Araújo Vianna ganha novo parceiro

Finalmente as respostas que aguardávamos

Depois de quatro anos e meio interditado, o Auditório Araújo Vianna pode finalmente ser reformado e voltar a receber shows e outros eventos nos próximos anos.

Oespaço, fechado desde abril de 2005, deve ser reaberto graças a uma parceria público-privada entre a prefeitura de Porto Alegre, proprietária do local, e a Opus Promoções, vencedora da licitação para restauração. Ontem, a Opus, que já havia anunciado a Vonpar como uma das patrocinadoras das obras, confirmou a Oi como maior investidora. No total, a reforma deve custar mais de R$ 10 milhões.

– Só não começamos as obras ainda porque estamos no aguardo de uma liberação da prefeitura – explica Edgar Ruther, gerente comercial da Opus.

Instalado no Parque da Redenção desde 1964, o Araújo Vianna ganhou reformas parciais, que incluíram a inauguração de uma cobertura de lona, em 1996. Ao longo dos anos, a deterioração do novo teto, somada a outros problemas como infiltrações, pichações e a ocupação do entorno por moradores de rua, acabou determinando interdições pontuais – até seu fechamento total e a conclusão de que só uma grande restauração poderia torná-lo novamente apto a receber o público.

Com capacidade para 3 mil pessoas, o Araújo deve fechado com uma cobertura fixa de madeira. O projeto prevê ainda vedação do auditório, com climatização, poltronas de teatro, bar e melhorias em sua acústica.

Ruther, que segue em busca de patrocínio, diz que as obras não devem durar mais que 18 meses. A última previsão, de que o auditório pudesse ser reinaugurado em 2010, no entanto, não deve ser cumprida.

O acordo
– A parceria público-privada prevê que a Opus Promoções e as empresas patrocinadoras dividam o uso do auditório nos próximos anos da seguinte forma: à prefeitura caberá determinar a programação em 25% dos dias do ano; à Opus, os 75% restantes.
– A Coordenação de Música da Secretaria da Cultura de Porto Alegre e a Banda Municipal continuarão utilizando parte das dependências do Araújo depois das reformas.
– A vida útil do novo auditório será de 40 anos, preveem os arquitetos responsáveis pelo projeto.
– Em 2007, o auditório completou 80 anos de fundação _ desde 1964 sua sede está localizada no Parque da Redenção.

 

ZH



Categorias:Cultura, Outros assuntos

Tags:, , , ,

%d blogueiros gostam disto: