Calor gera rodízio em cortes de luz em Porto Alegre

Porto Alegre passou por um rodízio de energia entre consumidores durante a noite de quarta-feira e a madrugada de ontem. Para evitar o colapso no sistema devido ao alto consumo gerado pelo calor, a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) deixou 5 mil pontos sem luz na Capital, promovendo desligamentos em diferentes locais da cidade a cada 15 minutos. O presidente da empresa, Sérgio Camps de Morais, confirmou que a estratégia pode ser adotada novamente se o consumo se mantiver elevado. As outras distribuidoras, AES Sul e RGE, afirmam que não fizeram rodízio de cortes.

– É uma manobra prevista pela legislação. Foi uma decisão técnica. Para evitar que o superaquecimento destrua um alimentador (rede de média tensão que leva a energia de uma subestação até os transformadores nos postes), você tem duas opções: primeiro transferir carga para outro alimentador (sem interrupção longa) ou, então, desligar parte da rede, o que foi feito – explicou.

O presidente ressalta que a decisão de iniciar o rodízio na quarta-feira se deu porque os demais alimentadores também estavam sobrecarregados.

– Temos 160 alimentadores em Porto Alegre e todos estavam com carga alta. Isso pode se repetir se o calor continuar elevando o consumo – afirmou.

Ontem à tarde, pelos menos mil domicílios ficaram sem luz no bairro Sarandi. Após as 19h, 38 mil consumidores tiveram problema na Capital também por falhas em linhas de transmissão. Outros 10 mil clientes da CEEE acabaram tendo o abastecimento interrompido em Alvorada e Guaíba à noite.

ZH

______________

Eu particularmente senti e muito este rodízio …. na noite de quarta para quinta (madrugada de quinta) ficamos em minha casa sem luz das 21:30 até 10:30 (ou seja, 13 horas). Foi uma noite não dormida, sem ar condicionado ou qualquer outro meio de refrescar. Uma noite realmente de cão! Não sei se isso seria inevitável, mas pelos gráficos divulgados de consumo, creio que não seria necessário cortar antes de acontecer o corte natural…

 



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , , ,

2 respostas

  1. Esse calorão realmente passou dos limites. E o que me impressiona é a quantidade de dias seguidos que nossa cidade virou sauna.

    Curtir

  2. O corte natural geralmente implica em danos aos equipamentos. Por isso é razoável que sejam tomadas medidas desse tipo nessas situações.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: