Fenômenos climáticos e o descaso das tais secretarias do meio ambiente

O professor Eugenio Hackbart, da MetSul Meteorologia, avisou que a coisa ia ser feia.

Está no Correio do Povo:

A MetSul Meteorologia alerta para um cenário meteorológico potencialmente preocupante nesta quinta-feira. Projeções computadorizadas indicam que uma frente fria se intensificaria muito sobre o Uruguai ainda na primeira metade do dia, gerando chuva em volumes elevados a extremamente altos em curto períodos com tempestades de vento e granizo no país vizinho. Algumas tempestades de vento e granizo no território uruguaio poderiam ser destrutivas, considerando os valores de pressão atmosférica muito baixos (inferiores a 1.000 hPa) projetados para a região.

Ao contrário do que fez Cléo Ventinho no período que antecedeu ao furacão Catarina. Mas isso é outra coisa.

—–

NÃO TEVE CICLONE ONTEM NO ESTADO, AO CONTRÁRIO DO QUE DIZ A RBS!! E SIM TEMPORAIS, POR CAUSA DE UMA FRENTE FRIA.
Aí pergunto: Para que serve a Defesa Civil?
Por que não usam os espaços disponíveis nas TVs e rádios para alertar a população?
Por que não falam que, quando um temporal está chegando, as pessoas não podem sair pelas ruas? Será que não evitariam as mortes, por queda de muros, por exemplo?

O que mais irrita, depois de uma catástrofe como a de ontem, é o criminoso papel dessas secretarias de meio ambiente e seus “técnicos”. Tente, apenas tente pedir para que podem uma árvore ou ao menos que cortem alguns galhos. Os “técnicos”, cheios de razão, dizem que podar uma árvore é crime, e te enchem de explicação.
Invente de dizer que uma árvore na sua rua está comprometida, está cai-não-cai, e os “técnicos” ficam tiriricas. Montam num porco.

Aí, ontem, vocês viram, né?

Mais de 200 árvores foram derrubadas. Só falta culparem o vento. Claro que o vento ajudou, mas se podassem esse absurdo número seria muito menor.

O PAPEL DESSES “TÉCNICOS” É CRIMINOSO!!

Justiça seja feita: Se um galho está ameaçando a rede elétrica, a CEEE não quer nem saber: vem com a motosserra e bota abaixo.

Ontem, mais infelizes morreram por causa da queda de muros.

Repito: Tem temporal, ninguém tem que andar nas calçadas. É um risco.

Os creas da vida e as secretarias de obras são tão ciosos com as construções novas, mas não estão nem aí para esses prédios abandonados.

E não falo nem nas marquises. Há muito anos que fujo das marquises como o diabo da cruz.

José Luiz Prévidi, jornalista



Categorias:Meio Ambiente, Outros assuntos

Tags:, , , ,

1 resposta

  1. É verdade. Mas mais do que galhos e árvores, prédios altos também são um perigo, principalmente se tiverem vidro nas fachadas – a tempestade leva tudo embora, e quem estiver onde os cacos caem corre sério risco de vida!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: