Sancionada lei do Cais Mauá

Prefeito José Fogaça sancionou nesta quinta (04) a lei que estabelece regras para utilização do Cais Mauá. Ela assegura a preservação de características originais do Cais, como o calçamento e os trilhos ferroviários de bondes, além de estabelecer o recuo da linha d’água para qualquer construção na área, alturas de edificações, normas técnicas e ambientais para as intervenções e os segmentos comerciais que poderão se instalar no Cais, entre outras medidas.

Para Fogaça, a lei representa um marco no trabalho iniciado pela prefeitura em 2005, apoiando e dando condições para a revitalização e um passo importante para que o governo estadual, gestor da proposta, avance no projeto.

Conforme o coordenador executivo da Comissão de Revitalização do Cais do Porto, Edemar Tutikian, a partir da sanção da lei municipal, o governo do Estado irá iniciar o processo de licitação da obra, cujo edital deverá ser publicado até abril. Estão previstas para o local medidas que priorizam serviços e atividades voltadas à comunidade, como a instalação de centro de convenções, museu de tecnologia, espaços para feiras, auditório, pontos de embarque e desembarque para passeios turísticos, além de centro de referência de artesanato, disponibilizando oficinas e exposições à população.

Nos armazéns, poderão ser realizadas ações coletivas, eventos, manifestações culturais, artísticas ou esportivas e deverá ser implementado um centro referencial de leitura.

A continuidade da realização da Feira do Livro de Porto Alegre no local está incluída no texto.



Categorias:COPA 2014, Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: