram aprovadas, e 69 rejeitadas pela Comissão Especial. A Câmara realizará sessões extras para terminar as votações até 27 deste mês.

Affonso Ritter



Categorias:ORLA

Tags:, , ,

4 respostas

  1. Estes sim podemos chamar de políticos conservadores! Querem conservar a orla abandonada. Usam um discurso pseudo-ecologico para cometer essas burrices, temos um sério problema administrativo e ainda pensamos ser “politizados”. Curitiba, BH e outras capitais não tem orla e ainda assim são opções turísticas muito mais interessantes que Porto Alegre.

    Curtir

  2. “Não permititindo atividades que contribuam para descaracterizar ou prejudicar atributos e funções essenciais da orla da cidade.”

    Quais são os atributos e funções essencias da orla de Porto Alegre que não podem ser descaracterízados mesmo?

    – depósito de lixo;
    – esconderijo de bandidos,
    – camuflagem de maconheiros…

    Curtir

  3. Resumindo, nunca teremos o Pontal do Estaleiro, nem o complexo do Inter como no projeto. Não consigo entender que mal tem em deixar a margem aconchegante, limpa, com acesso prático e bonito como calçadões, mirantes, como acontece em todas as cidades que valorizam suas orlas no mundo todo. Qual o motivo desse fanatismo de preferirem mato, lixo, e como disse o Gil, abrigo de traficantes e marginais? O que a população fará com uma orla assim? Terá que comprar uma roupa de escoteiro, contratar um bom segurança para chegar a ela e não ser assaltado…

    Curtir

  4. São loucos!
    Em vez de usarem a orla como uma fonte de lazer para todos os porto-alegrenses, e até gaúchos, preferem que vire um mato, abrigo de traficantes e marginais!
    Em nenhum lugar do mundo é assim! Ninguém é tão burro…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: