Fábrica de guindastes do RS estão paradas

O grupo de empresários da indústria de guindastes saiu frustrado da reunião de ontem no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, onde trataram da concorrência chinesa.

Segundo Leonardo Silva Costa, da TKA Guindastes, de Flores da Cunha, as cinco empresas da Serra, que representam 100% da indústria brasileira de guindastes, estão sem pedidos desde o final de 2009, por culpa dos 750 guindastes chineses que entraram no Brasil nos últimos dois anos.

“O PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) é tocado com guindastes importados da China”, critica o empresário.

A questão é complicada. Por iniciativa da Argentina, que não produz a máquina, o Mercosul zerou a taxa de importação há dois anos. “Os equipamentos chineses chegam pela metade do preço, só com custo de frete”, diz Souza, argumentando que o desemprego é de 40% e as empresas fecharão as portas, caso não haja medidas emergenciais do governo.

Correio do Povo



Categorias:Economia Estadual

Tags:,

1 resposta

  1. não e justo este preço disleal que os nosso guindaste brasileiro são melhor de que os chinés.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: