ULBRA TV erra ao discriminar Babalorixá

Intolerância reforça urgência da Marcha pela Liberdade Religiosa
 
A 2ª Marcha pela Vida e Liberdade Religiosa, que acontecerá conjuntamente à Caminhada de Abertura do Fórum Social Mundial 2010, dia 25, na próxima segunda-feira, se justifica cada vez mais pelos lamentáveis episódios de intolerância e preconceito contra as religiões de matriz africana. Na noite desta terça, dia 19, o Babalorixá Diba de Yemanjá, vice-presidente da CEDRAB (Congregação em Defesa das Religiões Afro-Brasileiras) foi impedido, por motivo religioso, de dar uma entrevista numa emissora de televisão (ULBRATV) em Porto Alegre para a qual foi convidado. O apresentador do programa justificou que o canal de TV é luterano e que, portanto, não poderia contemplar outras religiões. Babá Diba lembrou-lhe que as emissoras de telecomunicação utilizam concessões públicas e que, em função disso, não podem discriminar qualquer religião, muito menos num Estado laico e que tem em sua Constituição um artigo que defende a liberdade de crença e culto.

O sacerdote, que é uma das principais lideranças no país na defesa da liberdade religiosa e dos direitos dos fiéis das religiões afro-brasileiras, registrou a ocorrência na delegacia logo após o incidente.

Mais informações: http://bit.ly/5r5Qoe

Fonte: e-mail recebido direto da entidade Didá-Ara (http://dida-ara.blogspot.com/)

_____________________

O Rio Grande do Sul mais uma vez dá um exemplo negativo de conduta. As emiossoras de TV no Brasil são todas concessões federais, ou seja, não pode haver nada que seja inconstitucional na programação das mesmas. ULBRA TV acaba de cometer grande erro. E, com razão, o babalorixá foi à delegacia formalizar a queixa.  Lamentável !



Categorias:Cultura, Outros assuntos

Tags:, ,

1 resposta

  1. Concordo em genero numero e grau, sou candomblecista, feito para o orixa oya, e academico de Direito. Sao direitos inviolaveis e indisponiveis, que estao dispostos na nossa Carta Magna a CF 88, a partir do art 5o. E’ de suma importancia que se apure, mas acima de tudo que se aplique as sançoes cabiveis ao referido caso, pois e’ inaceitavel que posturas como essa adotada pela referida emissora, continuem sendo assumidas, pois nao podemos mais tolerar que haja de forma nenhuma, discriminaçao, ou quaisquer outro tipo de restriçao a cerca da crença ou simpatia assumida, ate porque como ja foi citado, a laicizaçao do Brasil ja ocorreu ha muito tempo. Fica aqui registrado o meu repudio a essa emissora e completo e total apoio a causa em questao.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: