Conselho do Grêmio voltará a discutir contrato da Arena na próxima semana

Após debate sobre orçamento, presidente Raul Régis de Freitas Lima abrirá espaço para tratar do novo estádio
O Movimento Grêmio Acima de Tudo, liderado pelo ex-presidente Hélio Dourado, contesta o contrato estabelecido entre o clube e a empreiteira OAS para a construção da Arena Tricolor. A facção avalia que os associados serão os maiores prejudicados, por perderem todos os seus direitos com a obra.
Na próxima segunda-feira, dia 21, os conselheiros do clube estarão reunidos para a aprovação do orçamento de 2010. Depois disto, o presidente do Conselho, Raul Régis de Freitas Lima, abrirá espaço para a discussão sobre o novo estádio.
O contrato já foi votado e aprovado pela maioria dos integrantes do Conselho Deliberativo do Grêmio, entretanto, o presidente Duda Kroeff não descarta uma alteração em algum ponto do que havia sido estabelecido.
– Isto já foi votado e aprovado pela maioria. Agora, sempre a gente pode rever. A OAS faz reuniões com a Grêmio Empreendimentos e tem se mostrado parceiro do Grêmio em todos os sentidos. Evidente que podemos conversar sobre qualquer cláusula do contrato. Mas esta discussão vem mais por parte de um grupo de conselheiros que tem um sentimentalismo muito grande com o Estádio Olímpico. Eu também sou apaixonado pelo Olímpico, mas a Arena é o futuro do Grêmio – avalia Duda Kroeff.
Estarão presentes na reunião integrantes da Grêmio Empreendimentos e da OAS.

ZH



Categorias:COPA 2014, Grêmio e Inter

Tags:

%d blogueiros gostam disto: