NOTA OFICIAL sobre o transporte de trilhos do Trensurb

NOTA OFICIAL

O Consórcio Nova Via esclarece que os trilhos utilizados na obra de ampliação da linha 1 do Trensurb não são fabricados no Brasil. A Arcelor Mittal (empresa contratada para o fornecimento dos trilhos) é uma das maiores fabricantes no mundo, com uma de suas fábricas em Gijon, na Espanha. A empresa foi escolhida pelo fato de atender as melhores condições técnicas e prazo de entrega. Cabe lembrar que o Consórcio é ressarcido pelo material posto na obra. O navio Onego Ponza, que transportou os trilhos, não foi fretado especificamente para esta entrega, trazendo outras cargas. Ele saiu do Porto de Gijon, na Espanha, parando nos Portos de Santos, São Francisco do Sul/SC e chegando a Rio Grande com 20 pés de calado, acima da capacidade de navegação para chegar até Porto Alegre, pois o Porto da capital tem capacidade apenas para navios de no máximo 17 pés.

É importante esclarecer que o Consórcio Nova Via é obrigado a contratar um despachante aduaneiro responsável pelo desembaraço e transporte do material até o local da obra. Já a opção de transporte terrestre, no lugar da barcaça, por exemplo, se deu em função da redução do número de operações de carga e descarga, otimizando o processo e reduzindo o risco de avarias na mercadoria e não comprometendo a qualidade da mesma.

O transporte terrestre vem sendo realizado com carretas abaixo dos padrões de peso estabelecidos pelo DNIT.

Consórcio Nova Via.

Jornalista Responsável:
Karina Abrahão – Mtb. 12513

Executivas de Contas – (51) 8144-0340
Cristiane Thomas e Rochele Prass – Assistentes de Comunicação
Eliana Camejo Comunicação Empresarial Ltda

(51) 3346.4642

camejo@camejo.com.br

www.camejo.com.br

Texto enviado por e-mail ao Blog Porto Imagem pela Karina Abrahão, jornalista do Consórcio Nova Via



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

%d blogueiros gostam disto: